VidMonsters
Por VidMonsters

Modelo de negócio: o que é e como determinar um para sua empresa

VidMonsters
Por VidMonsters

Você sabe o que são modelos de negócio? Ter conhecimento sobre esse assunto é essencial para quem deseja empreender, pois a escolha do modelo o qual seu negócio vai seguir pode definir o sucesso de sua empresa.

Mas não se preocupe: é comum que a maioria das pessoas nem saiba exatamente do que se trata.

Aliás, é bastante comum que as pessoas confundam o modelo de negócio com o plano de negócio — assunto que abordaremos ao longo do artigo. Quer saber mais sobre o assunto? Continue a leitura do post de hoje!

O que é um modelo de negócio

Modelo de negócio é o conjunto de elementos que determinará:

  • o que sua empresa faz,
  • como ela gera valor para o público e,
  • como ela monetiza.

É a estruturação, de ponta a ponta, da forma com que ela entrega um produto ou serviço para seu cliente.

O modelo de negócio deve ser escolhido antes da abertura da empresa, mas nada impede que você adote outro posteriormente, caso julgue necessário. A explicação parece um pouco abstrata, mas ao longo do artigo, você vai entender melhor do que se trata.

Não confunda modelo de negócio e plano de negócio: são coisas diferentes

Como falamos no início do artigo, é comum que empreendedores confundam modelos de negócio com planos de negócio. Mas, são duas coisas distintas.

O modelo de negócio é a representação de como uma empresa gera e entrega valor ao cliente através dos seus produtos e serviços, bem como ela lucra com isso.

Já o plano de negócios é um documento detalhado onde devem ser descritas todas as etapas que envolvem ou fazem parte do negócio.

Vamos a um exemplo prático: franquias são modelos de negócio, certo? Mas, todo modelo de negócio precisa de um plano, que contenha detalhes sobre ações a serem tomadas para que aquele empreendimento tenha sucesso.

Um plano de negócios deve conter informações sobre o público-alvo da empresa, sua concorrência, seus pontos fortes e fracos, entre outros dados relevantes. Agora ficou mais claro?

Quais os tipos de modelos de negócio

Há diversos tipos de modelos de negócios, cada um com características próprias. Entender as diferenças entre eles é essencial para que você consiga escolher o melhor para sua empresa.

Assinaturas

O modelo de assinaturas sempre foi bastante comum e, agora com as novas tecnologias e a internet, esse tipo de negócio vem ganhando bastante destaque. Ele funciona com o pagamento de um valor mensal para ter acesso a determinados produtos e serviços.

Podemos citar entre modelos de negócio de assinaturas: jornais, revistas, clubes de assinaturas de vinhos, entre outros.

SaaS

SaaS ou Software as a Service é muito parecido com o modelo de assinaturas, mas nesse modelo, a entrega do serviço é feita de forma online. O SaaS consiste na disponibilização de softwares e soluções em tecnologia por meio da internet. Dessa forma, a empresa não precisa instalar, manter e atualizar hardwares e softwares.

Plataformas como Amazon Prime, Netflix e Spotify são modelos de negócio de assinatura.

Franquias

As franquias são modelos de negócio bastante comuns. Esse modelo baseia-se na expansão de uma empresa por meio do uso da marca por outros empreendedores. Nesse caso, os franqueados seguem processos já padronizados pela detentora dos direitos da marca. Em alguns casos, ainda há necessidade de pagamentos mensais para continuar usufruindo dos benefícios da marca franqueadora.

Mac Donald’s, Girafas, Habibi’s e Subway são exemplos de empresas que seguem o modelo de franquias.

Ecommerce

São as famosas lojas virtuais. Nesse modelo de negócio, as vendas da empresa são realizadas via internet. Com a expansão do uso da internet e a popularização do smartphone, esse tipo de negócio tende a crescer ainda mais nos próximos anos.

Empresas como Lojas Americanas, Submarino e Livraria Saraiva são exemplos de ecommerce de sucesso.

Marketplace

O marketplace funciona como um shopping center virtual. Nesse modelo de negócio, o empreendedor vende seus produtos em um site já conhecido e em troca, paga uma porcentagem das vendas efetuadas para a plataforma. O mercado livre é um exemplo clássico de marketplace e também, um dos mais populares.

Mas empresas como Americanas, Casas Bahia e Dafiti já abrem espaço para outras empresas venderem seus produtos em sua loja.

9 passos para determinar seu modelo de negócio

Se você deseja empreender e ter sucesso nos negócio, precisa escolher com cuidado o melhor modelo de gestão para sua empresa. Abaixo, vamos dar algumas dicas para você não errar na escolha.

1. Determine seu segmento de mercado

Para você escolher o modelo de negócio ideal para sua empresa, você precisa segmentar seu mercado de atuação. Existem diversos critérios de segmentação como: demográficos, geográficos, sociais, econômicos, de personalidade, estilo de vida etc.

Se você deseja atender outras cidades ou estados além do local onde sua empresa está instalada, um ecommerce é a melhor opção. Mas se sua intenção é expandir seu negócio e ter diversas unidades, o modelo de franquia pode ser o mais adequado.

2. Descreva sua proposta de valor

Proposta de valor é um conceito do marketing que determina se os produtos ou serviços de sua empresa realmente oferecem valor para seus clientes. Essa característica é construída com base identificação dos pilares da marca e indica como ela será vista pelo mercado consumidor.

A proposta de valor explica como seus produtos e serviços resolverão o problema do cliente. Ela indica porque o cliente deve comprar de sua empresa e não de seus concorrentes.

3. Determine seus canais de venda

Para escolher um modelo de negócio é necessário também determinar o canais de venda da empresa. Você precisa escolher se seus produtos serão vendidos no atacado, varejo, por meio de distribuidores ou agentes de vendas.

4. Relacionamento com o cliente

O relacionamento com os clientes é um processo importante na manutenção de um negócio. Então, antes de começar sua empresa, defina como será seu relacionamento com eles. Crie canais de comunicação efetivos, que podem ser tanto por telefone, quanto online. O importante é que a empresa mantenha um bom relacionamento com seu público.

5. Geração de receita

Como será a geração de receita de seu negócio. Você quer cobrar um valor mensal por um serviço ou prefere receber por venda? Caso você queira oferecer um serviço que cobre um valor fixo mensal, os modelos de assinatura e SaaS são os mais adequados. Mas se não, outros podem ser considerados, dependendo de seus objetivos.

6. Recursos

A quantidade de recursos necessária para operar uma empresa também deve ser levada em consideração antes de começar um negócio. Se você quer vender pela internet, mas não possui recursos suficientes para montar seu site, o marketplace é a melhor opção, pelo menos no início das atividades.

7. Atividades

Quais serão as atividades de seu negócio? Você vai criar seus próprios produtos ou vai apenas comercializar produtos de terceiros? Ou sua empresa será voltada para o ramo de serviços? Para escolher uma atividade você pode levar em conta suas habilidades e conhecimentos técnicos em relação a algum assunto.

8. Parcerias estratégicas

Parcerias são essenciais para um negócio de sucesso. Então, antes de abrir uma empresa ou escolher um modelo de negócio, o ideal é que você estude sobre empresas que podem ser suas parceiras. Isso fará toda a diferença paro crescimento de seu empreendimento.

9. Custos

Abrir uma empresa pede um custo relativamente alto, dependendo do ramo de atuação. Uma loja física pede um investimento bem mais alto do que um ecommerce, por exemplo. Isso porque uma empresa física precisa de mais funcionários, um espaço maior, máquinas específicas, entre outros. Então, antes de escolher um modelo de negócio, você precisa levantar todos os custos envolvidos na abertura da empresa.

Gostou de nosso post sobre modelos de negócio? Então curta nossa página no Facebook e fique por dentro das novidades de nosso blog!