Marcos Pereira
Por Marcos Vinicius

Tudo que você precisa fazer durante a pós-produção de vídeos

Marcos Pereira
Por Marcos Vinicius

A pós-produção de vídeos é todo o trabalho realizado após a gravação do conteúdo audiovisual. Ela tem como principal objetivo incluir melhorias no vídeo, deixando o material mais coeso, coerente e atraente para o público.

Se a sua empresa já investe ou pretende investir no vídeo marketing, não pode deixar essa etapa de lado. E foi pensando nisso que criamos este artigo. Nele, você aprenderá:

Quer descobrir mais sobre o que é feito depois que as gravações terminam? Então continue a leitura.

A importância da pós-produção de vídeos

Muitas pessoas pensam que o trabalho de produção de um vídeo termina quando as câmeras são desligadas.

Mas não é bem assim. Depois dessa etapa, provavelmente você terá horas e mais horas de imagens brutas da filmagem. E esse não é material mais adequado para ser divulgado.

Além de ser muito longo, ele provavelmente contém erros de fala, tomadas refeitas, vazamento de ruídos, problemas na imagem… Enfim, características que tornam esse tipo de material nada atraente e, até mesmo, sem sentido.

E é aí que entra a pós-produção: ela existe para dar sentido às imagens captadas durante a gravação.

Uma equipe especializada, composta por diretores, roteiristas, montadores e editores, será responsável por escolher as cenas mais interessantes, acrescentar efeitos e criar uma sequência narrativa mais coerente e atrativa.

As 4 fases da pós-produção de vídeos

Você sabe como é o processo de pós-produção de um vídeo? Quais as atividades que são realizadas? De maneira geral, a pós-produção é composta por 4 fases:

  • Desmontagem dos cenários
  • Edição do vídeo
  • Análise do conteúdo final
  • Publicação e divulgação do conteúdo

Na hora de fazer vídeos, é essencial conhecer a fundo cada etapa para não deixar passar nenhum detalhe. Além disso, as ideias precisam estar alinhadas com toda a equipe para que tudo saia como foi pensando.

A seguir, explicamos como funcionam as 4 etapas da pós-produção de vídeos:

1. Desmontagem dos cenários

pós-produção de vídeos

Depois de apagar as luzes e desligar as câmeras, a primeira coisa que você precisa fazer é desmontar os cenários. Pode parecer óbvio, mas esse é um detalhe que muitas pessoas esquecem ou não dão a devida atenção.

Fazendo isso, você deixa o seu estúdio de vídeo mais organizado e conserva cenários e equipamentos, como câmeras e microfones, por mais tempo. Só não se esqueça de guardar os elementos em locais de fácil acesso para que, nas próximas filmagens, você não tenha dificuldade em achar o que precisa.

2. Edição do vídeo

O que fazer com os arquivos gigantescos de filmagem acumulados depois do fim das gravações?

Pois é justamente na fase de edição do conteúdo que vamos selecionar apenas o fará parte do vídeo final. E claro, faremos ajustes finos para deixar o áudio e o vídeo perfeitos para a audiência.

Existem alguns processos que fazem parte da edição de um vídeo:

a) Corte e seleção

pós-produção de vídeos - corte e montagem

O primeiro passo é pegar todo o material gravado e assistir do começo ao fim. Sim, mesmo que você tenha gravado horas e horas de conteúdo, é importante rever o vídeo.

Esse processo de revisão permite identificar exatamente quais as cenas, tomadas e planos que farão parte do vídeo finalizado.

Com a ajuda de um papel ou uma planilha virtual, são feitas marcações indicando o tempo exato em que cada trecho começa e terminada. É um processo chamado de decupagem.

Em seguida, com um software de edição de vídeo, esses trechos são selecionados. Todas as sobras, que incluem momentos de hesitação, pausas longas e falas erradas, são descartadas.

Depois, as cenas escolhidas são colocadas em sequência, na ordem em que aparecem no roteiro de vídeoA intenção é refinar o material, selecionando apenas os melhores trechos e criando uma narrativa coerente.

b) Tratamento do áudio

pós-produção de vídeos - tratamento de áudio

Não adianta ter um conteúdo com imagens em altíssima resolução se o áudio for estourado e cheio de ruídos. É muito mais fácil e confortável assistir a um vídeo em baixa resolução, mas com som nítido, do que o contrário, não é mesmo?

Afinal, o áudio tem um papel fundamental na compreensão da mensagem de um vídeo. Se o som do seu conteúdo não for claro o suficiente, pode prejudicar o entendimento da audiência.

Sendo assim, é muito importante editar e melhorar o áudio das suas produções. Usando um software de edição de áudio, é possível ajustar o ganho de áudio, reduzir os ruídos e corrigir desnivelamentos.

c) Tratamento do vídeo

pós-produção de vídeos - tratamento de vídeo

É provável que você note que alguns dos takes apresentem erros de exposição, falta de foco, cores distorcidas ou ruído. Esses defeitos podem ser causados por problemas na câmera ou erros de ajuste. E se não forem corrigidos, podem prejudicar a qualidade final do produto.

Assim, o próximo passo é melhorar a qualidade de imagem do  seu vídeo, deixando todas as cenas com um aspecto uniforme. Por meio de um software de edição, o editor consegue consegue reduzir ou eliminar o ruído, melhorar a exposição, aplicar filtros de cor, entre outros ajustes.

A qualidade da imagem da sua produção pode melhorar sensivelmente usando as ferramentas certas. Com isso, você agrega mais valor ao vídeo.

d) Acréscimo de efeitos especiais

pós-produção de vídeos - efeitos especiais

Para chamar ainda mais a atenção do público, você pode incluir alguns efeitos especiais no seu vídeo. A gama de possibilidades é enorme: inserção de Motion Graphics, textos, ícones, ilustrações em movimento, objetos 3D e até transições.

Dessa maneira, você consegue explorar com mais riqueza o seu conteúdo, deixando-o mais atrativo e fácil de entender. Como resultado, mais chances ele terá de ser compartilhado por milhares de pessoas.

E com os avanços da tecnologia, não é mais necessário contar com ferramentas e equipamentos caros. Já existem programas gratuitos e até aplicativos móveis para criação de efeitos especiais.

e) Inserção de legendas

pós-produção de vídeos - legenda

Mais um detalhe importante que faz parte da pós-produção de vídeos é a inserção de legendas no conteúdo. Mas será que você precisa legendar o seu conteúdo mesmo se ele não for gravado em uma língua estrangeira?

SIM!

Afinal, a legenda é um dos aspectos mais importantes para aumentar o alcance, a acessibilidade e a compreensão de um vídeo. Muitas vezes, o usuário não quer ou não pode assistir a um conteúdo com som, como no transporte público, por exemplo.

Para você ter uma ideia, 85% dos vídeos no Facebook são assistidos sem som, no mudo. Sendo assim, a presença de legendas permite a ele entender a sua mensagem mesmo sem ouvir o que você está falando.

E claro, legendar os seus vídeos também possibilita que pessoas com problemas de audição tenham acesso às soluções da sua marca.

f) Vinheta, thumbnail e outros e outros detalhes

pós-produção de vídeos - thumbnail

Chegou a hora dos detalhes finais que vão deixar o seu vídeo no ponto para ser publicado e divulgado para o público.

O primeiro deles é a vinheta. Elas são chamadas curtas para abertura ou encerramento de um vídeo e servem para identificar o canal ou a marca. Essa é a primeira impressão que uma pessoa terá do seu canal e dos seus conteúdos. Por isso, capriche ao criar essa chamada.

Outro detalhe importante é a thumbnail, uma espécie de imagem de miniatura que identifica o seu conteúdo nos resultados de pesquisa, sites e blogs. Essa imagem precisa resumir a ideia central do vídeo e chamar a atenção do público, fazendo-o clicar no seu conteúdo.

Por fim, aproveite para incluir uma trilha sonora no seu vídeo. A música escolhida precisa combinar com o tema do vídeo e ajudar a criar uma atmosfera envolvente. E cuidado com as trilhas sonoras com direitos autorais. Escolha músicas sem direitos autorais para evitar perda de credibilidade e problemas legais.

Agora o seu vídeo está quase pronto para ser publicado e divulgado!

3. Análise do conteúdo final

Antes de apertar o botão de “upload” e publicar o seu vídeo, não deixe de rever e analisar o conteúdo mais algumas vezes.

Com a ajuda do roteiro, confira se tudo o que foi planejado consta no vídeo final e se não há nada errado com o vídeo. Se preferir, chame uma pessoa de confiança para revisar o conteúdo com você. Isso porque o seu olhar pode ficar viciado e dificultar que algum erro seja notado.

As cenas estão na sequência correta? As indicações de cortes e transições foram respeitadas? Os efeitos visuais e sonoros foram inseridos no momento certo? Caso a resposta seja positiva, parabéns. O seu vídeo está pronto!

4. Publicação e divulgação do vídeo

A última etapa da pós-produção de vídeos é também a mais esperada: chegou a hora de publicar e divulgar o seu conteúdo.

Depois de exportar o vídeo, escolha a plataforma de hospedagem mais adequada para os objetivos da sua estratégia de vídeo marketing. Você pode fazer o upload do conteúdo em alguma rede social, como Facebook, no YouTube ou em uma plataforma profissional.

A escolha dependerá do tipo de conteúdo que você produziu e dos resultados que você espera alcançar. Depois de subir o vídeo em alguma plataforma, não deixe de divulgá-lo para o seu público.

Crie uma agenda de divulgação, com os melhores canais e horários para publicar chamadas convidando as pessoas a assistirem o vídeo. Você pode compartilhar o vídeo no blog e site da empresa, nas redes sociais, e até enviar por email, por exemplo.

3 dicas para fazer valer o trabalho de pós-produção

Depois de passar por todas as etapas da pós-produção, basta sentar na cadeira e esperar os resultados, certo? Não é bem assim… Mesmo investindo pesado nesse processo, pode ser que o seu conteúdo ainda não alcance o sucesso esperado.

Mas não há razão para se desesperar. Para que todo o trabalho na pós-produção de vídeos não seja em vão, siga as três dicas que separamos abaixo:

1. Invista em SEO para vídeos

De nada adianta ter um material incrível, com imagens maravilhosas e um som de primeira, se ninguém for capaz de encontrá-lo na internet.

Para aumentar o alcance do seu vídeo, invista em técnicas de SEO, ou Search Engine Optimization. Essas técnicas consistem em otimizar conteúdos para que eles sejam encontrados com mais facilidade nos mecanismos de busca, como o Google.

O objetivo principal é fazer com que um texto, imagem ou vídeo fique posicionado entre os primeiros lugares na página de resultados para uma determinada palavra-chave.

Geralmente essa técnica é mais utilizada em posts de blog, mas também é possível fazer SEO para vídeosDessa maneira, o seu vídeo é capaz de figurar no topo dos resultados do YouTube e também das buscas do Google.

Isso se traduz em mais acessos, mais visualizações e mais alcance orgânico para os conteúdos da sua marca. Existem algumas técnicas que ajudam a otimizar um vídeo, como:

  • Presença de uma palavra-chave no título e descrição do vídeo;
  • Thumbnail atraente;
  • Uso de vinhetas;
  • Uso de tags com termos relevantes e relacionados à palavra-chave principal;
  • Descrição clara e objetiva;
  • Presença de CTA e cards durante o vídeo;
  • Entre outros.

2. Publique em diversos canais

A menos que você trabalhe com um nicho de mercado extremamente exclusivo, é provável que o seu público-alvo utilize os mais variados canais para se informar.

Por causa disso, publique o seu vídeo em canais diferentes. Dessa maneira você consegue aumentar o alcance dos seus conteúdos e atingir um público mais amplo.

Depois de subir o vídeo em alguma plataforma, como YouTube, você pode disparar um email para sua lista de contatos com o link para o vídeo. E se você possui um blog ou site, também pode publicar o conteúdo e aumentar ainda mais a sua visibilidade.

Ah, e não se esqueça das redes sociais. Mas em vez de simplesmente colar o link direto para o YouTube, prefira subir o conteúdo direto na plataforma, como Facebook ou Instagram.

Os vídeos nativos apresentam um alcance maior do que os outros tipos de publicação e ainda permitem acessar métricas de desempenho exclusivas.

3. Se possível, faça anúncios

Conseguir visualizações de maneira orgânica é possível, mas demanda algum tempo. Muitas vezes, especialmente para negócios que estão começando agora ou lançamento de produtos, o tempo é valioso

Para alcançar mais pessoas em menos tempo e fazer do seu vídeo um grande sucesso, outra estratégia eficiente é investir em anúncios. Plataformas como o YouTube permitem divulgar produções audiovisuais através de anúncios in-stream.

O formato in-stream consiste naqueles anúncios que aparecem antes de outro vídeo começar a ser reproduzido. Esses anúncios podem servir para redirecionar o usuário para o seu canal ou site e são ótimos para chamar a atenção do espectador e divulgar a marca para novos públicos.

Conclusão

Viu só como a pós-produção e todas suas etapas são importantes para o sucesso de uma estratégia de vídeo marketing? Para produzir um conteúdo atraente e que entregue valor ao público, é fundamental que tudo esteja alinhado antes, durante e depois da gravação.

Mas apenas uma pós-produção caprichada não garante que o seu vídeo seja relevante para o público. Para isso, é fundamental traçar uma estratégia de vídeo marketing coerente e eficiente. Quer saber como fazer isso? Então clique e confira o nosso artigo.