Marcos Pereira
Por Marcos Vinicius

Descubra o que é e como criar uma Landing Page que converte DE VERDADE

Marcos Pereira
Por Marcos Vinicius

Você trabalha vendendo produtos ou serviços pela internet? Ou usa a web para se comunicar com o público? Então precisa ter uma base aquecida e engajada de leads. E a melhor maneira de conseguir isso é com uma landing page.

A landing page, ou página de conversão, ajuda a captar leads qualificados. E o melhor de tudo é que funciona para qualquer tipo de negócio!

E para ajudar você a criar uma landing page bonita, atraente e que converte de verdade, preparamos um artigo super completo. Veja só o que você aprenderá se continuar lendo:

O que é landing page

Landing pages são páginas criadas com o objetivo de captar e converter leads em potenciais clientes para um negócio.

O nome parece estranho, mas a gente tem certeza de que você já teve contato com uma landing page.

Sabe quando você clica em um anúncio e é direcionado para uma página sobre esse produto? E para ter mais informações precisa cadastrar os seus dados de contato? Então, essa é uma landing page.

Essas páginas possuem um formulário onde o visitante cadastra seus dados de contato, como nome, email e telefone. E, em troca, recebe acesso a algum tipo de conteúdo relevante.

Esse material depende da estratégia de marketing da empresa. Mas pode ser um vídeo, um e-book, infográfico, inscrição para um webinar ou qualquer outro material que gere valor para o público.

Assim que o visitante cadastra o seu email na página, é convertido em lead. A partir de então, essa pessoa entra no funil de vendas da marca e passa a fazer parte da sua estratégia de nutrição.

Essa estratégia consiste em estabelecer um relacionamento com os leads, enviando conteúdos úteis e que os ajudem a caminhar pelo funil até a decisão de compra e se transforme em um cliente. Em geral, isso é feito através de processos de automação de marketing.

Diferença entre home page e landing page

Embora já esteja bem claro que uma landing pagem possui características bem definidas, muitos empreendedores ainda confundem ela com uma homepage. Mas são coisas completamente diferentes.

Uma homepage é a página principal do site, aquela que possui links que direcionam o visitante para outras sessões do site.

Já a landing page tem como principal função ser uma isca digital, já que ela é focada na conversão. Ela é criada para levar o usuário a realizar uma ação, como assistir a um vídeo ou baixar um ebook.

Quais os objetivos de uma landing page

De maneira geral, uma landing page costuma ser usada na primeira etapa do funil de vendas. Nesse momento, o usuário ainda está descobrindo sobre o seu problema. Logo, não está pronto para comprar.

A página de conversão, nesses casos, ajuda a aumentar o alcance da marca e atrair novos usuários. E embora o objetivo principal seja converter esses usuários em clientes, a landing page também pode atender a outras demandas, como:

  • Atrair usuários que ainda não conhecem o seu produto ou serviço e criar um relacionamento com eles posteriormente;
  • Levar o usuário para a página de checkout de um produto, entregando conteúdos que o façam se sentir seguro para fechar negocio;
  • Segmentar ofertas, dando ênfase para um dos produtos da marca;
  • Direcionar os usuários que clicaram em um anúncio para a página específica do produto.

Benefícios de uma landing page

Além de aumentar a taxa de conversão do seu negócio, as landing pages também apresentam outras vantagens para o seu negócio.

1. Facilita o lead scoring

O lead scoring é uma estratégia que permite priorizar os leads que têm mais chance de conversão. Esse processo acontece por meio de pontos que os contatos ganham para cada ação que realizam.

Funciona assim. Se um determinado usuário converte em um material de fundo de funil, por exemplo, ele ganha mais pontos. E isso indica que ele está mais próximo do momento de compra e deve ser priorizado pelo setor de vendas.

Fazendo isso, a sua marca não perde tempo com leads que ainda estão “frios”. O foco passa a ser naquelas pessoas que têm mais chance de comprar o seu produto ou serviço. Assim, você otimiza a conversão e aumenta as vendas.

2. Ajuda a segmentar os contatos

Outra grande vantagem de uma landing page é que, dependendo do material em que um usuário converter ou da informação que você pedir no formulário, fica mais fácil segmentar os contatos com mais precisão.

E isso é muito útil para marcas ou empreendedores que trabalham com mais de um produto ou persona. Nesses casos, a landing page ajuda a distinguir essas pessoas mais facilmente.

3. Diminui o custo de aquisição de clientes

Quem tem um negócio, não importa o tamanho ou o setor, sabe como é difícil (e caro) conquistar oportunidades de negócios. Felizmente, uma landing page ajuda nesse processo, reduzindo o custo de aquisição de clientes.

E é fácil entender o motivo. Imagine o trabalho que daria para conseguir tantas informações (nome, email, telefone, cargo…) sobre um cliente em potencial. Seriam horas de telefonemas, entrevistas, encontros presenciais…

Com uma landing page bem feita, por outro lado, todo esse trabalho será desnecessário. Assim, a sua empresa ganha um novo motor de vendas, gerando muitas oportunidades de negócios.

Principais elementos de uma landing page

Agora que você já sabe o que é qual a importância de uma landing page, é hora de conhecer os principais elementos que a formam.

Esses elementos, quando bem utilizados, garantem que a página converterá de verdade. Para ajudar você, usaremos uma das nossas landing pages para que você entenda tudo!

Vamos lá?

a) Oferta tentadora

Vamos ser sinceros. Nenhuma pessoa vai entrar de boa vontade no seu blog ou site e preencher os seus formulários com dados pessoais.

Para que os visitantes compartilhem essas informações, você precisa oferecer algo em troca. Algo relevante, que ofereça algum valor. Ou seja, apenas o conteúdo que você já posta no blog não é suficiente.

Dessa maneira, procure entrar na mente da sua persona. Que tipo de conteúdo seria capaz de fazer ela preencher o seu formulário?

vídeo marketing

No caso de uma das nossas landing pages, o conteúdo em questão é um guia com dicas para converter com vídeos. E você pode ver (e clicar) a oferta aí em cima.

O nosso público é formado por empreendedores e marcas que já investem ou estão começando a investir em vídeos. Porém, ainda não sabem como aumentar a conversão com esse conteúdo.

A nossa oferta, no caso, busca ajudar os visitantes a resolver esse problema!

b) Título

Não basta colocar um banner (como o que a gente fez) no seu blog se você não deixar bem claro o que está sendo oferecido.

Para a que o visitante se sinta interessado e não seja enganado, é muito importante escrever um título chamativo, fácil de entender e que resuma a sua oferta.

Deixe bem claro qual o conteúdo que as pessoas vão receber depois de preencher o formulário. É uma newsletter, um ebook ou um infográfico?

No nosso caso, o material que o visitante receberá é:

Conversão com vídeos – Como criar conteúdos que atraem leads e convertem vendas: O GUIA

Logo, a pessoa já imagina que terá acesso a um ebook com informações relevantes e completas. E ao se cadastrar, é exatamente isso que receberá.

c) Call to Action (CTA)

Outro ponto que não pode faltar em uma landing page é o Call to Action, ou CTA.

São aqueles botões ou textos que convidam as pessoas a realizarem algum ação. Normalmente, utilizam frases no imperativo, como:

  • Baixe agora;
  • Entre em contato;
  • Agende uma consultoria;
  • Acesse o material.

Novamente, o seu CTA precisa ser claro e objetivo. O visitante precisa saber exatamente qual ação ele irá executar e o que acontecerá em seguida.

d) Descrição 

A descrição não é obrigatória, mas pode ajudar a sua landing page a ficar ainda mais completa e converter mais.

Se você escolher inserir uma descrição, escreva uma mensagem curta, fácil de entender e que mostre qual o objetivo e as vantagens da sua oferta.

Veja só como usamos a descrição em mais uma landing page aqui da Vidmonsters:

landing-page-3

Uma dica é usar bullet points ou uma lista numerada para mostrar tudo o que o seu lead vai ganhar ou aprender com o material que você está oferecendo.

e) Elementos visuais

Responda rápido: você se sentiria convencido a preencher um formulário e acessar um material caso a página de conversão só tivesse texto? Claro que não, né?

É importante que, ao criar uma landing page, você insira elementos visuais, como imagens e vídeos, que ajudem o visitante a entender o que está sendo oferecido.

Por exemplo, em uma oferta de ebook sobre os segredos dos grandes youtubers, resolvemos usar elementos, como cores e símbolos, que remetem ao YouTube.

landing-page-4

f) Formulário

Uma landing page não é uma landing page sem o formulário. Afinal, essas informações são o pagamento que a sua marca recebe pelo material oferecido.

Mas é preciso ter cuidado na hora de decidir quais os campos serão utilizados. Eles precisam fazer sentido não só com a sua oferta, mas com as necessidades da sua empresa.

Por exemplo, se você trabalha vendendo infoprodutos, não faz sentido pedir o endereço ou o telefone dos leads.

Dessa maneira, seja o mais objetivo possível e inclua apenas os campos realmente necessários. Quanto maior o formulário, menor será a vontade do visitante de preenchê-lo.

Abaixo, você confere como um dos nossos formulários:

landing-page-5

Como fazer uma landing page de sucesso

Foi-se o tempo que criar uma landing page demandava conhecimento técnico. Hoje em dia, qualquer pessoa pode acessar programas específicos e colocar uma página de conversão no ar em poucos minutos.

Porém, mesmo com tanta facilidade, existem alguns passos básicos que precisam ser seguidos. Veja só.

1. Crie o conteúdo da sua landing page

O primeiro passo para elaborar uma landing page é criar todo o conteúdo. Isso precisa ser feito antes de escolher um layout por que os textos e imagens é que irão direcionar o design da página.

Os elementos que você precisa criar nessa etapa são:

  • Título e subtítulo: Precisam atiçar a curiosidade do usuário e, ao mesmo tempo, resumir a sua oferta de maneira objetiva e transparente.
  • Textos de descrição da oferta: Procure descrever a sua oferta da melhor maneira possível, com textos cursos, simples de entender e que não deixem espaço para dúvidas.
  • Imagens: Use uma imagem para refletir a sua oferta e que seja fácil de entender por si mesma, sem ajuda do título ou da descrição.

2. Escolha o layout mais adequado

Provavelmente, você vai querer criar mais de uma landing page para as diversas ofertas que a sua marca tem para oferecer.

Nesse caso, evite usar sempre o mesmo modelo para as ofertas. O layout escolhido precisa fazer sentido com o conteúdo oferecido, como tamanho do texto, com a imagem utilizada etc.

Outro detalhe importante é que a landing page esteja de acordo com a identidade visual do seu negócio. Assim que o usuário for direcionado para a oferta, ele precisa entender que se trata de um conteúdo produzido por você.

3. Cuide das configurações da página

Por fim, né preciso configurar a landing page para que ela funcione e converta de verdade.

Esse processo inclui:

  • Criação de uma URL amigável e definição de uma palavra-chave para a página;
  • Configuração das imagens promocionais, responsáveis por direcionar os usuários para a landing page;
  • Criação e configuração do email de agradecimento para que o visitante receba a sua oferta;
  • Criar uma página de agradecimento, ou thank you page, que confirme que o visitante terá acesso à oferta;
  • Acompanhar as taxas de conversão e fazer testes de possíveis alterações e otimizações na página.

3 ferramentas para fazer uma landing page

Ao contrário do que parece, criar uma landing page eficiente não é um bicho de sete cabeças ou um processo caro.

Hoje em dia, é possível criar uma página de conversão sem conhecer absolutamente nada sobre design e programação. Tudo graças a algumas ferramentas online criadas justamente para essa tarefa.

Abaixo, listamos algumas das mais famosas e utilizadas no mercado:

1. Instapage

landing page instapage

O Instapage é um serviço simples para criar e otimizar landing pages. Com uma interface intuitiva, até usuários com conhecimento básico em informática conseguem criar uma página de conversão eficiente.

O programa oferece mais de 100 opções de layout prontos, mas que podem ser totalmente personalizados de acordo com os objetivos do usuário.

Além disso, os modelos são otimizados para SEO e o usuário ainda tem acesso a imagens para deixar a landing page mais atrativa.

O Instapage é pago, mas o investimento vale muito a pena pelos benefícios que oferece.

2. Unbounce

Landing Page unbounce

Similar ao anterior, o Unbounce conta com modelos prontos de landing pages, totalmente customizáveis e otimizados. O serviço ainda permite realizar testes para saber quais páginas geram mais conversão.

O Unbounce é uma ferramenta paga e conta com três planos diferentes com acesso a recursos e benefícios diferenciados.

3. Launchrock

landing page launchrock

A nossa última sugestão é o Launchrock, uma ferramenta que permite criar landing pages gratuitamente.

Embora tenha recursos bastante limitados, o software é uma ótima opção para pequenos empreendedores ou para quem está começando um negócio e não pode investir muito.

O serviço também conta com diversos modelos prontos e que, além de customizáveis, ainda são adaptados para mobile.

Apesar de possuir um plano gratuito, usuários avançados pode assinar um plano pago e ter acesso a ferramentas ainda mais avançadas para as suas landing pages.

4 exemplos de landing page para se inspirar

Com todas as dicas e informações que demos até agora, você já é capaz de desenvolver uma landing page de sucesso.

E para ajudar você a se inspirar, separamos alguns exemplos de empresas que possuem páginas incríveis e com taxas de conversão altíssimas. Veja só!

1. Wistia

landing page wistia

O nosso primeiro exemplo de landing page é a página que o Wistia criou para divulgar o Free Wistia, serviço que permite criar uma conta gratuita.

A primeira característica que se destaca é o visual clean. O fundo branco é limpo, leve e dá destaque ao que interessa: o formulário.

E falando no formulário, ele é curto, contendo apenas as informações que o usuário precisará para se inscrever no serviço. Destaque para o botão azul de criar uma conta.

Mais fácil impossível. Mas, se mesmo assim o visitante tiver alguma dúvida, pode ler as respostas às perguntas frequentes.

2. Ubounce

landing page unbounce

O próximo item da lista é uma landing page para acessar um curso sobre como criar uma landing page!

A Unbounce é uma das maiores autoridades do mercado quando se fala em páginas de conversão. E essa landing page é uma prova disso.

De cara, somos apresentados a um título que resume muito bem qual a oferta: “O guia DEFINITIVO da otimização de Landing Page”.

Em seguida, a página apresenta imagens e elementos que se relacionam muito bem com a oferta. Inclusive, ela mostra uma figura de um livro, para que não reste dúvidas de que o usuário receberá um ebook.

Além disso, o formulário é simples e direto, de fácil visualização e contendo poucos campos, porém condizentes com a oferta.

Por fim, a landing pagem ainda apresenta uma breve descrição, em pontos, de tudo o que o usuário aprenderá com o ebook. E, mais abaixo, conta com um depoimento de um cliente satisfeito, dando ainda mais autoridade para a marca.

3. Hubspot

landing page hubspot

A Hubspot é uma das maiores autoridades de marketing digital do mundo. Além de softwares e soluções de automação, a marca ainda oferece cursos e materiais gratuitos que ajudam os usuários a se aprimorarem no tema.

Entre eles, estão templates para uma campanha de email marketing. Essa oferta conta com a landing page que você confere aí em cima.

Ela é bastante simples. Temos uma imagem que ilustra bem o conteúdo, um título direto e uma descrição curta. E, por fim, um botão para fazer o download do material.

Ao clicar nesse botão, o usuário é direcionado ao fim da página, onde pode preencher um formulário para ter acesso aos templates.

landing page hubspot

Caso exista alguma dúvida, basta subir um pouco a página para encontrar uma descrição mais detalhada de tudo o que é possível encontrar na oferta.

4. Airbnb

landing page airbnb

Por fim, selecionamos uma landing page que é bastante diferente dos outros exemplos.

Para converter visitantes em leads, o Airbnb oferece um recurso muito interessante em sua landing page: uma projeção de ganho estimado baseado na localização do usuário e em informações sobre as acomodações.

Caso o visitante queira se tornar um host, o CTA é bastante claro e facilita a conversão. Ele está ali, em vermelho, bastante visível.

E não é só isso. Essa página ainda apresenta informações relevantes e que ajudam o visitante a tirar todas as suas dúvidas. São textos, listas e até mesmo um vídeo explicando todas as vantagens de ser um host.

landing page airbnb 2

Dicas para criar uma landing page que converte

Tudo pronto para criar a sua landing page e converter muitos visitantes em leads? Ótimo.

Mas se ainda restou alguma dúvida em relação ao processo, confira algumas dicas que vão fazer a sua página de conversão ser um verdadeiro imã de leads.

1. Mantenha o foco no valor da sua oferta

Para convencer um visitante a deixar os dados pessoais dele, você precisa oferecer um conteúdo de valor. Mas, mais importante do que entregar um material de valor é deixar claro para o visitante os benefícios do conteúdo que está sendo oferecido.

Por isso, a página precisa ser bastante objetiva. Com conteúdos que falem exclusivamente do material ofertado.

Em uma landing page, não há necessidades de menus, links para outras páginas, rodapés, contatos e outras informações que possam distrair o visitante.

2. Menos é mais

Quando se trata de páginas de conversão, menos é mais.

Isso significa que uma landing page não deve ter informações demais. Pois isso pode distrair o visitante de seu foco principal, que é o acesso ao conteúdo ofertado.

Um título atrativo e uma descrição objetiva do material ofertado já são suficientes. Não é preciso criar textos enormes e nem abusar do uso de imagens.

3. Conteúdo otimizado para SEO

Para que uma landing page traga bons resultados para sua empresa, ela precisa aparecer nos mecanismos de busca. Ou seja, você precisa estar de olho nas boas práticas de SEO.

Por isso, é preciso fazer todo o trabalho de otimização da página. Com definição de palavras-chave, criação de conteúdo relevante e uso de tags H1, H2 e assim por diante.

Além disso, é preciso utilizar alt text para imagens, caso tenha fotos na página e usar uma URL que tenha relação com o material ofertado.

4. Cuidados com os formulários longos demais

Crie formulários curtos e objetivos. Ter que preencher muitas informações e ainda fornecer dados pessoais como endereço e número de documentos, pode desanimar o visitante.

Então, peça o mínimo de informações, mas que sejam suficientes para manter um relacionamento com aquele lead.

5. Não abra mão do design

A criação de uma landing page não consiste apenas em criar uma página online com formulário — é muito mais do que isso.

O layout da página também influencia nas taxas de conversão.

Por isso, a página deve ter um design bonito, com elementos bem distribuídos, ilustrações que chamam a atenção do leitor e cores que combinam com a identidade visual da empresa.

6. CTA atrativo

O Cal to Action (CTA) é um dos elementos mais importantes em uma landing page.

Isso porque é justamente ele o responsável por convencer o visitante a realizar uma ação. Então, para que ele cumpra seu papel é preciso utilizar a criatividade para criar chamadas interessantes e que gerem engajamento com o público.

7. Insira vídeos na landing page

Landing page com vídeos podem tornar a experiência do visitante bem mais valiosa. Isso porque, vídeos permitem uma explicação mais precisa do produto ou serviço que está sendo ofertado.

Com essa estratégia, os visitantes passarão mais tempo em sua página. Além disso, as páginas são mais bem posicionadas nos mecanismos de busca. Já que os vídeos ajudam na estratégia de SEO.

Conclusão

Como você viu, criar uma landing page não é uma tarefa tão difícil. Entretanto, exige muito planejamento. Além de oferecer conteúdo de valor, é preciso criar uma página atrativa e realizar testes para identificar quais páginas estão gerando conversões para a empresa.

Gostou do conteúdo sobre landing pages e quer ler outros materiais interessantes sobre o assunto? Então, clique aqui e descubra como aumentar as conversões na sua landing page usando vídeos.