VidMonsters
Por VidMonsters

6 dicas para otimização de conversão com vídeos em sites

VidMonsters
Por VidMonsters

Não é novidade que o Marketing em vídeo chegou para ficar. Com um consumidor cada vez mais conectado, as empresas têm visto como estratégia complementar essencial a otimização de conversão com vídeos em landing pages.

Seja para e-commerces que precisam diminuir a barreira online e apresentar produtos de forma mais detalhada, ou empresas B2B que querem converter visitantes em leads e clientes, aumentando assim suas vendas.

Mas como aplicar vídeos para otimização de conversão em landing pages? Neste artigo, vamos trazer alguns pontos principais para que sua empresa possa testar ao aplicar a otimização de conversão com vídeos.

1. Experimente fazer vídeos curtos

De acordo com esse infográfico da Kissmetrics, os vídeos mais assistidos possuem em média 30 segundos. Além disso, a maior parte das pessoas não assistem vídeos até o final. Por isso, seja específico e coloque as melhores informações logo no início para passar a sua informação principal em poucos segundos.

Claro que, quanto mais complexo o produto ou o serviço, maior será seu vídeo. Mas se você conseguir se manter até os 2 minutos de vídeo, já será um ponto positivo.

2. Escolha o tipo de vídeo certo para cada página

Saber escolher qual tipo de conteúdo cabe a cada landing page é essencial para a otimização de conversão com vídeos. Existem algumas dezenas de formatos, mas trouxemos aqui alguns principais quando se fala em otimização de conversão:

  • Produto em uso: vídeos que mostram o produto sendo usado (podendo ser de um tênis a um software) conseguem mostrar ao usuário como ele realmente vai ficar (e até se sentir) ao usá-lo. Certamente será mais eficiente que meia página de texto.

  • Benefícios e vantagens: diferente de vídeos que simplesmente mostram o produto em uso, o vídeo com benefícios e vantagens pode dar espaço a todos seus argumentos de vendas, que vão além de informações técnicas.

  • Instrucionais: esse é o ideal para produtos mais complexos, que exigem uma explicação mais aprofundada e demonstrações mais avançadas. Nesses casos, quanto menos confuso seu consumidor ficar, melhor serão seus resultados de conversão.

Aproveite essas três dicas de formatos de vídeos e pesquise o que sua empresa precisa passar em cada tipo de página.

3. Incorpore o vídeo na página

Além de manter o vídeo com informações objetivas e claras, dados mostram que incorporar (ou “embedar”, como alguns profissionais gostam de chamar) vídeos pode ser uma ótima estratégia de otimização de conversão, já que pode aumentar em até 30% o número de visualizações.

Lembre-se também de colocar um CTA convidando o usuário a assistir o vídeo, algo como “Assista o vídeo de demonstração” já pode render um aumento nas taxas médias de conversão do seu e-commerce ou empresa.

vídeo marketing

4. Escolha bem o thumbnail do seu vídeo

Já parou pra pensar que o thumbnail de um vídeo é a primeira impressão que um usuário terá do seu conteúdo? Por isso, ele deve ser um frame muito bem escolhido para transmitir a ideia principal do vídeo.

O thumbnail é aquela imagem que escolhemos como “capa” do vídeo, que ficará aparente antes do usuário clicar no play. Os videomakers hoje em dia até editam o frame e incluem o título e outras informações do vídeo para criar uma identidade visual mais profissional para os vídeos.

5. Faça testes A/B

Antes mesmo de sair incluindo vídeos em todas as páginas do seu site, realize testes para ter certeza de que eles irão ajudar na conversão e não atrapalhar.

Para isso, sugerimos que você faça testes A/B, que não é nada mais do que separar os visitantes entre as duas páginas e observar durante um certo período de tempo a taxa de conversão em cada página.

Esses testes podem ser configurados na ferramenta do Google Analytics, veja aqui um guia completo para configurar os testes em seu site.

Os testes A/B são a melhor forma de fugir de um conceito pré estabelecido e seguir o caminho dos dados. Fazendo isso, sua empresa conseguirá entender o que funciona melhor para o seu público e tomar a decisão certa na hora de otimizar uma página do site.

6. Mensure os resultados do seu vídeo

Além de realizar testes A/B, você deve acompanhar as métricas principais do seu vídeo. Algumas perguntas que podem ajudar no monitoramento desses dados:

  • Seus espectadores estão assistindo o vídeo até o final?
  • Em que parte eles perdem o interesse pelo vídeo?
  • Quais vídeos possuem maior engajamento (comentários, likes, etc)?
  • Quais vídeos convertem mais leads e vendas?

A ideia aqui é entender se seus vídeos são realmente interessantes para quem assiste. E isso não vale somente para páginas de conversões, mas também para vídeos de treinamentos empresarias, cursos online, ou qualquer outro tipo de vídeo que seu negócio esteja produzindo.

O que falta para iniciar sua estratégia de Otimização de Conversão com vídeos?

As formas de otimização de conversão usando vídeos são diversas e variam para cada tipo de empresa, produto ou serviço.

Mas a dica principal é sempre se colocar no lugar do seu usuário e avaliar se aquele vídeo faz a diferença para escolher ou não pelo seu negócio.

Este post foi escrito pela equipe da Supersonic, uma empresa especializada em otimização de conversão que transforma os visitantes do seu site em clientes.