VidMonsters
Por VidMonsters

Marketing de conteúdo em vídeos: 9 motivos para você começar a investir agora!

VidMonsters
Por VidMonsters

A internet se torna cada vez mais presente no mundo. Não só em números de pessoas conectadas, o crescimento acontece também na quantidade de conteúdo que é produzido. Nesse processo, o marketing de conteúdo em vídeos tornou a comunicação entre marcas e usuários muito mais eficiente.

Uma estratégia de vídeo marketing, se bem aplicada, dá o impacto necessário para transformar os visitantes em novos leads e até ajudar na conversão direta de vendas. A forma com que as pessoas estão pesquisando e consumindo produtos, é a chave para entender como abordar o consumidor no momento da compra ou em uma situação inesperada. 

Antes das ideias do marketing de conteúdo em vídeos serem exploradas, o consumidor ficava receoso de efetuar compras online. O motivo desse medo era simples: a falta de contato com o produto mostrado. Como ele era apresentado apenas por fotos e textos, muitas vezes a expectativa era frustrada quando o produto chegava.

Criar conteúdo em vídeo se tornou prioridade para a maioria dos profissionais de marketing. Então se você ainda não está investindo nisso, veja aqui 9 motivos para começar o mais rápido possível:

Porque investir no marketing de conteúdo em vídeos?

2018 será um ano importante para o vídeo marketing. Cada vez mais falado por especialistas e procurado por usuários, o vídeo é rotina de consumo dentro da internet. Pensando nosso, produzimos essa lista de motivos pelos quais você deve investir em vídeo marketing.

1. Clientes preferem 4x mais assistir um vídeo sobre um produto que ler a respeito do mesmo

A Animoto mostrou em pesquisa a visão dos usuários em relação ao vídeo marketing. Além de multiplicar o interesse do público, a pesquisa aponta ainda que 75% dos consumidores acreditam que vídeos explicativos de serviços são importantes.

Vídeos demonstrativos também são preferência do público. 4 entre 5 consumidores acreditam que eles ajudam a entender o funcionamento do produto.

2. Quando os consumidores assistem a um vídeo, eles têm entre 30 e 50% mais probabilidades de se lembrar do conteúdo

A estatística é de Edgar Pale e o Cone of Experience e comprova o dado apresentado no primeiro tópico. O usuário tem maior interesse em produções audiovisuais do que em apenas texto.

A pesquisa ainda aponta que os anúncios em texto são lembrados apenas por 10% das pessoas.

Além de ser um conteúdo expositivo mais atraente e menos cansativo, o vídeo facilita a memorização do conteúdo pelo consumidor. Isso é importante no momento da conversão para a venda ou na geração de novos leads.

3. 43% das pessoas querem assistir mais conteúdos corporativos em vídeo

Uma estratégia de marketing foi de fato efetiva quando os consumidores passam a sentir a necessidade de vê-la sendo usada.

O vídeo definitivamente se encaixa nessa definição, principalmente quando a Hubspot mostra que quase metade(43%) das pessoas estão atrás de mais conteúdos audiovisuais das marcas.

4. 52% dos profissionais de marketing do mundo afirmam que vídeo é o tipo de conteúdo com melhor ROI.

Em pesquisa feita pela Syndacast, fica clara a grandeza do marketing de conteúdo em vídeos em relação ao ROI de uma empresa.

Em um mercado tão competitivo, o retorno sobre investimento (ROI) é um dos pontos mais importantes para um negócio.

marketing de conteúdo em vídeos

Quando mais da metade dos profissionais de marketing do mundo afirmam que o vídeo marketing é a melhor estratégia para investir, é possível entender o porque das marcas buscarem produzir cada vez mais conteúdo dessa forma.

5. Times de marketing que usam vídeo em suas estratégias, crescem faturamento 49% mais rápido do que times que não usam

O faturamento é o ponto que todo investidor quer aumentar com seu negócio, e o marketing de conteúdo em vídeos é o que pode impulsionar isso.

De acordo com a Vidyard, uma empresa que investe em vídeo marketing tende a crescer seu faturamento quase 50% mais rápido do que as que não utilizam dessa estratégia. Ou seja, o sucesso de uma empresa pode estar ligado ao tipo de vídeo marketing que ela utiliza.

6. Cada internauta permanece uma hora e 15 minutos por dia vendo conteúdo audiovisual na web, na média mundial

Em palestra na Rio Content Market o diretor do Youtube no Brasil, Álvaro Paes, deu diversos dados importantes sobre o crescimento de consumo audiovisual na internet.

As pessoas, em média, assistem diariamente mais de uma hora de vídeos na internet. E não é apenas isso: de acordo com o diretor da plataforma, o consumo vem crescendo anualmente cerca de 25%.

Colocando em uma perspectiva de quatro anos, o consumo diário pode chegar a três horas.

7. 84% dos brasileiros assistem vídeos por smartphone

Complementando o tópico acima, a Google em sua pesquisa Video Viewers 2017 chegou a um dado impressionante sobre a forma com que os brasileiros consomem os vídeos na internet: 84% utilizam o celular para assistir conteúdo audiovisual.

marketing de conteúdo em vídeos

Não é mais possível criar estratégias de marketing de conteúdo em vídeos sem pensar nos smartphones. As marcas precisam estar cada vez mais presentes nas rotinas desses usuários, utilizando de plataformas como o Facebook, Youtube, Instagram e até Twitter para conseguir captar um número maior de leads.

8. 82% dos usuários do Twitter assistem vídeos pela plataforma

Dados revelados por pesquisa da própria plataforma, revelam que a maioria dos usuários não saem do site para assistir vídeos.

Isso mostra que mesmo em uma plataforma que boa parte do conteúdo ainda é em texto, a possibilidade de compartilhar e consumir conteúdo audiovisual é fundamental para a manutenção da relação com o usuário.

9. Emails com vídeos vinculados têm o retorno de 280% a mais que os emails tradicionais

O vídeo modificou diversas estratégias de marketing e deu força a algumas mais esquecidas por uma parte dos profissionais da área. É o caso do e-mail marketing, que sempre foi questionado pela sua eficiência e agora voltou a ganhar destaque.

De acordo com a E-mail Monks, emails que têm vídeos apresentam quase 3x mais retorno que os emails contendo apenas texto. É uma estratégia que voltou a mostrar resultado agora, por conta do poder de engajamento das produções audiovisuais.

Bônus: Os tipos de usuários de vídeo

Entender as estratégias, plataformas e saber construir um vídeo não vale nada se você não conhecer seus visitantes e possíveis leads.

O público costuma desenvolver uma rotina semelhante quando o assunto é assistir vídeos. Por isso é possível uni-los em grupos de interesse e formas de consumo, para facilitar a visualização no momento de incluir seu público-alvo na estratégia de marketing de conteúdo em vídeos.

As faixas etárias mais baixas, por exemplo, têm uma relação muito forte com o mobile. Já os mais velhos gostam de relaxar na frente da TV; além de ter um consumo de conteúdo web bem mais passivo que os outros.

São dicas extremamente didáticas e que vêm em um formato de infográfico, fácil para a leitura e que pode ser acessado aqui.

O marketing de conteúdo em vídeo é com certeza a ferramenta que mais cresce dentro da área. Os dados mostram que o processo de evolução está acontecendo diariamente e gradativamente o público vai se mostrando mais interessado. Isso é um ambiente ideal para gerar leads qualificados, e você vai entender o porquê clicando aqui.