VidMonsters
Por VidMonsters

Saiba mais sobre SEO e leve o seu site para o topo do Google

VidMonsters
Por VidMonsters

Sempre que um internauta pesquisa por algum termo no Google, uma lista com dezenas de páginas é exibida. Mas você já parou para pensar em como é feita essa classificação? O que leva um site a alcançar o primeiro lugar nesse ranking? A resposta está no SEO!

Todas as empresas que investem em marketing digital possuem um sonho em comum: alcançar as primeiras colocações nos motores de busca, especialmente o Google. Afinal, assim é possível atrair mais vistantes para o seu site e convertê-los em venda.

Porém, a concorrência pelo topo do ranking é cada vez maior e não basta apenas ter um site ou blog. É fundamental otimizar o seu conteúdo aos olhos do Google para que o usuário tenha uma experiência agradável. E, assim, os motores de busca o identifiquem com mais facilidade.

Neste artigo, você vai aprender como realizar a otimização do seu site e conquistar a tão sonhada primeira página do Google.

O que é SEO

Como você já deve saber, sempre que um novo site é publicado na internet, os mecanismos de busca, como o Google, tratam de indexá-la na web, de modo a ser encontrada pelos internautas.

Mas como o volume de páginas é gigantesco, mais de 1,8 bilhão, é preciso organizá-las e dar destaque aos conteúdos mais relevantes. E é aí que entra o SEO.

SEO é a sigla em inglês para Search Engine Optimization, ou seja, otimização para mecanismos de busca. É um conjunto de técnicas de otimização de sites, blogs e páginas da web com o objetivo de melhorar o seu posicionamento nas plataformas de busca.

Quando um internauta realiza uma pesquisa, ele digita um termo de seu interesse, chamado de palavra-chave. O objetivo de uma estratégia de otimização é fazer com que uma ou mais páginas do site apareçam nos primeiros resultados de busca orgânica. Ou seja, sem gastar com anúncios!

Qual a importância do SEO

Ter o seu site ou blog no topo dos resultados do Google aumenta e muito o alcance da sua marca e as oportunidades de negócio. Duvida?

Qual foi a última vez que você, ao pesquisar no Google, avançou para a segunda ou terceira página de resultados? Provavelmente nenhuma. E você não está sozinho nesse comportamento. Aproximadamente 90% das pessoas que fazem pesquisas na internet clicam apenas nos resultados da primeira página do mecanismo.

Ou seja, se a sua empresa não investe em SEO, será difícil o seu site alcançar as primeiras colocações nos resultados das palavras-chave do seu negócio. Com isso, você estará perdendo clientes e, consequentemente, receita.

E pior, os seus potenciais clientes podem visitar o site de algum concorrente melhor posicionado. E você não quer isso, não é?

Uma boa estratégia de search engine optimization é reponsável por aumentar o volume do tráfego orgânico e garantir mais visibilidade para as suas páginas. Dessa forma, os internautas serão capazes de conhecer a sua marca com mais facilidade, aumentando as vendas e sua autoridade na rede.

Quais os principais fatores de ranqueamento o Google leva em conta

Agora que você sabe o que é SEO e como a otimização de site é importante, deve estar curioso para saber como a classificação de sites é feita.

Entender o que acontece quando você digita um termo e clica em Pesquisar é fundamental para começar uma estratégia de SEO eficaz. Sabendo como o Google “escolhe” qual página irá ranquear em primeiro lugar, é possível traçar ações que visam alcançar o topo dos resultados.

Como o Google funciona

Rastreamento, indexação e exibição. Esses são os três principais critérios para o retorno de pesquisas.

Os robôs do Google, conhecidos como Googlebot, funcionam como rastreadores, buscando todas as páginas da web. Em seguida, eles analisam todo o seu conteúdo, como data de publicação, descrição, URL, conteúdo da página, dados estruturados, entre outros, salvando as informações nos servidores.

Em seguida, é criado um índice que organiza e cataloga todas essas informações de acordo com a relevância e qualidade do site.

Dessa forma, quando uma pesquisa é realizada no Google, são exibidos os resultados que a ferramenta considera mais pertinentes para o que os usuários procuram. As páginas que, de acordo com critérios pré-determinados, são mais relevantes, aparecem no topo da página.

Mas essa classificação não é arbitrária. Existem diversos critérios (mais de 200!) que o Google analisa para definir a relevância de um site e sua colocação nos resultados de pesquisa.

Para facilitar a compreensão, separamos abaixo os principais critérios de SEO analisados pelo Google para você colocar em prática. Eles podem ser divididos em on page e off-page.

a) SEO on page

Os fatores de otimização de site on page são aqueles que devem ser trabalhados dentro do próprio site ou página. Eles são importantes para que os mecanismos de busca compreendam que o seu conteúdo está relacionado com os termos de busca.

Os principais critérios on page são:

  • Qualidade do conteúdo. É um dos principais critérios para classificar páginas da web. Quanto melhor for o seu conteúdo, com mais informações relevantes e interessantes, maiores as chances de aparecer entre as primeiras posições.
  • Tamanho do conteúdo. O tamanho do seu conteúdo influencia a sua colocação. Isso porque geralmente conteúdos maiores são mais completos e respondem às dúvidas dos usuários.
  • Title tag. É o título interno da sua página, aquele que o leitor vai ver ao acessar o seu site. Crie um título que desperte a curiosidade do usuário e inclua a palavra-chave principal da publicação.
  • SEO title. É o título que aparece nas pesquisas do Google serve para levar o internauta até a sua página. É um dos fatores de ranqueamento mais importantes. Crie um SEO title com até 55 caracteres, mais objetivo e com a palavra-chave no início.
  • URLs amigáveis. O Google também analisa o endereço das páginas na hora de classificá-las. Assim, crie URLs curtas, relacionadas ao título do conteúdo e que incluam a palavra-chave.
  • Headings tags. As headings servem para classificar os conteúdos mais importantes (H1 ou título) e os seus subtítulos (H2, H3 etc.) Elas ajudam os buscadores a identificar as informações do seu conteúdo e facilitam a leitura do texto. Procure utilizar apenas um H1 por texto e incluir a palavra-chave no H1 e em, no mínimo, um H2.

b) SEO off-page

Os critérios off-page são aqueles externos ao seu site. São bastante valorizados pelo Google porque demonstram que a sua página possui autoridade em determinado assunto.

Os fatores de ranqueamento off-page mais importantes são:

  • Link Building. Representa a quantidade e qualidade de outros sites que sugerem o seu conteúdo e é a parte mais importante do SEO off-page. Quanto maior for o Page Rank dos sites que apontam links para o seu conteúdo, mais autoridade ele terá e melhor será o seu posicionamento nos resultados de busca.
  • Autoridade. O principal critério para determinar a autoridade de uma página é o Link Building, mas outros fatores também influenciam. A idade é uma delas: domínios mais antigos possuem uma pontuação maior.
  • Social. O engajamento e menções nas redes sociais também influenciam o posicionamento do seu conteúdo no Google. Quando o engajamento é alto, o Google conclui que o seu conteúdo agrada aos usuários e, portanto, é mais relevante.

O SEO é um tema fundamental para quem quer ter relevância e visibilidade na rede. Estar entre os primeiros resultados de pesquisa no Google ajuda a gerar atrair visitantes, leads e, consequentemente, mais vendas para o seu negócio.

Por isso, coloque em prática as dicas de otimização de site que apresentamos para você e veja a sua página subir no ranking do Google!

Agora que você já sabe o que é SEO, como funciona e como fazer, que tal se aprofundar no assunto e aprender a fazer vídeo SEO? Basta clicar aqui!