Marcos Pereira
Por Marcos Vinicius

Tudo o que você precisa saber para implementar a automação de marketing no seu negócio

Marcos Pereira
Por Marcos Vinicius

A automação de marketing permite utilizar softwares e outras tecnologias para automatizar as tarefas de criação, execução, gestão e análise de estratégias de marketing.

Quem trabalha com marketing digital sabe que o público disponível na internet é imenso! E para atingir tantas pessoas, existem dezenas de estratégias que podem ser utilizadas, como email marketing, redes sociais, gerenciamento de leads, entre outros.

Entretanto, realizar todas essas tarefas da maneira correta pode ser um grande desafio, tanto para grandes ou pequenas empresas. E é justamente para isso que serve a automação de marketing. Ela ajuda as empresas a atrair e nutrir leads em larga escala, de forma personalizada e eficiente.

Quer entender tudo sobre essa ferramenta e como ela pode beneficiar a sua marca? Então continue a leitura deste artigo. Veja só o que você vai aprender:

O que é automação de marketing?

A automação de marketing nada mais é do que o uso de softwares e outras tecnologias para automatizar as tarefas comuns do marketing. Sejam elas de criação, execução, gestão, relacionamento e análise.

Ou seja, é uma forma de simplificar o trabalho do setor de marketing, deixando a cargo da tecnologia a realização de ações manuais e mais maçantes.

Com essas ferramentas, é possível:

  • Agendar a publicação de posts em redes sociais;
  • Disparar emails personalizados de acordo com a ação dos contatos;
  • Avaliar em que estágio do funil de vendas os leads se encontram;
  • Mensurar os resultados das campanhas realizadas e muito mais.

O número de atividades desenvolvidas diariamente pelos profissionais de marketing é muito grande. E as ferramentas de automação de marketing digital facilitam esse processo.

Assim, menos tempo é gasto com cada tarefa e a eficiência da equipe aumenta exponencialmente.

Quais as vantagens da automação de marketing digital?

É animador pensar que muitas das tarefas manuais do marketing podem ser automatizadas, não é? Mas não pense que apenas as grandes marcas, com um fluxo de trabalho gigantesco, podem usar essas ferramentas.

Confira de que forma a automação de marketing pode ajudar até mesmo as pequenas e médias empresas:

a) Redução do tempo e esforço das atividades

Esse talvez seja o benefício mais evidente. É muito cansativo realizar tarefas repetitivas e tediosas, como preencher planilhas com dados de campanha, preparar o envio de emails para uma grande base de clientes, entre outros.

Quando a empresa resolve adotar uma solução de automação, a equipe de marketing deixa de perder tempo com essas atividades, já que elas passam a ser realizadas de maneira automática.

Assim, os profissionais podem se dedicar com mais cuidado ao planejamento de estratégias e análise dos resultados, ou seja, às tarefas que realmente importam.

automação de marketing

b) Geração e nutrição de leads

Um dos maiores desafios do trabalho de marketing é lidar com muitos leads em diferentes etapas do funil de vendas. Afinal, existem contatos que estão entrando em contato agora com a empresa, enquanto outros já estão preparados para fechar a compra.

Com a automação de marketing, entretanto, a geração e nutrição de leads qualificados é feita de maneira automática pelos softwares.

Funciona assim: quando um visitante se cadastra em seu site ou preenche um formulário, ele é incluído em um fluxo de nutrição configurado pelo time de marketing.

Assim, além de receber um email marketing de boas vindas no endereço cadastrado, ele também pode passar a receber conteúdos regulares, como artigos e vídeos. Isso o ajudará a caminhar do topo do funil de vendas até o momento da compra.

c) Comunicação personalizada

As ferramentas de automação permitem segmentar os leads através de vários critérios, como gênero, idade, cargo, empresa, momento de compra etc.

Com base nessas informações, é possível personalizar a comunicação com cada uma das personas, de modo que cada uma tenha sua própria trajetória.

Como resultado, você fortalece o relacionamento com os leads, aumenta o engajamento e agrega valor à marca.

automação de marketing

d) Redução do CAC e ciclo de vendas

Automatizar os processos de marketing permite que os leads recebam os conteúdos certos na hora exata.

Isso permite que eles caminhem pelo funil de vendas com mais eficiência e acelera a jornada de compra. Isso acontece porque os futuros clientes perdem menos tempo pesquisando informações e argumentando com o time de vendas.

Além disso, o CAC (custo de aquisição de clientes) também é reduzido. Com a economia de tempo e recursos que antes eram gastos com tarefas manuais, o setor de marketing é capaz de atingir mais pessoas e atrair mais leads sem gastar mais com isso.

e) Leads mais preparados para venda

Como o trabalho de geração, nutrição e comunicação com os leads é realizado com eficiência e rapidez pelos softwares de automação, quando chega a hora do contato com o time de vendas, o público já está mais qualificado.

E quando os consumidores estão mais preparados e informados, os vendedores precisam investir menos tempo e esforço para realizar uma venda.

Afinal, não será necessário tirar dúvidas básicas sobre os produtos e serviços da empresa ou sobre o próprio processo de compra!

automação de marketing

Ferramentas de automação de marketing: para que servem?

Antes de começar a investir em automação de marketing, é preciso descobrir quais as funções dessa ferramenta e de que forma ela pode ajudar nas suas estratégias de marketing.

Abaixo, listamos as principais tarefas que podem ser simplificadas com o uso da automação. Confira:

a) Email marketing

Não, o email não está morto! Ele continua sendo uma das melhores maneiras de divulgar conteúdo e se relacionar com os leads e potenciais clientes.

Entretanto, pode ser desafiador gerenciar uma grande base de emails, redigir mensagens personalizadas e acompanhar os resultados das campanhas de email marketing.

Com uma ferramenta de automação, você poderá realizar disparos em massa de emails, gerenciar listas de endereços e personalizar mensagens com dados dos contatos (nome, empresa, cargo etc), deixando as mensagens mais pessoais.

b) Redes sociais

Tão importante quanto produzir conteúdos de qualidade é investir em divulgação. E as mídias sociais são grandes aliados nessa tarefa.

Mas não basta apenas publicar o conteúdo nesses canais. É preciso gerenciar e acompanhar todo o tráfego gerado pelas publicações, analisar relatórios e estar atento às interações com os fãs. Um trabalho que pode ser bastante desgastante.

Nesse sentido, as ferramentas de automação de marketing digital são uma mão na roda. Com elas, você pode agendar publicações, monitorar o engajamento das postagens, verificar o número de cliques em links e integrar usuários em diversas plataformas.

automação de marketing

c) Geração de leads

Um dos aspectos mais importantes de uma estratégia de inbound marketing é a geração de leads. E essa é também uma das atividades mais importantes de uma ferramenta de automatização de marketing.

Entre as funcionalidades desse tipo de plataforma que ajudam a aumentar a lista de contatos da sua empresa, estão:

1. Criação de CTAs

Os CTAs são chamadas de ação ou gatilho que ajudam a atrair a atenção do leitor e indicar qual o próximo passo que ele deve tomar.

Geralmente apresentam formato de botão, imagem ou texto e incentivam uma série de ações diferentes, como:

  • Assinar uma newsletter;
  • Entrar em contato com um promotor de vendas;
  • Direcionar o usuário para uma página do site ou blog da companhia;
  • Levar o leitor para uma landing page para baixar um material complementar;
  • Realizar uma demonstração gratuita de algum produto ou serviço, entre outros.

2. Elaboração de formulários

O primeiro passo para gerar leads é capturar as informações necessários. Nesse sentido, formulários de inscrição com campos personalizados são as ferramentas ideais.

Uma plataforma de automação de marketing permite definir quais os dados mais importantes para cada etapa da jornada de compra.

Assim, você consegue criar formulários adequados para as suas campanhas e estratégias, enriquecendo o seu banco de dados.

3. Criação de landing pages

Landing pages são aquelas páginas onde os visitantes inserem dados de contato. Em troca disso, podem acessar algum material rico, como ebooks e webinários.

Em geral, as melhores ferramentas de automação permitem criar uma landing page de maneira bastante simplificada, com a ajuda de templates. Com isso, você elimina a necessidade de um programador ou designer em sua equipe.

E para alcançar os melhores resultados, é importante que a plataforma conte com a realização de testes A/B. Assim, é possível verificar qual abordagem é mais eficiente com o público.

4. Fluxos de nutrição

Os fluxos de nutrição consistem no envio de uma série de mensagens em sequência para construir e aprimorar o relacionamento com os leads.

Com isso, é possível educar os contatos e reduzir o ciclo de vendas, já que os usuários estarão mais educados e preparados para a compra.

Uma boa ferramenta de automação permite:

  • agendar o envio de mensagens em datas e horários pré-determinados;
  • mandar emails sempre que um contato realizar uma determinada ação;
  • enviar conteúdos complementares para o usuário após o download de um material rico;
  • disparar lembretes de atualização de dados, renovação de contrato, entre outros.

d) Gerenciamento de leads

Depois de captar dados e aumentar a base de contatos, é hora de gerenciar todos esses leads.

Quando essa base possui poucos nomes, é uma tarefa fácil. Mas quando a base ultrapassa os 1 mil leads, pode ser desafiador!

Nesse sentido, uma ferramenta de automação de marketing pode ajudar a sua equipe a:

1. Segmentação de base

A chave para o sucesso de qualquer estratégia de marketing digital é a personalização do conteúdo. E uma das melhores maneiras de fazer isso é segmentando a sua base.

Mesmo que a sua empresa tenha apenas uma persona, é possível organizar os leads de diversas maneiras e criar mensagens mais personalizadas e relevantes.

2. Lead scoring

Outra tarefa que é facilitada com a automatização de marketing é o lead scoring. As ferramentas conseguem atribuir pontos para as características e ações realizadas pelos seus leads.

Por exemplo, sempre que um usuário abrir um email, baixar um material rico ou visitar uma determinada página, ganha pontos. Essa pontuação também pode aumentar de acordo com o cargo e localização do contato.

Quanto maior for a pontuação, mais propício a fechar a compra o lead estará. Assim, o time de marketing e vendas poderá focar suas ações nos contatos mais relevantes.

e) Integração ao CRM

E para facilitar ainda mais o gerenciamento das leads, as ferramentas de automatização de marketing ainda permitem a integração com sistemas de gestão de relacionamento com o cliente (CRM) da empresa.

Com isso, é possível passar os leads qualificados para o time de vendas e registrar todo o histórico de interações e contatos realizados com cada um deles.

Assim, fica mais fácil implementar estratégias de vendarketing no seu negócio, integrando ainda mais os setores de vendas e marketing.

f) Análise de métricas

Para saber o que está ou não trazendo resultados na sua estratégia e fazer melhorias, não há outra solução. É fundamental mensurar e avaliar as métricas de desempenho.

As ferramentas de automação de marketing permitem acompanhar e emitir relatórios com métricas completas e confiáveis. Inclusive, muitas delas disponibilizam gráficos comparativos para uma análise profunda e fácil.

Quando automatizar o marketing da empresa?

Uma das principais dúvidas relacionadas à automação é sobre o momento certo de investir nessas ferramentas. Para responder a essa questão, é preciso estar atento aos processos de marketing do seu negócio.

Vale a pena implementar a automação quando o time de marketing já não dá mais conta de realizar com rapidez e eficiência todas as tarefas que listamos acima.

Esse é um sinal claro de que é hora de automatizar os processos. Caso contrário, a sua empresa corre o risco de perder vendas!

Além disso, outro fator a considerar é o tamanho da sua base de leads. Quanto maior ela for, mais difícil será de gerenciar da maneira correta sem a ajuda da tecnologia.

Assim, quando notar que não consegue mais organizar a base de contatos, enviar emails personalizados e acompanhar os resultados, já sabe! Está na hora de considerar o uso de uma ferramenta de automação de marketing digital.

Ao contrário do que muitos pensam, não são apenas as grandes companhias que podem se beneficiar dessa tecnologia. Pequenos e médios negócios também podem explorar todas as suas vantagens.

Como escolher uma ferramenta de automação?

Agora que você já sabe das informações mais relevantes sobre a automatização de marketing, está na hora de escolher uma dessas ferramenta.

Porém, antes de decidir qual plataforma contratar, é importante analisar se ela é adequada às necessidades da sua empresa.

A seguir, listamos os principais itens que você deve avaliar:

a) Funcionalidades

Muitas vezes, a sua empresa não vai utilizar todas as funcionalidades de uma ferramenta de automação de marketing. Afinal, os processos e fluxos de trabalho são diferentes para cada negócio.

Por causa disso, avalie se as funções oferecidas pelo serviço são aquelas que você mais utiliza e precisa. Dessa maneira, você tem a certeza de que está contratado a plataforma mais adequada.

b) Facilidade de uso

Outro aspecto que vale a pena avaliar é se a plataforma é fácil de usar e intuitiva. Caso contrário, você perderá muito tempo tentando entender o seu funcionamento e configurando suas funcionalidades.

E não é isso que queremos ao adquirir uma ferramenta de automação!

c) Customização e personalização

Como a intenção é economizar tempo, é importante que a plataforma de automação de marketing permita ao usuário customizar os processos e layouts de páginas, formulários e emails.

Dessa maneira, é possível aumentar a produtividade e transmitir a identidade da marca com muito mais facilidade.

d) Integração com outras plataformas

Antes de contratar um serviço de automatização, verifique se ele oferece integração com as principais plataformas e ferramentas que você utiliza em seu trabalho diário.

E, claro, confira se essa integração é simples e fácil de configurar. Dessa forma, os processos e atividades que você executa diariamente serão simplificados.

e) Acesso a relatórios e análises

O acesso a relatórios e análises com o desempenho das ações e campanhas é outro ponto que merece ser considerado.

A ferramenta oferecida precisa oferecer esse tipo de função para que seja possível avaliar o desempenho das ações realizadas.

f) Treinamento e suporte técnico

Quando utilizamos uma nova plataforma, é comum surgirem dúvidas ou problemas. Por isso, não deixe de verificar se a ferramenta escolhida oferece suporte técnico e processos de user onboarding.

Assim, quando algum problema aparecer durante a realização de alguma tarefa, você terá a certeza de que terá todo o suporte necessário.

g) Custo total

Por fim, não deixe de conferir o custo total da ferramenta. Muitas marcas cobram preços fixos de acordo com as funcionalidades e valores variáveis em relação ao tamanho da base de leads, enquanto outras oferecem pacotes fechados.

Ao fazer essa avaliação, também leve em conta a sua previsão de retorno sobre o investimento e o quanto o custo da plataforma pode crescer com o tempo.

6 principais ferramentas de automação de marketing

Já concluiu que é hora de automatizar os processos de marketing da sua empresa? É interessante saber que existem diversas ferramentas disponíveis no mercado.

Separamos as mais populares para você escolher qual se adapta melhor às suas necessidades.

1. RD Station

Desenvolvido pela brasileira Resultados Digitais, a RD Station é uma das mais utilizadas no Brasil.

Assim como nas plataformas concorrentes, a RD Station permite criar campanhas de email marketing e otimizar conteúdos para motores de busca (SEO).

Além disso, conta com acesso à estratégias de lead scoring e lead tracking, criação de landing pages, entre outras.

A ferramenta oferece preços e planos mais amigáveis, com três opções. Cada uma delas possui acesso a funcionalidades diferentes (quanto mais caro o plano, mais funções) e um limite de leads que você pode gerenciar.

automação de marketing - rd station

 

2. Hubspot

Reconhecida mundialmente, a ferramenta de automação de marketing da HubSpot é também uma das mais completas do mercado.

Além das funções que citamos anteriormente, ela ainda permite acompanhar em tempo real os resultados das campanhas, criar listas altamente segmentadas, fazer lead scoring preditivo com machine learning e muito mais.

Apesar do grande número de funcionalidades, ainda é pouco utilizada no Brasil. Isso acontece porque a plataforma não conta com suporte e tutoriais em português e o preço é em dólar.

Assim, é mais recomendada para empresas de grande porte ou com conhecimento mais avançado em marketing.

automação de marketing - hubspot

3. Mautic

Para quem busca custo-benefício, o Mautic é a melhor opção. Trata-se de uma ferramenta de automação de marketing gratuita e open source.

É ideal para empresas que contam com uma equipe de suporte ou para quem já possui certo conhecimento em programação. Ele permite adicionar novas funções e plugins de acordo com as necessidades do usuário.

Mesmo para usuários inciantes, o Mautic traz muitas vantagens, como geração e nutrição de leads, criação de landing pages, campanhas de automação e acompanhamento de mídias sociais.

automação de marketing - mautic

Conclusão

Como vimos, a automação de marketing vai além de simplesmente automatizar processos. É uma estratégia que permite à sua empresa concentrar esforços no que realmente importa: as estratégias de marketing. Com isso, fica mais fácil agir em grande escala com mais rapidez e eficiência.

Na hora de investir em uma ferramenta de automação, escolha aquela que melhor atende às necessidades do seu negócio. Seguindo as dicas deste texto, você será capaz de tomar a melhor decisão para a sua estratégia.

Mas não pare por aí. Quer aprender mais sobre otimização de processos de marketing? Então clique aqui!