VidMonsters
Por VidMonsters

ROI de conteúdo em vídeo: Aprenda como medir

VidMonsters
Por VidMonsters

Um desafio presente no dia a dia dos profissionais de marketing é o de como calcular o ROI de conteúdo em vídeo. Afinal, diante da popularização das produções audiovisuais, é necessário mostrar para a empresa ou para o cliente se ele ganhou ou perdeu dinheiro com a estratégia realizada.

Para ter esse cálculo na ponta da língua, é essencial saber o que a empresa pretende com as campanhas de vídeo marketing. Afinal, só é possível calcular o retorno sobre investimentos quando se tem detalhado quais são os objetivos com a campanha.

Por que calcular o ROI?

Com a ajuda do ROI, você saberá quais investimentos ainda vale à pena manter e quais são os que não estão dando retorno para a empresa.

ROI de conteúdo em vídeo

Para calcular o seu ROI de conteúdo em vídeo é necessário ter em mente os objetivos que se deseja alcançar com essa produção para que, em seguida, você possa fazer o cálculo com eficácia sobre o que foi gasto e o que obteve de retorno.

Por exemplo: se você deseja divulgar a sua marca e o seu produto no mercado, é recomendado fazer um conteúdo em vídeo para que mais pessoas conheçam sua empresa e consigam entender como funciona o produto que está sendo oferecido por ela.

Agora, se sua empresa já é conhecida no mercado, mas está precisando atrair novos clientes, pode ser interessante divulgá-la através de vídeo marketing. Assim, quem não a conhece ficará conhecendo e pode vir a se tornar um lead qualificado.

Investimento

É chegada a hora de fazer um levantamento do que será gasto com a produção desse conteúdo. Isso inclui: gastos com o apresentador, edição, roteirista e tudo que for necessário para que a película seja realizada. Abaixo, fizemos a simulação do que possivelmente você irá precisar.

Investimento *

Gravação do vídeo R$ 3 mil
Roteirista R$ 1 mil
Apresentador R$ 1 mil
Divulgação dos (vídeos) R$ 3 mil
Edição R$ 2 mil
Total R$ 10 mil

* Dados fictícios. A intenção é mostrar ao leitor o que será gasto para realizar a produção de um vídeo marketing.

 

Após ter realizado um levantamento sobre o que será gasto para a produção e divulgação de seu conteúdo audiovisual, está na hora de usar a fórmula do ROI para saber se sua estratégia de marketing está com saldo positivo ou negativo. Calcular o ROI de conteúdo em vídeo é bem simples, veja:   

ROI (receita-custo) x 100

—————–

custo

Suponhamos que sua empresa tenha recebido R$ 80.000,00 em vendas vindo da loja virtual e seu gasto para criar a campanha de vídeo marketing foi de  R$ 10.000,00. Então, o ROI será calculado dessa forma:

ROI = 80.000 – 10.000 x 100

10.000

ROI = 70.000 x 100

10.000

ROI = 700%

 

Em outras palavras, o retorno sobre seu investimento seria de 700%.

O que é receita?

A receita representa o que a empresa conseguiu arrecadar por meio das vendas utilizando as estratégias de marketing em vídeo. Ao calcular o ROI (retorno sobre investimento) de uma campanha específica, lembre-se de usar somente o valor obtido pelo segmento escolhido.  

Por exemplo, se você deseja calcular o retorno sobre investimento de um loja online, o valor a ser apresentado como receita na fórmula deve ser somente das vendas obtidas com a divulgação do vídeo marketing, ou seja, quantas pessoas foram impactadas com o seu anúncio e entraram no site realizando, assim, uma conversão.

Quais são os custos?

Os custos, que devem estar evidentes na fórmula do ROI, são todas as despesas que a empresa gastou para que ação fosse realizada. No caso da estratégia de vídeo marketing, os custos são o que citamos acima como investimento para produzir o conteúdo audiovisual.

5 vantagens de calcular o ROI de conteúdo em vídeo

Calcular o ROI de suas campanhas de vídeo marketing pode ser meio complicado no início, mas, na hora de apresentar o relatório a seu chefe, você precisará saber o que deu e o que não deu certo.  Por isso, destacamos abaixo cinco vantagens de calcular de calcular o ROI de conteúdo em vídeo.

  • Você consegue apurar o que foi realizado ou o que não foi realizado para dar mais impacto aos resultados obtidos;
  • Consegue ver se ganhou ou perdeu dinheiro com seu esforço;
  • Consegue analisar onde será necessário mudar as estratégias;
  • Descobre onde poderá enxugar o orçamento caso seja necessário;
  • Avalia onde poderá aumentar o investimento quer seja com divulgação, gravação ou até mesmo com um apresentador melhor e mais conhecido. 

Planejamento para os próximo conteúdos

Após ter apresentado o relatório do ROI de conteúdo em vídeo para os seus superiores, leve sugestões do que precisa e pode ser melhorado. Assim você ganha mais credibilidade e já apresenta a solução para que a estratégia de vídeo marketing continue performando bem. Abaixo, listamos cinco dicas essenciais que devem constar em seu planejamento.

Vamos lá.

1. Faça testes A/B

Mesmo com as campanhas de vídeo marketing dando certo, é imprescindível que a empresa converse com outros públicos, pois uma segmentação A/B é muito útil para descobrir quem realmente é o público da empresa.

2. Defina a Periodicidade

Se o seu principal público teve interesse em sua produção audiovisual, provavelmente, tenha chegado a hora de manter uma periodicidade dos conteúdos em vídeos. Afinal, quem é visto é lembrado. Caso sua empresa queira atrair mais leads, estar presente por meio de vídeos fará toda a diferença.

3. Invista em anúncios

Se a sua empresa tiver verba disponível, é válido investir mais em anúncios. Lembre-se que o Facebook prioriza conteúdos de amigos e grupos. Com isso, o alcance das páginas orgânicas nessa rede social vem diminuindo consideravelmente.


Outro formato de anúncio que vale a pena ser utilizado são os anúncios do YouTube Preview, que são exibidos antes dos vídeos no YouTube. Através desse formato você consegue levar as pessoas para o site da empresa ou para uma landing page específica.

4. Invista em SEO

Se a sua empresa estiver divulgando os conteúdos no YouTube, é essencial que você invista em SEO para YouTube. Assim, além de seu vídeo conseguir uma boa posição no Google, ele aparecerá nas primeiras posições do YouTube. Com isso, poderá se destacar dos demais concorrentes.

5. Invista em vídeos atrativos

Para cativar o espectador e fazer com que seu conteúdo em vídeo seja visto por milhares de pessoas, recomendamos que você invista em outros formatos de produção, tais como: produção com fundo branco, em que uma voz, ao fundo, narra a história, ou Motion Graphics, afinal, quanto mais criativo e informativo for sua produção, melhor será o seu ROI de conteúdo em vídeo.

Dica extra: Fique atento às métricas de vaidade. Likes, visualizações e compartilhamentos são excelentes para um feedback interno sobre a produção, mas não estão relacionadas ao retorno financeiro sobre o vídeo. Por isso, elas não devem estar inclusas na hora em que você for calcular o ROI do conteúdo em vídeo.

Aprendeu como calcular ROI de conteúdo em vídeo? Maravilha! Mas saiba que existem mais métricas a serem exploradas! Clique aqui e descubra 21 dicas de SEO para YouTube.