Loading Posts...

O marketing de nicho consiste em encontrar um segmento pequeno e bastante específico da população e concentrar todos os esforços de marketing nele.

Em um mercado cada vez mais acirrado e com cada vez mais marcas competindo pelo mesmo mercado, ganha a quem conseguir atingir o público certo com suas ações de marketing.

Assim, a comunicação entre a marca e o consumidor é mais objetiva e efetiva. Como resultado, fica mais fácil atrair, fidelizar e converter clientes.

Existem diversas estratégias de segmentação, mas uma delas é útil para quem quer se destacar no mercado: o marketing de nicho.

Essa tática pode ser usada por grandes negócios, que querem atingir novas pessoas, quanto para marcas que estão dando os primeiros passos.

Quer conhecer a fundo o marketing de nicho e aprender a aplicar essa estratégia em seu negócio? Então continue lendo este texto.

Veja só o que você vai aprender:

Primeiramente, o que é nicho?

Antes de você mergulhar de cabeça e aprender tudo sobre a estratégia de marketing de nicho, precisa entender um conceito importante: NICHO.

Você sabe o que é um nicho de mercado? E o que o caracteriza?

Pois bem, de uma forma bem ampla, podemos dizer que nicho é um conjunto de pessoas que apresentam interesses e comportamentos bastante específicos.

Normalmente, um nicho de mercado está inserido dentro de uma audiência maior e mais geral.

Para ficar mais fácil de entender, vamos pegar como exemplo uma audiência formada por pessoas que se interessam por culinária.

Um nicho de mercado existente dentro dessa audiência pode incluir pessoas que se interessam por culinária vegetariana ou vegana.

Percebeu como o nicho é um pequeno grupo com necessidades e gostos bastante particulares?

Além disso, o nicho de mercado geralmente é negligenciado. Apesar de fazer parte do público-alvo de uma ou mais marcas, suas necessidades não são supridas.

Um blog de culinária que deixa de postar receitas sem carne e derivados de animais deixa de atender ao nicho do exemplo acima.

Okay, e marketing de nicho?

Pronto. Agora que já explicamos o que é o nicho de mercado, fica muito mais fácil entender o que é marketing de nicho.

Essa estratégia segue uma premissa muito simples: atender o público como um todo e nos mínimos detalhes.

Quanto mais específica for a sua audiência, mais elaboradas serão as suas ações de marketing e divulgação.

E, consequentemente, maiores serão as chances de alcançar um número maior de perfis dentro do seu grupo de consumidores usuais.

Em suma, o objetivo do marketing de nicho é encontrar um grupo de pessoas que não tiveram suas necessidades atendidas e trabalhar para que isso seja feito.

Por que investir nessa estratégia?

Olhando de rápido, pode parecer arriscado concentrar tanto esforço em atender um grupo muito pequeno de pessoas.

Afinal, isso não limita o número de possíveis clientes que a marca pode alcançar?

Não é bem assim. Investir no marketing de nicho pode trazer diversas vantagens para o seu negócio.

Duvida? Olha só:

1. Menos competição

Como já explicamos, o principal objetivo do marketing de nicho é atender uma audiência com necessidades bastante específicas.

Quando um negócio se especializa em um nicho, naturalmente passa a ter menos concorrentes de mercado.

Por exemplo, vamos pensar em uma hamburgueria artesanal. Provavelmente você conhece dezenas de estabelecimentos do desse tipo, certo?

Contudo, a situação muda completamente quando filtramos a busca para hamburguerias artesanais veganas.

Apesar de atuarem no setor de alimentação, os dois negócios não competem entre si, já que focam em públicos diferentes.

2. Investimentos mais assertivos

Quantas vezes você já investiu em alguma estratégia ou ação que não surgiu os resultados esperados?

Pois apostar em um nicho de mercado pode reduzir esse risco.

Como a sua empresa estará lidando com personas mais específicas, fica mais fácil saber exatamente quais os investimentos são necessários para atingi-la.

Dessa forma, você não perde tempo com ações e estratégias que podem não impactar os clientes como esperado.

3. Custos de divulgação menores

Investir em divulgação, seja através de anúncios online ou atraindo visitas orgânicas, pode pesar no orçamento de muitos negócios. Especialmente os que ainda estão começando.

Porém, quando se trabalha com um nicho, os custos de divulgação diminuem consideravelmente.

Anúncios direcionados para um público mais específico geralmente apresentam um custo por clique mais baixo.

Mas não é só isso.

Os próprios consumidores costumam divulgar para conhecidos empresas que atuam em nichos de mercado e oferecem produtos e serviços de qualidade.

Portanto, manter uma audiência específica pode representar uma economia considerável nos custos de divulgação online.

4. Comunicação mais direcionada e eficaz

O que é mais interessante e eficaz: produzir conteúdos e ações de comunicação para agradar diversos grupos simultaneamente ou focar em um nicho?

Trabalhar com um público mais específico permite entender quais são as dores, os problemas e desafios enfrentados pela audiência.

A partir disso, fica mais fácil para a empresa definir estratégias para atender esse público da melhor maneira possível.

A sua marca aprende como conversar com esse cliente, qual a linguagem que ele usa e como entrar no universo particular dele.

5. Clientes mais fiéis

Essa é outra grande vantagem de apostar no marketing de nicho.

Pelo fato de ter que lidar com menos concorrência, as chances de atrair e fidelizar clientes aumentam, já que a atenção dos consumidores estará menos dividida.

Como a sua empresa é uma das poucas do segmento que atende aquele grupo específico de pessoas, é só uma questão de tempo que elas voltem a consumir os seus produtos.

Como fazer marketing de nicho?

Okay, você entendeu que essa estratégia é extremamente vantajosa, tanto para pequenas quanto para grandes empresas.

Porém, como começar a aplicar essa estratégia na sua empresa?

Bom, existem alguns passos essenciais para começar a fazer marketing de nicho, como:

  • Definir um público específico por meio de personas;
  • Identificar o nicho em que esses perfis se encontram;
  • Elaborar um produto/serviço capaz de agradar esses consumidores;
  • Traçar estratégias de divulgação.

Mas existem alguns passos que podem ajudar você nesse processo. Destacamos os mais importantes a seguir:

a) Conte histórias

A comunicação da sua empresa deve ser feita de uma maneira que faça as pessoas daquele nicho se sentirem acolhidas.

Assim, deixe bem claro qual é o perfil do seu público logo de início e aposte em uma comunicação que envolva e emocione.

Por isso, use e abuse da criação de histórias para fazer o seu público se sentir acolhido. As técnicas de storytelling podem ajudar nesse processo.

Se a sua empresa vende produtos esportivos, por exemplo, utilize textos e imagens que mostram pessoas reais usando os artigos da marca no dia a dia, assim como os clientes.

E na hora de contar histórias, não se esqueça de postar na produção de vídeos.

Esse formato, além de ser mais popular e fácil de ser consumido, ainda consegue envolver e emocionar a audiência com mais facilidade do que um texto.

b) Eduque o seu público

Uma comunidade de nicho costuma se ajudar através da troca de experiências e informações.

Assim, para ter sucesso no mercado de nicho, a sua marca também precisa fazer parte desse ambiente promovido pelo público.

E a melhor maneira de conseguir isso é produzindo conteúdos relevantes.

Profissionais de marketing digital sabem que o conteúdo é uma ótima ferramenta para atrair e fidelizar clientes.

Mas não é só isso. Ele também serve para educar o público, ajudando-o a identificar um problema e apresentando as soluções que a sua marca oferece.

Com isso, essas pessoas andam pelo funil de vendas mais rapidamente, do primeiro contato com a marca até o momento da compra.

E além ajudar no alcance da sua marca, os conteúdos também poderão atrair aquelas pessoas que estão curiosas sobre o tema abordado e convertê-las em clientes com mais facilidade.

c) Invista em influenciadores

Compartilhar informações é a principal ferramenta que os nichos possuem para terem suas necessidades atendidas.

Por isso, pode ter certeza que alguém ficou conhecido por contar experiências e dar dicas para esse público. Como dos digital influencers, ou influenciadores digitais.

Dessa forma, fechar uma parceria com influenciadores é uma excelente maneira de aumentar a divulgação e alcance dos seus produtos e serviços.

Então, não perca tempo e entre em contato com um influenciador digital, como um youtuber, o dono de um blog ou de uma página no Facebook.

3 exemplos de marketing de nicho para você se inspirar

Agora que você já sabe mais sobre o conceito e aplicação do marketing de nicho, já pode começar a usar essa estratégia na sua empresa.

E para ajudar nesse processo, separamos alguns exemplos de empresas que apostaram em nichos de mercado e tiveram sucesso.

1. Hand Band Pro

Um bom exemplo de marketing de nicho é a marca de produtos esportivos para crossfit Hand Band Pro.

A empresa foca em equipamentos que protegem as mãos na hora dos exercícios e do manuseio dos aparelhos na academia, e que não prejudicam o rendimento do atleta.

Ela surgiu depois que os idealizadores da marca perceberam que as pessoas procuravam produtos do tipo e não encontravam nada satisfatório.

A partir daí, a marca cresceu e hoje comercializa outros produtos relacionados à ginástica.

2. Apple

Apesar das polêmicas envolvendo o valor dos seus produtos no Brasil, não podemos negar que a Apple é mestre no quesito marketing de nicho.

A empresa de tecnologia soube aproveitar como ninguém a necessidade de muitos consumidores por produtos de altíssima qualidade e com design impecável.

Basta ver o esmero com que cada um dos seus produtos, como notebooks, computadores, smartphones e tablets, são feitos.

E todo esse foco em consumidores preocupados com a qualidade e aparência dos produtos se reflete também nas peças publicitárias.

Como no vídeo acima, que ressalta, de maneira rápida e fácil, todas as qualidades dos iPhone de nova geração.

3. IKEA

A sueca IKEA é um dos maiores fenômenos no mercado de móveis e decoração. E um dos motivos para isso foi ter apostado em um nicho pouco explorado.

Na indústria tradicional, o cliente tem à disposição uma grande variedade de móveis e serviços de entrega e montagem em domicílio. Tudo isso por um preço mais alto.

A IKEA, por sua vez, fabrica móveis extremamente fáceis de montar, mas com design arrojado. E por um preço relativamente menor.

A estratégia da empresa foi atingir compradores interessados em ter móveis arrojados e de baixo custo, mas que não se importam em montar seus próprios móveis.

No vídeo de divulgação acima, a empresa aposta no storytelling ao mostrar o cotidiano e a casa de clientes da marca.

Assim, ela encanta e aproxima o público, que fica mais disposto a fechar negócio com a marca.

Conclusão

O marketing de nicho é uma poderosa ferramenta e que permite a empresas de diversas áreas e portes se aproximar com eficiência da audiência.

E assim como em todas as outras estratégias, o marketing de nicho exige bastante planejamento para alcançar os resultados esperados.

Mas temos a certeza de que, seguindo as nossas dicas, a sua marca estará a um passo de reinar sozinha em um mercado.

E para ajudar a conquistar e fidelizar o seu nicho de mercado com mais eficiência, o marketing de influência pode ajudar. Para saber mais sobre essa estratégia, clique aqui e confira.

Redação VidMonsters

Loucos por marketing e vídeos!