Loading Posts...

8 erros ao escrever um roteiro de vídeo que não deixam seu vídeo sair do lugar  

Se você pensou que faríamos uma espécie de jogo dos 7 erros, acertou. Temos a nossa listinha, você tem seus vídeos e, juntos, poderemos identificar o que anda atrapalhando o seu caminho. Hoje você irá conhecer os 8 erros ao escrever um roteiro de vídeo que não deixam seu vídeo sair do lugar.

Aqui, você vai encontrar uma seleção com os erros clássicos que ocorrem na hora de escrever um roteiro de vídeo. Então, pegue uma caneta e dê uma check em todos aqueles que fazem parte dos seus projetos. Dessa forma, no fim, você saberá exatamente o que corrigir para melhorar suas métricas e sua presença nas mídias sociais!

Não pesquisar

Ao escrever um roteiro de vídeo, muitos produtores ignoram um passo essencial: a pesquisa. É por meio dela que você tem acesso às referências sobre o assunto; adquire conhecimento sobre o que é legal de se utilizar e o que não é; entende um pouco mais o foco que o vídeo precisa ter e bem; vê o que a concorrência anda fazendo.

Então, se você é daqueles que pensa que esse não é um passo necessário para o bom andamento do seu projeto, já pode marcar X. Porque ignorar a pesquisa é um erro monumental!

Não conhecer seu público-alvo

Não existe vídeo que sobreviva sem saber quem ele quer atingir. Afinal, não dá para atirar para tudo quanto é lado e esperar que alguns gatos pingados caiam na sua teia. Por isso, saber com quem você está falando é uma peça-chave na hora de escrever um roteiro de vídeo. Foque na persona e, aí sim, crie um conteúdo que vai atraí-la!

Diálogos forçados

Foi-se o tempo em que repetir bordões era o bastante para conquistar clientes! Hoje em dia, você precisa usar muito mais que isso para garantir que alguém vai morder a isca. Além do mais, usar diálogos forçados é totalmente contra o Inbound Marketing, o que já faz com que você volte muitas casinhas no jogo da vida.

Lembre-se: seus vídeos precisam ajudar os telespectadores. No mercado que temos, não adianta só empurrar produtos goela abaixo. Você precisa atrair a atenção de seus clientes para, então, fechar a venda.

Roteiro impossível de sair do papel

Na hora de escrever um roteiro de vídeo você é daqueles que cria cenas inimagináveis, cortes extravagantes e tomadas impossíveis de serem executadas? Esse também pode ser um problema!

Na hora de criar seu conteúdo audiovisual, se atenha ao simples. Não estamos falando de uma superprodução Hollywoodiana aqui. Seu vídeo não precisa ser cheio de efeitos, ele só tem que ter a capacidade de passar a sua mensagem com transparência e permitir que os telespectadores conheçam a sua marca e saibam o que esperar de seus produtos e serviços.

Falta de objetividade

Se lembra do que falamos no tópico anterior? Isso serve para esse também: menos é mais.

Você não precisa colocar um pônei, um cachorro e um gato falante no seu comercial para chamar a atenção do seu público. Acredite no seu potencial e naquilo que você criou e mostre isso de um jeito simples e franco. Acredite, funciona muito mais!

30 segundos fracos

No mundo dos vídeos, você tem 30 segundos para conseguir captar a atenção do seu espectador. Por isso, se seus vídeos não costumam ser cativantes ou se você é daqueles que prefere esperar até o último segundo para revelar:

a) o objetivo do vídeo;

b) o segredo ou novidade que planeja anunciar;

c) as duas alternativas, é muito provável que essa seja a razão pelo qual seus vídeos não alcançam tantas pessoas.

Vamos usar um exemplo simples: você se lembra daqueles anúncios rápidos do YouTube? As empresas criaram estratégias com humoristas, cantores e atores para chamar a atenção do usuário e fazer com que eles permanecessem lá para consumir o seu conteúdo. O mundo dos vídeos é basicamente esse.

Quando alguém dá o play no seu vídeo, você também tem um cronômetro imaginário que te dá 30 segundos para captar a atenção do espectador. Por isso, ao escrever o roteiro de um vídeo, é essencial que você se atente a isso e se esforce para conseguir cumprir essa missão!

Apostar em clichês

Os clássicos são clássicos por uma razão, a gente sabe. Mas isso não quer dizer que você precise viver para recriá-los, não é mesmo? Na hora de criar seus roteiros, é importante sim usar referências, mas lembre-se de criar seu próprio conteúdo. Um que tenha ligação com o que você faz e com os seus valores.

Vale a pena apostar em um brainstorm, reunir todas as coisas que fazem da sua empresa única e os detalhes mais importantes sobre o produto ou serviço anunciado no vídeo e entender como utilizar tudo isso para criar os 30 segundos mais impactantes possíveis. Dessa forma, você vai garantir que terá a atenção da sua persona.

Ah, e lembre-se: seja claro, seja objetivo, fale do produto com propriedade e acredite no seu negócio!. Afinal, você o criou e sabe melhor do que ninguém o que faz dele especial. 

Falta de originalidade

Existem milhares de empresas por aí buscando mais espaço no universo online. Esse, aliás, foi responsável por fazer com que todos tivessem um local onde anunciar sua empresa e se posicionar diante de seus possíveis clientes.

E, por ter tanta concorrência, é cada dia mais importante que você pesquise mais e mais para criar um conteúdo criativo e assertivo. Só assim você garantirá que as pessoas vão realmente ouvir o que você tem a dizer. Por isso, na hora de escrever um roteiro de vídeo, tenha em mente que ele tem que ser criativo. Ele precisa se diferenciar daqueles que a sua concorrência está fazendo.

Coloque a cabeça para pensar e invista em vídeos que vão ajudar seus clientes e vão transformar você em uma referência para eles. Esses são os passos para transformar você em uma autoridade e fazer com que você finalmente consiga o espaço que tanto sonha nas mídias sociais.

Você marcou alguns pontos nessa listinha? Então, é hora de rever seus conceitos no momento de escrever um roteiro de vídeo. Lembre-se que evitar o óbvio é mais que necessário para fugir da maldição das visualizações baixas e dos vídeos sem conteúdo!

Por isso, cole essa lista no seu desktop, salve num bloco de notas ou em um papel na sua carteira e use-a como um check list – ou um mantra – antes de concluir um roteiro. Assim, você saberá que evitou os famosos erros que podem afundar com um projeto e terá a certeza de que seu vídeo pode – e vai – ser um sucesso. 

Agora que você já sabe o que deve evitar durante o processo de produção do roteiro de vídeo, veja 5 dicas para escrever o roteiro perfeito

Cresça agora os resultados dos seus vídeos

Aprenda tudo o que é necessário para alcançar resultados reais com seus vídeos:

Nosso objetivo é aumentar o seu ROI com vídeos <3 Powered by ConvertKit

Cresça agora os resultados dos seus vídeos

Aprenda tudo o que é necessário para alcançar resultados reais com seus vídeos:

Nosso objetivo é aumentar o seu ROI com vídeos <3 Powered by ConvertKit