Loading Posts...

Vender cursos online é uma atividade que ganha cada vez mais espaço no mercado brasileiro. Esse processo acompanha o crescimento do mercado dos cursos EAD (educação a distância) em nosso país. Para quem produz cursos online, esta é uma boa maneira de conseguir uma renda extra oferecendo conteúdos que já domina e tem afinidade.

Se você tem interesse em oferecer seu conhecimento para o enorme mercado digital, este artigo foi pensado em você. Aprenda, em 7 passos, a criar uma estratégia de sucesso para vender cursos cursos online. Confira!

Como Vender Cursos Online em 7 Passos

Vender cursos online não é uma tarefa fácil. Mas com foco e seguindo os passos corretos, você verá que é possível ter muito sucesso neste segmento.

A seguir, ensinaremos como vender cursos online passo a passo. São 7 etapas que vão ajudar você a formatar e preparar o seu curso online para ter sucesso na internet.

1. Segmente seu mercado com base no seu conteúdo 

O primeiro passo ao decidir oferecer cursos online é segmentar seu mercado com base no público que deseja alcançar. Esse passo será a base para todas as etapas de venda de cursos online. Afinal, tudo que for feito deverá ter em vista a audiência que se quer atingir.

Para escolher o segmento de mercado no qual concentrar as ações, reflita sobre quais são os assuntos que mais despertam interesse em você e com os quais tem mais afinidade.

Assim, ficará mais fácil de visualizar os temas que você domina e pesquisar quais apresentam maior potencial de atração e engajamento.

Claro que é importante pensar se as outras pessoas também se interessaram por esse assunto. Afinal, é isto que define se haverá audiência para o tipo de conteúdo escolhido.

Delimitando o público, você consegue oferecer um produto mais assertivo. Isso acontece porque você conhecerá bem os atributos que precisam estar presentes para conquistar os usuários.

2. Defina a persona do seu curso online

Outra etapa fundamental, do processo de vender cursos online, é definir a persona de seu produto.

Para melhor exemplificar, a persona é como se fosse uma pessoa que representa todo o seu público. Esta “pessoa imaginária” tem as características do seu cliente ideal, como gostos, faixa etária, estilo de vida, etc.

Para desenhar a persona, você precisará colher dados de mercado e, assim, traçar o perfil do público que deverá consumir os cursos online que você quer produzir e vender. Quanto mais detalhes a persona tiver, melhor.

Você precisará de dados diversos, como demográficos, padrões de comportamento, dificuldades enfrentadas e até metas profissionais. Tudo isso deverá ser considerado na hora de criar o seu produto e oferecer o que o cliente precisa.

Para definir a persona, liste aspectos como idade, hobbies, profissão, escolaridade, perfil de consumo, sonhos, dores e dificuldades. Inclua também quaisquer informações que possam ser relevantes à construção do seu curso online.

3. Defina o formato do seu curso online

Existem vários formatos diferentes para um curso online. Esta diversidade de opções é um ponto muito positivo, já que é possível escolher a que mais se adapta ao seu tipo de conteúdo e ao estilo do público-alvo.

Alguns exemplos de formatos de cursos são:

Além destes formatos citados acima, existem muitos outros para o seu curso online. A escolha do formato deverá ser guiada conforme aquele que transmitir do melhor modo o conteúdo do curso online.

4. Escolha e estude (muito) sobre seus canais de venda 

Os canais de venda são a ponte entre o cliente e o seu curso online. É o meio – local, mídia ou plataforma – pelo qual o aluno poderá conhecer o curso que você estiver ofertando.

É muito importante estudar todos os canais de venda já existentes. Afinal, cada um deles possui as suas peculiaridades e formas de atrair o público.

Um dos possíveis canais é uma página própria para o seu curso online. Através deste site, você poderá hospedar o curso e os materiais dele, fazer o marketing, para atrair novos alunos, e gerenciar os pagamentos realizados.

Um canal próprio permite que você gerencie diversos aspectos do seu processo de venda de cursos online, sem ter de arcar com diversas taxas.

No entanto, a criação de um site preparado para hospedar e vender é um processo que exige conhecimento em programação. Afinal, será preciso criar um site seguro, para gerenciar pagamentos, e com qualidade de acesso ao curso ofertado.

Outra opção de canal para vender cursos onlines são plataformas especializadas para a venda de cursos EAD e outros produtos digitais. Uma destas plataformas é a Hotmart.

Estas plataformas permitem você hospedar o seu curso e ajudam com o gerenciamento de pagamentos e com ferramentas que auxiliam o processo de divulgação do curso online.

Por outro lado, é preciso arcar com taxas sobre as vendas do cursos. Porém, especialmente para quem está começando, as plataformas podem ser um ótimo caminho.

5. Mapeie e estude seus concorrentes 

Para que você possa oferecer um conteúdo diferente e melhor do que os já existentes, busque conhecer e mapear os concorrentes. Dessa maneira, você entende o que já foi feito e como pode oferecer um curso ainda melhor.

Fazer algo que não foi feito ainda, ou fazer um curso que seja melhor do que os concorrentes dará ao seu material um grande diferencial competitivo.

O diferencial competitivo – princípio básico do marketing – é uma das chaves para conquistar e fidelizar o público. E, claro, ter resultados bons, ao vender cursos online, é importantíssimo se atentar a este ponto.

6. Construa uma estratégia de marketing para a venda 

Uma ferramenta primordial para o sucesso de qualquer negócio, principalmente online, é o marketing. Sem ele, não há divulgação do negócio e, menos ainda, vendas.

O marketing é fundamental para o planejamento estratégico de qualquer projeto, por isso é tão importante investir nele. A seguir, daremos algumas sugestões de estratégias de marketing que você pode aplicar para vender cursos online:

a) Marketing de Conteúdo

Ao adotar uma estratégia de marketing de conteúdo, você oferece conteúdos que são relevantes para o cliente, para construir a sua autoridade, garantindo acessos ao seu canal próprio, para, então, utilizar estes aspectos para conseguir alunos para os seus cursos.

b) Mídia paga (Google Adwords)

Outra estratégia de marketing possível para vender cursos online é através do uso de mídia paga, que é muito útil, especialmente para quem está no começo do negócio e ainda não possui muita relevância junto ao mercado.

Uma das formas de realizar mídia paga é com com o Google Adwords. Com ele, é possível aparecer na primeira página do Google, mesmo não tendo ainda um expressivo fluxo orgânico.

O Google Adwords pode te ajudar a conseguir o fluxo de pessoas necessário para conquistar autoridade no assunto que irá tratar.

c) E-mail Marketing

O envio de emails que anunciem e convidem o seu público para o novo curso que está vendendo é uma estratégia que ajuda muitos produtores de cursos online.

Com o desenho da sua persona em mãos, você terá condições de fazer com que o e-mail marketing funcione corretamente, já que terá o perfil mais aproximado do seu cliente ideal.

Assim, você poderá construir e-mails com a linguagem e conteúdo adequados ao seu público, incentivando-os a adquirirem o seu curso.

7. Colha feedbacks e otimize seu curso e estratégia

Receber feedbacks, mesmo que negativos, é um ponto chave para otimizar o seu curso online. Quando negativos, eles indicam que o seu curso online e a estratégia de vendas que você traçou para ele não estão indo na direção certa.

E isso irá dar indicações a você que há o que melhorar no seu curso e na estratégia de vendas. É o retorno das pessoas que consomem seu conteúdo que irá apontar o caminho que você deve seguir, para otimizar o seu processo.

Os feedbacks positivos, podem ajudar – e muito! – na sua estratégia de marketing.  Se você possui ex-alunos ou alunos que tenham gostado do seu trabalho, peça a eles que escrevam ou gravem em vídeo um depoimento, relatando o que acharam do material e porque o recomendam.

Este depoimento será muito útil para inspirar confiança nas pessoas que pensam em adquirir seu curso online.

Dica bônus: a importância dos vídeos para vender cursos online

Algumas vezes, os potenciais alunos dos cursos online podem ter dúvida se o conteúdo é confiável. Afinal, muitas pessoas ainda não estão acostumadas a comprar materiais educacionais pela internet.

Para diminuir esta desconfiança, como estratégia de marketing, você pode usar vídeos para passar segurança e comprometimento aos possíveis alunos.

Se a pessoa estiver em dúvida sobre comprar ou não seu curso, no vídeo ela terá uma ideia muito melhor do que o conteúdo abordará.

Por isso, procure explicar do que o curso tratará e, se preferir, mostre também alguns trechos do curso.

Use também o espaço para passar seus contatos, como e-mail, site, canal no Youtube e outras redes sociais, colocando-se à disposição para esclarecer as eventuais dúvidas que os seus alunos interessados possam ter.

Quer entender de verdade como o uso de vídeos pode ajudar no sucesso dos seus cursos online? Então confira o nosso artigo com as principais estratégias para promover cursos com vídeos!

Redação VidMonsters

Loucos por marketing e vídeos!