Loading Posts...

O conceito de nicho de mercado é muito importante para as empresas. Pois, é a partir deste conhecimento, que elas conseguem definir estratégias e planos importantes, para diversos pontos de suas estratégias de atuação.

O nicho de mercado, em resumo, é o segmento de um mercado no qual uma empresa escolhe, para centralizar as suas estratégias de produto, de marketing e de vendas.

Mas, como escolher um nicho de mercado? E como escolher um que, além de ser adequado ao tipo de produto ou serviço da empresa, também possibilite sucesso comercial?

Para muitos empreendedores, perguntas como essas acima são difíceis de serem respondidas.

Pois, apesar da importância de se estabelecer um bom nicho de mercado, a definição deste é um processo de tomada de decisão importante, que necessita de uma análise de dados sobre o público-alvo, o produto da empresa e os concorrentes.

Neste artigo, falaremos sobre o nicho de mercado. Saiba o que é, qual a importância dele, para as estratégias de sua empresa, e como definir um, para trabalhar melhor os seus produtos ou serviços.

O que é nicho de mercado

O nicho de mercado é uma subdivisão do mercado no qual uma empresa atua. Todas as empresas possuem um mercado no qual atuação, sendo esta a macro divisão da economia, como um todo.

Já os nichos são as micro divisões dos mercados e ajudam a segmentar ainda mais a atuação da empresa, permitindo a ela refinar melhor as suas estratégias de produtos e de vendas.

Pode ocorrer de, por exemplo, o mercado já ser atendido por grandes redes varejistas, que possuam produtos para todos (ou quase todos) os nichos de um mercado.

Porém, isso tem uma contrapartida. Quanto mais amplo é o campo de atuação desta grande rede varejista, menor será a possibilidade dela se centrar em um nicho. O que compromete a experiência dos clientes deste nicho.

E a atuação focada em um nicho de mercado, por outro lado, permite a aproximação da empresa com o cliente, dando a ele uma experiência melhor e mais personalizada.

Se por um lado, a oferta de produtos a serem vendidos é menor, por outro, cativar o cliente é mais fácil, já que ele terá a ideia de que a empresa é feita para ele.

Essas e outra vantagens, para se definir e trabalhar com um nicho de mercado, serão mais abordadas no capítulo a seguir.

Por que definir um nicho para atuar

Voltando ao exemplo da grande rede varejista, que citamos acima. Esta empresa tem a capacidade de atuar com diversos nichos de um mesmo mercado.

Isto porque ela possui capital suficiente para investir em estratégias de marketing para um público maior e mais genérico, em uma logística de fornecedores mais robusta e mesmo em uma equipe de vendas mais numerosa.

Além disso, esta grande empresa não precisa se preocupar com dois aspectos que afetam as empresas menores que estão começando: a definição de um público alvo qualificado e a grande concorrência.

Isto porque a empresa, por possuir um alto capital para marketing, como dissemos acima, pode justamente aproveitar este dinheiro e investir em estratégias de marketing mais generalistas, pensadas para grandes públicos, como anúncios em TV e rádio, por exemplo.

A concorrência também não é um desafio, já que as cidades costumam ter poucas grandes redes varejistas, concorrendo entre si.

Já para quem está começando e não possui tanto capital à disposição, é preciso apostar em estratégias mais enxutas e eficientes. E isso demanda um público alvo mais qualificado e cativar o cliente, para que ele se torne recorrente.

E apenas a atuação em um nicho de mercado, que permita focar as estratégias de marketing em um tipo de persona específico, e com pouco concorrentes, poderá permitir que uma empresa que comece com pouco dinheiro, floresça de modo rápido e sustentável.

Tipos de segmentação para definir um nicho de mercado

A segmentação do nicho de mercado com o qual trabalhar é possível sob diversas óticas. A seguir, vamos falar de alguns tipos de segmentação possíveis, para que uma empresa possa definir em qual nicho atuar.

Segmentação comportamental

Como um determinado público utiliza um determinado produto? Quais são os hábitos mais comuns deste público, em relação a um determinado serviço?

Estas perguntas ajudam a segmentar um nicho de mercado, conforme o comportamento dele. Por exemplo, pense em uma revendedora de peças de computadores.

Caso ela identifique que o uso principal que os seus clientes dão às peças que compram com a loja, é para jogos no computador, estará aí uma possibilidade de segmentar o nicho.

A empresa poderá especializar-se, portanto, em venda de peças e acessórios para computadores para gamers.

Segmentação demográfica

Outra segmentação possível para um nicho de mercado é a partir dos dados demográficos. Esta segmentação irá levar em conta aspectos como religião, renda, grau de instrução, sexo, faixa etária, entre outros.

Estes fatores são fortes influenciadores dos hábitos de compra do consumidor e, a partir deles, é possível definir públicos específicos, que permitiram desenvolver um determinado de mercado.

Pense, por exemplo, em uma academia que notou que seu público principal é composto por pessoas da terceira idade.

A empresa poderá, a partir deste conhecimento, partir para o trabalho em um nicho de mercado específico, voltando as suas ofertas de atividades para aquelas mais populares entre o público da terceira idade, como hidroginástica e ginástica funcional, por exemplo.

Segmentação geográfica

Uma segmentação em nicho de mercado também pode ocorrer a partir da região de atuação de determinada empresa.

Com esta segmentação, a empresa irá se centrar em atingir e atender o público de uma determinada região da cidade, como um bairro, ou mesmo de uma região maior, como as microrregiões de cada estado, por exemplo.

Apesar de ser uma segmentação que, para muitos, faça sentido apenas no mundo real, saiba que é possível segmentar o nicho por região, também em estratégias de marketing digital.

Aí entra o conceito de geomarketing, que permite a segmentação de ações de marketing, conforme uma determinada região.

Por exemplo, pense em uma oficina automotiva. Uma das opções de atuação em nicho é por exemplo por bairro ou por região.

Desta forma, a empresa pode focar a sua estratégia de marketing de conteúdo ou de anúncios pagos para termos como “oficina de automóveis na Savassi”, ou “oficina de carros na zona sul de BH”.

Segmentação psicográfica

O nicho segmentado psicograficamente é aquele que se vale de aspectos como personalidade, estilo de vida e valores, para definir o público alvo com o qual atuar.

Esta segmentação parte da premissa de que, cada vez mais, vivemos em “bolhas” ideológicas, que nos incentivam à uma autodeterminação, que, por sua vez, influência nos nossos hábitos de consumo.

Um exemplo são as pessoas que decidiram ser veganas, ou seja, não consomem nada de origem animal. Para este público, conseguir produtos de qualidade é uma enorme dificuldade.

Tal aspecto poder incentivar a uma doceria, por exemplo, produzir doces com ingredientes que não tenham nenhuma origem animal. Abrindo a oportunidade para atuação em um nicho com pouco concorrência.

Como definir seu nicho de mercado

Para definir em qual nicho de mercado sua empresa pode atuar, é preciso avaliar alguns aspectos. Que vão desde aspectos de mercado, como a concorrência, até aspectos internos, como a adaptabilidade de seu produto ou serviço ao nicho.

A seguir, relacionamos quais são estes aspectos que você deve avaliar, ao definir em qual nicho de mercado atuar:

  • Acompanhe o padrão de consumo do seu público e do público alvo do nicho de mercado. Se a sua empresa já existe, poderão ser percebidos padrões que indiquem a possibilidade de atuação em determinado nicho. Avalie, também, quais as fontes de consumo e pesquisa, e o nível de interação médio, do público de determinado nicho do qual você esteja analisando.
  • É importante, ao definir o nicho em que atuar, que você tenha similaridade e conhecimento com o nicho. Não adianta, por exemplo, oferecer produtos de luxo para animais de estimação, se você não gosta de cães e gatos.
  • A adaptabilidade do seu produto ou serviço ao nicho, também deve ser avaliada. Por exemplo, se você for dono de uma academia, mas que não possua treinadores especializados em atividades para a terceira idade, poderá não ser fácil encontra-los e adaptar o seu negócio a este nicho.
  • A concorrência também é outro ponto a ser avaliado na hora de escolher um nicho no qual atuar. Procure ver quantas empresas já atuam neste nicho de mercado e como é o serviço delas. Em determinados nichos, a concorrência já é tal, que novas empresas terão muita dificuldade em conseguir espaço.

Dica: Utilize fermentas para ver potenciais nichos de mercado. Por exemplo, o preenchimento automático de palavras-chave do Google, que irá fornecer o que as pessoas buscam de forma complementar, a determinado tema.

Exemplos de nichos de mercado

Ao longo deste artigo, citamos alguns exemplos de empresas e seus nichos de atuação:

  • A loja de computadores, que passou a se focar como loja de peças e acessórios para PC Gamers, como é o caso da curitibana Rocketz, que se especializou na experiencia do usuário do jogador em computador.
  • A academia tradicional, que decidiu se focar no público da terceira idade, como é o caso da paulista B-Active, que se especializou em programas específicos para a melhor idade.
  • Ou mesmo da loja de doces que se focou no público vegano, como é o caso da loja Doce Vegana, de Niterói, no Rio de Janeiro.

Existem diversos tipos de segmentação e nichos possíveis. Para definir em qual atuar, utilize os conhecimentos deste artigo como guia e comece a estudar as variáveis e possibilidades de seu mercado.

Estes dados e conhecimentos lhe darão um ótimo direcionamento, sobre qual nicho de mercado atuar.

Redação VidMonsters

Loucos por marketing e vídeos!