Marcos Pereira
Por Marcos Vinicius

Aprenda como criar um infoproduto e a lucrar lucrar muito com ele

Marcos Pereira
Por Marcos Vinicius

Desde que a web foi criada, uma pergunta sempre surge na mente de muitas pessoas: dá para ganhar dinheiro na internet? Com os avanços da tecnologia dos últimos anos, parece que uma resposta para essa questão finalmente apareceu. É o infoproduto!

Criar um produto digital está cada vez mais fácil, graças às ferramentas digitais e plataformas para divulgação e venda desses serviços. Graças a isso, e ao potencial de lucro dessa estratégia, cada vez mais empreendedores apostam nesse mercado.

Neste artigo, você vai descobrir o que é infoproduto, como criar produtos digitais, quais os formatos existentes e como você pode lucrar com essa estratégia. Vamos nessa?

Olhe só o que você aprenderá:

O que é infoproduto

Você pode não ter visto o nome “infoproduto” antes, mas, com certeza, já consumiu um desses produtos. Já teve alguma dúvida sobre como usar um software novo e recorreu a uma videoaula? Baixou um ebook com dicas de finanças pessoais?

Todos esses são exemplos de produtos digitais!

Um infoproduto é todo material criado e distribuído, de forma paga ou gratuita, em formato exclusivamente digital. O objetivo é oferecer alguma informação relevante para o usuário.

Normalmente são materiais informativos, como ebooks, planilhas e videoaulas, por exemplo. A ideia é educar os internautas sobre um tema específico, ajudá-los a resolver um problema ou executar alguma tarefa.

A popularidade desse tipo de ferramenta não para de crescer, principalmente porque é fácil de encontrar, adquirir e usar. Basta uma rápida busca na internet para ter acesso a conteúdos informativos e de qualidade.

infoproduto
“Muito TOP esse ebook sobre programação em Python!”

Os principais formatos de infoproduto

Agora que você já sabe o que são infoprodutos, é hora de descobrir que tipo de material você pode criar para ajudar o público. E, por que não, ganhar dinheiro!

Abaixo, separamos os mais usados hoje em dia para você se inspirar. Confira:

a) ebook

Os livros eletrônicos, ou ebooks, estão entre os formatos mais populares e eficazes com o público. Além disso, funcionam como porta de entrada de muitos internautas no mundo dos produtos digitais.

Esse tipo de material tem como objetivo oferecer um conteúdo mais aprofundado sobre assuntos de interesse da audiência. A ideia é apresentar explicações práticas e completas, porém fáceis de entender.

Entretanto, uma das maiores dificuldades na hora de produzir um livro digital está no projeto gráfico. A formatação do ebook deve ser pensada de forma a convencer o público a baixá-lo e facilitar a sua leitura.

Outro ponto positivo de produzir um ebook é poder aproveitar o seu conteúdo e transformá-lo em um videobook! Assim, é possível ampliar o seu alcance e efetividade, aproveitando todas as vantagens do formato de vídeo.

produto digital - ebook

b) Revista eletrônica

As revistas eletrônicas, também conhecidas como e-magazines, são similares às revistas impressas, com a diferença de serem distribuídas em formado digital, como PDF.

A principal diferença desse tipo de produto digital em relação aos ebooks é a sua periodicidade definida. Assim, o usuário terá acesso a novos conteúdos a cada semana, quinzena ou mês.

Saber que em um período determinado o seu conteúdo preferido será lançado cria expectativa pelo produto. E isso é ótimo para ampliar o alcance da marca e o engajamento.

Com o avanço de dispositivos móveis, como tablets e smartphones, as revistas digitais estão cada vez mais populares. E como os livros digitais, são muito fáceis de criar.

c) Podcast e webcast

Outro formato de infoproduto bastante conhecido são os podcasts. Eles são programas gravados em áudio e o seu conteúdo geralmente apresenta entrevistas, bate-papos e debates entre convidados. E vale qualquer assunto: cultura, tecnologia, negócios, política… o que vale é a criatividade.

Como os podcasts são parecidos com programas de rádio, fazem bastante sucesso entre os internautas. Uma das suas maiores vantagens é que pode ser consumido enquanto o usuário realiza outras atividades.

E como a tecnologia não para de evoluir, os podcasts se transformaram, resultando nos webcasts. O conteúdo é bastante parecido com o de um podcast, com a principal diferença de ser disponibilizado em formato de vídeo.

Assim, você pode gravar bate-papos, entrevistas e debates com convidados. Muitas emissoras de rádio inclusive filmam o conteúdo de seus programas, disponibilizando os vídeos em seus sites ou redes sociais.

Infoproduto - podcast

d) Screencast

Os screencasts são um tipo de videoaula que, em vez de mostrar as pessoas que estão falando, exibe apenas a tela do computador. É bastante barato e fácil de fazer, bastando apenas um programa de gravação de tela.

Esse tipo de conteúdo é muito usado em vídeos de demonstração de produtos e tutoriais que ensinam como utilizar um software ou plataforma online.

e) Videoaula

Estão entre os tipos de infoproduto mais populares e que mais crescem, impulsionado em grande parte pelo mercado de cursos online e tutoriais.

Uma videoaula é ideal para assuntos que exigem demonstração visual, como gastronomia e artesanato. Mas com um pouco de criatividade, qualquer tema pode ser transformado em uma ótima videoaula.

E com os avanços da tecnologia, é possível gravar vídeos mesmo com baixo orçamento, já que existem modelos de celular com câmeras excelentes.

Só não se esqueça de cuidar da iluminação e garantir que o áudio seja transmitido com qualidade e sem ruídos. Caso contrário, o público pode não entender a sua mensagem corretamente.

infoproduto - videoaula

f) Cursos online

Outra opção bastante rentável de produto digital são os cursos online. E é muito fácil criar um, já que é possível juntar muitos dos conceitos que citamos aqui em um único infoproduto.

Dá para usar aulas em vídeo, oferecer materiais em formato de ebook, tutoriais em screencast e até podcasts. As possibilidades são imensas.

O mais importante é escolher um tema que você domina e que seja do interesse do seu público-alvo. E claro, pesquisar muito para oferecer conteúdos relevantes e que ajudem o público a resolver seus problemas.

g) Webinar

webinar é um seminário online, normalmente transmitido ao vivo ou gravado, que tem como objetivo apresentar e discutir um assunto específico para um público amplo.

Por ser ao vivo, os webinars permitem uma interação maior do público com o conteúdo, o que é ótimo para aumentar o engajamento. Além disso, os seminários online são relativamente fáceis de produzir, não exigindo estruturas complexas ou um grande investimento.

h) Área exclusiva para membros

Você já deve ter visto que alguns sites oferecem conteúdos dos mais diversos tipos protegidos por um serviço de assinatura. Se você possui uma grande quantidade de infoprodutos, pode adotar essa estratégia de área exclusiva para membros.

Assim, os usuários que assinarem o seu serviço, poderão ter acesso aos seus materiais por um determinado tempo. Para isso, bastará pagar uma determinada quantia por semana, mês ou ano.

Dá para ganhar dinheiro com infoprodutos?

Agora que você já sabe o que é infoproduto, deve estar se perguntando se é realmente possível lucrar com esse tipo de material.

A resposta é um sonoro SIM!

Infoproduto - ganhar dinheiro na internet

A internet já faz parte da vida de 3,6 bilhões de pessoas, ou 47% da população mundial. Somente no Brasil, são mais de 116 milhões de internautas, mais de 64% da população do país.

E essa multidão de usuários passa várias horas por dia lendo, pesquisando e, principalmente, fazendo compras online. Um estudo feito pelo SPC Brasil e pela CDL revelou que 89% dos internautas já fizeram uma compra online nos últimos 12 meses.

Mas a web também se tornou uma importante plataforma de educação e ensino. Um estudo realizado pelo aprenda.online revelou que 12 milhões de brasileiros usam a internet para aprender alguma coisa.

E adivinha quais são as principais ferramentas utilizadas por essas pessoas? Isso mesmo, os infoprodutos!

O mercado de produtos digitais é muito extenso e sempre há espaço para explorar novos termas e abordagens. Mas se você pensa em começar com essa estratégia, é preciso que o seu conteúdo tenha duas características fundamentais: qualidade e estratégia de vendas.

Como criar um infoproduto de sucesso

Fazer um infoproduto de sucesso, que consegue vender de verdade, não é um processo mágico, que acontece de um dia para o outro. Envolve muito planejamento e cuidado para garantir que o conteúdo tenha qualidade e seja atrativo para o público.

Para ajudar você nessa tarefa, separamos abaixo alguns passos essenciais na hora de fazer um produto digital.

1. Escolha um bom tema para ensinar

O primeiro passar começar a empreender no mercado de produtos digitais é definir exatamente o que você falará com a sua audiência. E como o objetivo de um infoproduto é educar a audiência, ensinando algo a ela, o ideal é que seja um tema de seu conhecimento.

Além disso, é interessante saber sobre os assuntos que mais interessam ao público que você pretende atingir. Nesse sentido, definir as personas do seu negócio é fundamental.

infoproduto
Escolha um tema que você domina de verdade!

2. Defina o melhor infoproduto para a sua audiência

Depois de definir o tema a ser abordado, é hora de escolher o formato do seu produto digital. Mas com tantos tipos diferentes, como saber qual é o melhor? Novamente, é fundamental conhecer o seu público-alvo e como ele se comporta na rede.

Criando personas da maneira correta, você será capaz de saber os formatos preferidos da audiência, os dispositivos que ela usa para navegar e o que ela já sabe sobre o tema do seu produto.

Essas informações podem evitar que você utilize um formato que não tenha tanta popularidade entre o seu público, por exemplo.

3. Analise os seus concorrentes

Depois de definir os assuntos e formatos dos seus produtos digitais, é hora de pesquisar o que já foi feito nesse sentido.

Identifique soluções parecidas com a que você pretende criar e veja qual foi o desempenho de cada uma, como número de downloads e recepção do público.

E não se esqueça de conferir os conteúdos em si. Isso ajuda na hora de abordar o assunto sob uma nova perspectiva, oferecendo informações exclusivas para o público.

produto digital
Fique de olho no que os concorrentes estão fazendo. Mas NÃO copie as suas estratégias, okay?

4. Fique de olho na qualidade dos seus produtos

Definido o assunto e o formato do seu infoproduto, é hora de cuidar para que o material seja de qualidadeFique atento na hora de pesquisar referências para que o conteúdo seja relevante e útil para o público.

Ao mesmo tempo, não se esqueça de prezar por uma boa apresentação. Não importa se você vai produzir uma revista eletrônica, um webinar ou videoaulas.

Capriche na produção do conteúdo, na edição do material e, principalmente, na revisão. Não deixe passar nenhum erro!

5. Hospede-o em uma plataforma adequada

Depois de criar o seu produto digital, é hora de disponibilizá-lo em alguma plataforma online para que ele seja encontrado e comercializado.

O ideal é automatizar esse processo através de uma plataforma de hospedagem. Caso você pense em criar cursos online ou videoaulas, por exemplo, pode optar pelo Hotmart Club, ferramenta especializada em EAD.

Como divulgar e vender um infoproduto

Criar um infoproduto relevante e de qualidade envolve muito trabalho e esforço. Mas a jornada não acaba depois de hospedá-lo em alguma plataforma online.

Com tudo pronto, é hora de divulgá-lo! Afinal, como ganhar dinheiro com o seu material se ninguém souber da sua existência?

Para isso, você precisa construir uma estratégia de marketing para infoproduto. Separamos algumas dicas que vão ajudar na sua divulgação:

1. Crie uma landing page

O primeiro passo para divulgar o seu infoproduto com eficiência é criar uma landing page, também conhecida como página de conversão.

De maneira geral, uma landing page consiste em um formulário onde o usuário cadastra os seus dados de contato ou faz uma transação para ter acesso ao um produto.

Essas páginas funcionam para captar leads qualificados para o seu negócio e atrair os interessados nas suas ofertas e produtos. Portanto, precisam ser chamativas e otimizadas para conversão.

2. Esteja presente nas redes sociais

Você sabia que 62% da população brasileira está conectada através das redes sociais. Muitas pessoas já gastam mais tempo na timeline do Facebook do que navegando em outros sites.

Dessa maneira, esses canais são as ferramentas ideais para lançar e divulgar um infoproduto com mais eficiência.

E com tantas redes sociais diferentes na internet, é preciso escolher com sabedoria em quais delas investir. O segredo é estar presente nas plataformas mais utilizadas pela sua persona.

Mas cuidado! Ao criar páginas nas principais plataformas, não fale apenas da sua marca. Crie um canal de comunicação ativo com a audiência e publique conteúdos relevantes. Assim você nutre uma relação mais íntima e próxima com ela.

Infoproduto - redes sociais

3. Divulgue em seu site ou blog

Outras ferramentas importantes na divulgação de produtos digitais são os sites e blogs. Eles são espaços mais exclusivos e, ao contrário das redes sociais, dão mais liberdade na hora de personalizar suas funções e aparência.

Para ter sucesso nesses canais e aumentar o número de conversões, não se esqueça de produzir conteúdos relevantes, que mostrem o valor dos seus produtos.

Além disso, use recursos audiovisuais para estimular ainda mais o engajamento do público, como banners, imagens e vídeos.

4. Aposte no e-mail marketing

Ao contrário do que muitos pensam, o eemail marketing não está morto. Pelo contrário: de acordo com uma pesquisa da Pew Research, 92% dos internautas adultos utilizam essa ferramenta.

O e-mail possui um alcance mais amplo em relação a outros canais, é facilmente metrificável, é até 10X mais barato que outros meios de divulgação e gera mais leads qualificados.

Dessa maneira, investir no envio de informativos regulares com as principais atualizações do seu negócio é uma excelente estratégia.

Você pode segmentar os seus contatos em listas de acordo com os interesses e enviar materiais e conteúdos relevantes. A ideia é ajudar os seus leads a caminhar pelo funil de vendas e chegar mais rápido ao momento da compra.

infoproduto - e-mail marketing
Ao montar uma estratégia de e-mail marketing, faça tudo para não cair no temido SPAM!

5. Utilize programas de afiliados

Os afiliados são pessoas responsáveis por divulgar e promover infoprodutos em troca de comissão pelas vendas concluídas. Existem diversas plataformas que conectam produtores e afiliados, facilitando a distribuição de comissões e ajudando a escalar a venda desses materiais.

Uma das vantagens de usar esse tipo de estratégia é o custo-benefício, já que você só precisará se preocupar com o produto em si. Todos os cursos referentes à divulgação serão de responsabilidade do afiliado. Bastará pagar a comissão para o afiliado sempre que uma compra for fechada.

6. Aposte em vídeos

Sem dúvida, uma das melhores maneiras de divulgar um infoproduto, seja ele qual for, é através de vídeos. Duvida?

Os vídeos já são o formato de conteúdo mais consumido na internet e estima-se que, até 2019, seja responsável por 80% do tráfego de dados da web, segundo um relatório da Cisco.

E não é só isso. Como mostra uma pesquisa da Animoto4X mais consumidores preferem assistir a um vídeo sobre um produto do que ler um texto sobre o mesmo.

Conteúdos em vídeo também são mais responsivos, adaptando-se com facilidade a todos os formatos de tela. E podem ser acessados em qualquer dispositivo.

Além disso, os vídeos são versáteis e podem ser trabalhados em conjunto com outras estratégias. Você pode, por exemplo, inserir um vídeo em uma landing page do seu infoproduto, publicar vídeos nativos nas redes sociais apresentando o seu material… as possibilidades são muitas.

infoproduto - vídeos
Se você usar vídeos para divulgar seu infoproduto, vai se impressionar com os resultados!

Conclusão

Agora que você já sabe o que é infoproduto e conhece um pouco mais sobre esse mercado em plena expansão, é hora de botar a mão na massa. Criar um produto digital pode ser um pouco trabalhoso, mas com planejamento e dedicação qualquer pessoa é capaz de produzir conteúdos excelentes e ganhar dinheiro na internet.

E para fazer com que o seu infoproduto tenha ainda mais sucesso, aposte no formato que traz mais resultados: o vídeo. Quer saber como fazer uma estratégia de vídeo marketing de sucesso? Clique aqui e acesso o nosso guia completo.