VidMonsters
Por VidMonsters

Conheça o Facebook Ad Breaks, o serviço de anúncios de vídeo do Facebook

VidMonsters
Por VidMonsters

Saiba tudo sobre o Facebook Ad Breaks, lançamento da plataforma de Mark Zuckerberg que chega ao Brasil gerando muito interesse e disputando espaço com outro gigante: o Youtube.

Fica com a gente para você saber o que é, como usar e o que esperar do serviço de anúncios de vídeos do Facebook, além de entender melhor essa disputa com o Youtube.

O que é o Facebook Ad Breaks

Para começar é preciso entender o que motiva essa disputa: a atenção e a permanência dos usuários. Sim, tanto Facebook quanto Youtube querem as pessoas por mais tempo conectadas postando e compartilhando conteúdo.

A diferença é que ao falar de vídeos, o Youtube é rei. E um dos motivos disso é que as pessoas preferem ver vídeos em uma plataforma de vídeos. E o outro motivo é que, ao contrário do Facebook, o Youtube paga pelos anúncios em seus vídeos.

Mas agora o Facebook ataca e lança o Facebook Ad Breaks, uma forma de monetizar os anunciantes e os postadores dos vídeos com anúncios. Sim, agora é possível ganhar dinheiro com vídeos no Facebook, como acontece no Youtube.

Como funciona o Facebook Ad Breaks

Ad Breaks é um formato de pequenos intervalos comerciais inseridos nos vídeos no Facebook. Sempre que exibidos, tanto quem publica quando quem anuncia receberá parte da receita gerada com aquele anúncio. A expectativa é ter vídeos mais longos e que gerem maior interesse e retorno dos usuários na própria rede, sem “fugir” para o Youtube.

Os anúncios de vídeos do Facebook só apareceram em vídeos com ao menos 3 minutos de duração. Como diferentes anunciantes segmentam seus conteúdos, cada usuário poderá ver um anúncio diferente no mesmo intervalo comercial.

E considerando que mais de 70% dos anúncios exibidos durante os vídeos no Facebook são vistos até o final, esse recurso é muito promissor.

Tipos de anúncio

Existem 3 tipos de anúncios de vídeos no Ad Breaks do Facebook. Cada um deles com características próprias e que devem ser observadas.

a) Ad Breaks exibidos antes do vídeo

Pre-roll: Reproduzidos antes do vídeo começar. Aparecem para quem pesquisa pelo conteúdo na timeline de uma Página ou na lista do Watch. Quanto mais espectadores buscarem o conteúdo, mais o criador de conteúdo receberá.

b) Ad Breaks exibidos durante o vídeo

Mid-roll: Reproduzidos durante o vídeo. São ideais para vídeos com pontos de interrupção naturais. Como a maioria dos vídeos ainda é descoberta no Feed de Notícias, programar o conteúdo para mind-roll pode ser uma boa.

c) Ad Breaks como Banner

Anúncios de Imagem: Aqui temos um formato diferente. Os anúncios aparecem por meio de uma imagem estática que é exibida sob o conteúdo. Ela não afeta a experiência do usuário com a visualização do vídeo.

d) Ad Breaks em vídeos on demand

Nos vídeos on demand, os anúncios serão adicionados automaticamente no vídeos que você carregar. Qualquer administrador da Página pode desativar ou ajustar o posicionamento dos intervalos comerciais em vídeos individuais no compositor de vídeos.

Quem pode usar o Facebook Ad Breaks

Existem algumas regras para quem deseja utilizar os anúncios de vídeos do Facebook. Para se qualificar a usar o Facebook Ad Breaks sua página precisa:

  1. Ter criado vídeos de 3 minutos e que, juntos, tenham gerado mais de 30.000 visualizações de 1 minuto nos últimos dois meses;
  2. Ter mais de 10.000 seguidores na rede;
  3. Estar dentro dos Padrões de Qualificação para Monetização.
  1. Criadores de conteúdo e anunciantes podem checar se estão elegíveis em fb.me/joinadbreaks.

Como criar uma campanha no Facebook Ad Breaks

Para quem pretende criar apostar nos anúncios de vídeos do Facebook a dica é usar o Estúdio de Criação. Essa nova ferramenta existe para criar, gerenciar e expandir seus negócios de vídeo no Facebook.

É possível analisar informações de monetização, visualizar os vídeos monetizados, gerenciar listas de bloqueio, informações de pagamentos e outras funções.

Com listas de bloqueio e controles de categoria você garante  que os anúncios veiculados nos vídeos correspondam à sua marca e voz. As listas de bloqueio impedem certos anunciantes de aparecerem no seu conteúdo. E os controles de categoria podem limitar as categorias de anúncios

Você pode até verificar a estimativa de ganhos com intervalos comerciais agregados em páginas qualificadas e se aprofundar nos detalhes.

Conclusão

A existência do Facebook Ad Breaks e a possibilidade de ganhar com anúncios de vídeos no Facebook não significam o fim do Youtube. Significam uma nova e promissora oportunidade de obter mais ganhos para sua empresa.

E para isso, quanto mais conhecimento você tiver, melhores resultados pode ter. E para isso, nada melhor que conhecer a fundo as principais métricas de vídeo do Facebook!