Marcos Pereira
Por Marcos Vinicius

Email marketing: o que é, quais o tipos e como fazer [com exemplos]

Marcos Pereira
Por Marcos Vinicius

Ao contrário do que parece, o email marketing não está morto! Pelo contrário, essa ferramente está mais vida do que nunca e pode ajudar a sua empresa a atrair e converter mais clientes.

Por muitos anos, o email marketing era visto como sinônimo de mensagens intrusivas e spam. Porém, com as transformações digitais, esse quadro mudou.

O correio eletrônico tem se mostrado uma excelente ferramenta de marketing digital, servindo como canal de comunicação entre empresas e clientes.

Se você quer aprender a usar essa ferramenta incrível para atrair, nutrir e converter clientes, veio ao lugar certo. Preparamos um guia com tudo o que você precisa saber sobre o email marketing e como criar uma estratégia de sucesso.

Veja só o que você aprenderá com este texto:

O que é email marketing?

O email marketing é uma ferramenta que permite que uma empresa se comunique com os clientes atuais e potenciais via email.

Essa ferramenta é bastante utilizada para criar e fortalecer o relacionamento com a base de leads, ajudando a aumentar as vendas.

As empresas podem utilizar a ferramenta para divulgar promoções, ofertas exclusivas, confirmar uma compra online ou divulgar notícias e artigos publicados em seu site ou blog.

Entretanto, por muito tempo o email marketing foi visto como uma versão digital das propagandas enviadas por correspondência, ou mala direta. Assim, grande parte das mensagens enviadas não eram relevantes para o destinatário.

Felizmente, isso mudou. Atualmente, passou a ser encarado como uma das maneiras mais eficientes e pessoais de se comunicar com os clientes.

Vale a pena fazer email marketing?

Provavelmente você deve estar se perguntando se realmente vale a pena investir nesse tipo de ferramenta. E a resposta é um sonoro SIM!

Pode parecer estranho falar em email marketing hoje em dia, já que as redes sociais são o carro-chefe da maioria das estratégias de marketing digital.

Entretanto, o email marketing continua mais vivo do que nunca e é uma das melhores opções para aumentar a relevância e alcance da marca.

De acordo com um estudo da BtoB Magazine, para 59% dos profissionais de marketing, o email é a melhor maneira de gerar receita no mercado B2B.

Seja para divulgar conteúdos especiais (vídeos, ebooks etc), promover eventos ou apenas enviar uma newsletter, o email marketing traz diversos benefícios, como:

a) Largo alcance

Uma das maiores vantagens do email marketing em relação a outros canais, como as redes sociais, é o seu grande alcance.

Segundo uma pesquisa realizada pela Pew Research apontou que 92% dos internautas adultos utilizam a ferramenta.

Ou seja, o público em potencial que pode ser atingido pelas mensagens da sua empresa é muito grande.

Ao fazer uma publicação nas redes sociais do seu negócio, por exemplo, nem todos os seguidores verão o conteúdo. Isso acontece porque os algoritmos dessas plataformas limitam o alcance das mensagens,

O mesmo não acontece com o email. Se você disparar um comunicado para 100 destinatários, todos receberam a mensagem na caixa de entrada.

b) É fácil de metrificar

Acompanhar e analisar o desempenho é fundamental para o sucesso de qualquer estratégia de marketing. E com o email marketing não seria diferente.

A maioria das ferramentas de email marketing disponibiliza relatórios bastante completos para os usuários, com dados como entrega, visualizações, número de cliques e retenção.

O acesso a essas informações é muito importante para dar mais segurança na tomada de decisões. Além disso, ajuda a corrigir eventuais erros e identificar ações ineficientes.

c) Conteúdo flexível

Não importa se o objetivo da campanha é divulgar um novo produto, fortalecer a relação com novos clientes ou agradecer uma compra concluída. O email marketing se adapta a qualquer tipo de campanha.

Ao contrário dos outros tipos de ferramenta, não existem limites na hora de criar uma mensagem. É possível redigir textos, incluir links para páginas na web, inserir imagens, GIFs animados e até vídeos.

d) Retorno positivo

Outro grande benefício de investir no email marketing é o retorno bastante positivo em relação ao investimento iniciado.

O email lidera a lista de ferramentas de marketing com melhor retorno sobre investimento (ROI), sendo até 10x mais barato que outros canais, como mostrou uma pesquisa da E-Commerce Brasil.

Além disso, segundo a HubSpot, empresas que utilizam essa ferramenta geral até 50% mais leads qualificados a um custo 35% menor. E essas leads são responsáveis por um aumento de 20% nas oportunidades de negócio.

Como o email marketing ajuda na sua estratégia?

O email marketing é sempre vinculado a estratégias promocionais e comerciais. Entretanto, essa ferramenta é mais do que isso.

Quando uma pessoa permite que uma empresa envie emails diretamente na sua caixa de entrada, ela está dando acesso a dados pessoais e abrindo espaço para conversa.

Afinal, o email não é utilizado apenas para receber ofertas, mas para nos comunicarmos com amigos, familiares e colegas de trabalho.

Ou seja, o email marketing é um canal que aproxima empresas de seus clientes em potencial. E o melhor, com ótimos resultados.

Confira a seguir como esse canal pode ajudar a sua estratégia de divulgação:

1. Aumenta o engajamento do público

Quando uma pessoa se inscreve na base de contatos de uma empresa, é um sinal de que ela quer estabelecer uma relação com a marca e receber informações com uma certa frequência.

Ou seja, o email marketing é uma ótima ferramenta para engajar os leads.

Afinal, ao enviar mensagens de tempos em tempos, você faz com que os usuários se lembrem da sua empresa. E, com isso, aumentam as chances de que eles se transformem em clientes.

2. Ajuda a promover conteúdos

Quem trabalha com produção de conteúdo, seja através de postagens em blog ou produção de vídeos, sabe que a divulgação colabora e muito para o sucesso da estratégia.

São muitos os canais que podem ser utilizados para divulgar os conteúdos que você produz. E um dos mais eficientes é justamente o email marketing.

Nesse sentido, o envio de newsletter pode ajudar a aumentar o número de acessos dos seus conteúdos, dando mais visibilidade e alcance para a sua marca na rede.

3. Auxilia na nutrição de leads

O melhor jeito de transformar leads em clientes é através da nutrição. Esse processo consiste em educar os contatos sobre o seu negócio e fortalecer o relacionamento com eles.

E o email surge como uma excelente ferramenta para nutrir leads, já que ele permite enviar mensagens personalizadas para os contatos certos e no momento certo.

Com as ferramentas de automação de marketing adequadas, é possível identificar quais as necessidades urgentes de cada contato e quais os próximos conteúdos que ele precisa acessar para prosseguir pela jornada de compra.

4. Mais vendas

Muitas empresas aproveitam esse canal de comunicação direta com os clientes para enviar promoções, ofertas e descontos exclusivos.

Com isso, é possível estimular esses contatos a realizarem a compra com mais eficiência e aumentar as vendas. E tudo com apenas um clique.

5. Fortalece o relacionamento com os clientes

Um dos maiores segredos para a longevidade de um negócio no ambiente digital é a fidelização de clientes. Afinal, ter clientes satisfeitos traz diversas vantagens.

Por isso, depois de fechar uma compra, a sua marca não pode deixar o consumidor se afastar. E o email é uma das ferramentas que podem ser usadas para encantar esse cliente.

Através desse canal, é possível enviar conteúdos que continuarão a ajudá-lo, mesmo após a compra, além de descontos e promoções exclusivas.

Quais os tipos de email marketing?

Por natureza, o email marketing é um canal extremamente versátil. Ele se adapta a diferentes formatos de comunicação, como newsletter, ofertas, comunicados e muitos outros.

Por isso, antes de traçar a sua estratégia e colocá-la em prática, é bom conhecer quais são os tipos de mensagem que a sua empresa pode mandar.

a) Newsletter

A newsletter é o formato de email marketing mais popular e um dos primeiros a ser implementado pelas empresas.

Enviada para toda a base de contatos, esse tipo de mensagem reúne as principais novidades, notícias e atualizações da marca.

A newsletter é um ótimo meio de aumentar o alcance do blog ou site da marca. Além disso, comporta diversos tipos de conteúdo, desde informações de topo de funil até artigos avançados para leads qualificados.

b) Promoções

Muitas companhias utilizam o email como canal para divulgar lançamentos ou ofertas de produtos e serviços para o público.

Uma das vantagens desse tipo de mensagem é que, graças à possibilidade de segmentação, é possível disparar ofertas apenas para os usuários que estão realmente interessados. Com isso, a taxa de conversão e as vendas crescem.

c) Emails de nutrição de leads

A nutrição de leads nada mais é do que o envio de uma série de emails com conteúdos relevantes e segmentados para os contatos.

O objetivo é educar os usuários sobre o seu mercado e fazê-los caminhar com facilidade pelo funil de vendas. Dessa maneira, eles fecham negócio mais rapidamente com a sua marca.

O processo de nutrição consiste em identificar na lista de contatos os usuários com interesses específicos. A partir disso, ele começa a receber os conteúdos que respondem às dúvidas e necessidades que ele tem, aumentando a chance dessa pessoa entrar em contato com a empresa.

d) Campanhas sazonais

Sabe aquelas mensagens de email que você recebe em datas comemorativas, como Natal e aniversário? São as campanhas sazonais.

Esse tipo de email marketing serve para que os seus leads e clientes se sintam lembrados, além de ser uma ótima oportunidade de aproveitar datas comemorativas e aquecer os negócios em períodos de queda nas vendas.

e) Emails de ativação de base

Você já deve ter recebido uma mensagem de algum ecommerce lembrando que você não concluiu a compra de um item. Ou de alguma marca dizendo que está com saudade de você.

Esse tipo de mensagem tem como objetivo aumentar o engajamento de clientes inativos. São aqueles usuários que pararam de acessar o seu site ou usar os seus serviços.

Geralmente, incluem uma oferta especial e alinhada às características do público para despertar o interesse e atrair o usuário novamente.

f) Informativos e convites

Os emails também podem ser utilizados como um canal para divulgar informativos e novidades da empresa para colaboradores, acionistas, parceiros e clientes.

Além disso, é uma ótima maneira de convidar pessoas para eventos, como palestras, oficinas, seminários e webinars.

Como fazer email marketing?

Pronto. Agora você já conhece as características, vantagens e principais formatos do email marketing.

Mas, como planejar e implementar uma campanha de email marketing eficiente? Por onde começar? O que é preciso?

Preparamos um passo a passo para você se orientar na hora de criar a sua estratégia. Confira:

1. Determine o objetivo

O primeiro passo para fazer uma campanha de email marketing é definir quais os objetivos a serem atingidos com as mensagens.

O que a sua empresa espera alcançar com essa estratégia? É reforçar o relacionamento com clientes atuais? Divulgar ofertas e promoções? Educar os leads e levá-los até a compra?

Tenha essas metas em mente durante todas as etapas. Assim, você será capaz de determinar quais as ações mais eficientes, medir os resultados e ainda corrigir eventuais erros na estratégia.

2. Segmente o seu público

Como explicamos, a possibilidade de personalizarmos as mensagens é uma das maiores vantagens do email marketing. Portanto não desperdice esse potencial e crie campanhas personalizadas para o seu público-alvo.

Para isso, segmente a lista de contatos de acordo com fatores que são importantes para o seu modelo de negócios, como idade, gênero, localização, interesses,  pontuação do lead etc.

Se essa não é a primeira campanha da sua empresa, aproveite para levar em consideração os resultados anteriores, como histórico de compras, taxa de abertura de emails, entre outras métricas.

3. Escolha o formato e um template

Antes de escrever o seu primeiro email, é muito importante escolher o formato que mais se encaixa nos seus objetivos.

Se a sua intenção é atrair novos clientes oferecendo ofertas exclusivas, uma mensagem no formato de newsletter pode não ser a mais indicada.

Em seguida, escolha um template que servirá de formato padrão para todos os emails da campanha.

Você pode criar o seu próprio template, em HTML, ou utilizar templates prontos que algumas ferramentas de email marketing disponibilizam.

Qualquer que seja a sua escolha, prefira templates responsivos, adaptados para dispositivos móveis. Lembre-se de que grande parte dos usuários acessa o email a partir de smartphones e tablets.

Além disso, o design da sua mensagem precisa ser atraente e condizente com a identidade visual da empresa. Isso ajuda a fortalecer a sua marca junto aos usuários.

4. Planeje a frequência

Quando alguma pessoa concorda em se inscrever em sua lista de contatos, espera receber mensagens com alguma frequência.

Nesse sentido, planeje com qual regularidade irá enviar emails para os seus leads. E novamente, a frequência correta dependerá do seu objetivo com as mensagens.

Se você pretende criar uma campanha de newsletter, por exemplo, pode ser interessante programar disparos semanais ou mensais.

Agora, se a ideia é ativar a sua base de consumidores, pode programar a ferramenta de email para enviar mensagens após um certo período de inatividade.

5. Não esqueça o CTA

Não adianta gastar horas e horas planejando uma campanha de email marketing eficiente se, ao final, deixar de inserir um Call to Action (CTA).

O CTA pode ser um link, um botão ou qualquer outro elemento que direcione o usuário para a página que você deseja.

Portanto, insira uma chamada de ação em suas mensagens para que os usuários saibam quais os próximos passos que eles precisam cumprir.

Para o CTA cumpra sua função, certifique-se de que ele esteja bem posicionado e visível na mensagem. Além disso:

  • Mantenha a chamada na parte superior do email
  • Use cores e contrastes para atrair o olhar do leitor
  • Abuse do sentimento de urgência, como ofertas limitadas, por exemplo
  • Isole a chamada dos demais elementos do email, destacando o CTA

6. Faça testes A/B

Se você está prestes a fazer a sua primeira campanha de email marketing, pode ser que não acerte de primeira o tipo de mensagem que mais funciona com o seu público.

Mas não se desespere. Nesse momento, é importante realizar testes do tipo A/B para saber o que funciona ou não com a sua audiência.

Crie duas ou mais campanhas diferentes, com template, formato, texto e posicionamento de CTAs diferentes. Depois, dispare cada uma para uma parcela da lista de contatos.

Avalie como cada amostra reage às mensagens, através de dados como retenção, taxa de cliques e conversão.

Esses dados apontarão exatamente o que o seu público quer e darão as diretrizes para os próximos emails.

Como construir uma lista de email?

Um dos processos mais trabalhosos de uma estratégia de email marketing é construir e ampliar uma lista de emails.

Como uma alternativa aparentemente barata e eficiente, muitas empresas acabam comprando listas de email prontas. Entretanto, essa pode não ser uma estratégia muito inteligente.

Por que você não deve comprar uma lista pronta

Quando você compra uma lista, você está adquirindo o contato de pessoas que não escolheram ou concordaram em receber mensagens da sua marca.

E não é só isso. Listas prontas costumam incluir endereços de email inválidos, inexistentes ou com erros de digitação.

Ao enviar mensagens para esses contatos, você estará sinalizando aos provedores que possui uma lista comprada e pode sofrer penalização dos serviços de email. Assim, aumentam as chances da sua empresa ser marcada como fonte de spam pelos provedores.

Portanto, comprar listas de email pode prejudicar não apenas a eficiência da sua estratégia, mas também a imagem da empresa.

Construindo uma lista própria

Construir a sua própria lista demanda tempo e esforço, mas vale todo o investimento.

O primeiro passo é adicionar nos canais da sua marca um espaço onde os visitantes podem se cadastrar para receber as suas mensagens, como informativos e ofertas.

Esse espaço pode ter o formato de um formulário e precisa estar bem localizado e ter um visual interessante. Ele precisa chamar a atenção do usuário, mas sem distrai-lo do conteúdo principal.

Não se esqueça de deixar o processo o mais simples possível. Caso a experiência do usuário não for facilitada, ele pode desistir antes de concluir o cadastro.

Você também pode solicitar outras informações além do email, como nome completo, telefone e localização. Mas lembre-se de não pedir informações demais, ou corre o risco de assustar os visitantes.

Outra opção para conseguir mais endereços de email para a sua empresa é apostar em materiais informativos e ricos, como ebooks, whitepapers, webinars e vídeos.

Você pode disponibilizar esses conteúdos e condicionar o acesso ao cadastro do endereço de email. Utilize uma landing page e posicione o formulário em um lugar de destaque.

Além de dar algo de valor em troca dessas informações, você ainda estará educando a sua audiência e atraindo leads mais qualificados para o seu negócio.

3 ferramentas de email marketing para a sua campanha

Tudo pronto para começar a sua campanha de email marketing? Calma, falta um ingrediente fundamental: uma ferramenta para gerenciar a sua lista de contatos e disparar as mensagens.

Existem diversas ferramentas poderosas e com funções que facilitam esse processo. A seguir, listamos algumas das opções gratuitas mais populares:

a) Mailchimp

Uma das ferramentas mais famosas do tipo é o Mailchimp. Bastante fácil de usar, apresenta uma interface simples e intuitiva, permitindo o disparo de até 12 mil emails por mês.

A ferramenta permite ao usuário enviar, gerenciar, automatizar o disparo de emails e possui integração com outros softwares. Além disso, o Mailchimp apresenta dezenas de templates prontos para o usuário escolher e usar em suas campanhas.

Caso a sua estratégia precise de recursos mais avançados, é possível optar por algum dos planos pagos, que começam a partir de 10 dólares/mês.

email marketing mailchimp

b) E-Goi

Para quem busca uma plataforma em português, pode optar pelo E-Goi. Apesar de ser uma ferramenta de email marketing criada em Portugal, é bastante utilizada no Brasil.

Com uma interface bastante simplificada, a plataforma conta com todas as funções necessárias para traçar uma estratégia completa.

Com o E-Goi, é possível gerenciar listas de emails, criar emails do zero ou utilizando um dos templates disponíveis, automatizar disparos e acessar relatórios de desempenho.

O valor dos planos para a ferramenta varia de acordo com as funções necessárias para a sua empresa, com preços a partir de 58 reais.

c) Get Response

Nossa última sugestão é o Get Response, uma ferramenta que tem feito bastante sucesso. Além de ser bastante completa, a plataforma disponibilizou uma versão em português.

Além de automatizar campanhas de email, o Get Response também conta com ferramentas de criação de formulários e landing pages, excelentes para aumentar a captura de leads para sua marca.

A ferramenta conta com um período de testes gratuito e o usuário pode, em seguida, escolher um dos diversos planos, com valores a partir de 10 reais/mês.

email marketing get response

4 dicas para fazer um email marketing de sucesso

Agora que você já sabe como criar uma campanha de email marketing, já está na hora de colocar tudo o que aprendeu em prática.

Entretanto, alguns cuidados podem ajudar a fazer as suas mensagens terem ainda mais sucesso. Separamos algumas para a sua marca alcançar os resultados esperados com mais facilidade.

Confira:

1. Aposte na personalização

O email é uma ferramenta extremamente pessoal e íntima. Afinal, apenas o destinatário tem acesso à própria caixa de entrada.

Portanto, explore essa característica e personalize as mensagens que a sua marca enviar. Esse detalhe pode aumentar e muito os resultados.

Inclua ao longo do texto o nome do usuário e aposte em títulos personalizados. Estabeleça uma comunicação mais íntima e deixe os emails o mais pessoais possíveis.

Um estudo realizado pela Stanford Graduate School of Business mostrou que chamar o destinatário pelo nome aumenta em até 20% as chances do email ser aberto.

Além de fortalecer o relacionamento da empresa com os leads, você evita que as suas mensagens fiquem parecidas com aqueles disparos gerais, enviados para milhares de endereços diferentes ao mesmo tempo.

email marketing

2. Mantenha o texto curto e fácil

Pode parecer exagero, mas é verdade. O tempo médio de atenção das pessoas atualmente não passa de 8 segundos, de acordo com um estudo recente.

Dessa forma, as suas mensagens precisam ser bastante objetivas e fáceis de entender. Caso contrário, o seu destinatário pode desistir de ler ao notar que a mensagem é longa ou confusa demais.

Assim, separe um tempo para editar e revisar o texto dos seus emails. Corte tudo o que não for realmente essencial para transmitir a sua mensagem. Vá direto ao ponto e evite qualquer tipo de distração.

email marketing

3. Não exagere na frequência

Uma das coisas que mais irritam os usuários de email é o excesso de mensagens. Ninguém gosta de ver a caixa de entrada lotada o tempo todo. Ou receber notificações no celular sem parar.

Para não prejudicar o relacionamento com os seus leads (e, consequentemente, a imagem da empresa), procure disparar emails com uma frequência menor. E claro, sempre apostando em conteúdos realmente relevantes.

Além de evitar que as mensagens caiam diretamente na caixa de spam, você aumenta a taxa de abertura e engajamento.

Para descobrir a melhor frequência de disparos para o público da sua marca, realize testes e avalie como o público reage.

email marketing

4. Não tente vender a todo custo

Por mais que o objetivo de uma campanha de email marketing seja atrair, educar e converter leads para, no fim, aumentar as vendas, tome cuidado com o excesso de mensagens promocionais.

Ninguém gosta de receber apenas ofertas de produtos e serviços e anúncios publicitários.

Procure entender os interesses da sua audiência e compartilhe conteúdos de qualidade, como artigos, vídeos, ebooks, entre outros.

Dessa maneira você consegue aumentar o engajamento da sua base, fortalecer a autoridade da marca e evita que o seu endereço seja sinalizado como fonte de spam.

email marketing

4 exemplos de email marketing

Depois de aprender tudo sobre email marketing e como criar uma campanha matadora, você deve estar morrendo de vontade de disparar mensagens para a sua base.

Mas como ter sucesso com esse canal tão versátil e conquistar e converter leads? Ora, se inspirando com empresas que se destacam na caixa de entrada dos consumidores.

Separamos alguns exemplos de email marketing de sucesso para você. Veja só:

1. Google Ads

A gigante das buscas possui sua própria plataforma de anúncios virtuais, o Google Ads.

Em seus emails, fica clara a preocupação da empresa em manter a identidade visual consistente com o resto do ecossistema Google.

As cores, formato dos botões de ações diagramação da mensagem estão em harmonia com todos os outros serviços da marca.

No exemplo abaixo, temos um exemplo de email de ativação de base. Para fazer com que antigos usuários voltem a utilizar o serviço, a empresa envia códigos para o resgate de créditos em anúncios.

Google Ads - email marketing

2. HubSpot

A HubSpot é uma das maiores autoridades em marketing de conteúdo e inbound marketing do mundo.

O blog da marca é repleto de conteúdos ricos e educativos, que ajudam os leitores a ficarem por dentro das novidades do mercado de marketing.

A empresa possui uma newsletter semanal, que agrega os principais artigos do blog e que podem ser de interesse dos usuários inscritos.

A grande sacada da mensagem é a personalização. A introdução de cada email conta com o nome do destinatário, conferindo um tom mais pessoal à comunicação.

Além disso, o email é assinado por um membro da equipe. Esse detalhe humaniza a empresa e a aproxima dos leads.

email marketing - hubspot

 

3. Amaro

A Amaro é um ecommerce focado em moda feminina e que utiliza o email marketing de um jeito descontraído, com um tom de voz bastante próximo dos clientes.

E como todo ecommerce, conseguir que os consumidores avaliem os produtos comprados é um desafio.

Muitos clientes acham que o processo é complicado e não se dão o trabalho de dar a sua avaliação. Mas a empresa conseguiu superar esse obstáculo com bastante criatividade.

Na mensagem abaixo, enviado após a compra de uma saia, a empresa resolveu chamar a atenção. Para isso, inseriu um emoji de estrela (⭐) no campo de assunto.

Mas não para por aí. A mensagem ainda conta com um campo de avaliação integrado no próprio email, deixando o processo mais cômodo para o cliente e melhorando a experiência do usuário.

email marketing - amaro

4. Zee.Dog

Esse ecommerce focado em produtos para animais de estimação tem como objetivo “conectar cachorros e pessoas” com acessórios cheios de personalidade.

Para comemorar o aniversário de 6 anos da marca, a empresa criou uma campanha de marketing social. Durante um período, todo o lucro das vendas do site seria destinado para associações de proteção aos animais.

E o email marketing entrou como uma importante estratégia de divulgação.

Em vez de apostar em um informativo lotado de propagandas e ofertas de produtos, a Zee.Dog resolveu fazer algo diferente.

Como o mote da ação era comemorar o aniversário da empresa, a mensagem apresentava em uma linha do tempo da marca, desde a sua fundação.

Essa estratégia, além de fugir do óbvio, aumenta a identificação do público com a marca, o engajamento e a taxa de conversão.

zeedog email marketing

Conclusão

O email marketing continua vivo e se fortalece como uma das ferramentas mais importantes para o sucesso de uma estratégia de marketing digital.

Com largo alcance, flexibilidade e possibilidade de acompanhar de perto o desempenho, o email pode ser adaptado para diversos tipos de objetivos. Através desse canal, é possível divulgar promoções, compartilhar ofertas exclusivas e até educar a base de leads.

Seguindo as nossas dicas e sugestões deste texto, temos certeza de que as suas campanhas serão um sucesso.

E se você quer aumentar ainda mais a eficiência dessas ações, que tal usar vídeos nas suas mensagens? Preparamos um artigo completo com tudo o que você precisa saber para usar vídeos no email marketing.