Marcos Pereira
Por Marcos Vinicius

Descubra o que é e como produzir um vídeo institucional de sucesso para a sua marca

Marcos Pereira
Por Marcos Vinicius

O vídeo institucional permite apresentar a sua marca e fortalecer a sua identidade perante o público, concorrentes e colaboradores. É, portanto, uma das mídias de comunicação mais importantes para a apresentação de uma empresa.

Mas você sabe como fazer vídeo institucional da maneira correta? Foi pensando que preparamos este texto, com dicas práticas para produzir um conteúdo de sucesso e ganhar mais credibilidade de mercado.

Veja o que você aprenderá:

O que é vídeo institucional?

Como o próprio nome já indica, os vídeos institucionais são uma apresentação em forma de vídeo sobre uma empresa, marca ou instituição. Logo, ele deve abordar, de forma clara, toda a infraestrutura e as áreas de atuação de um negócio. Isso é, ele deve falar sobre:

  • Seus serviços;
  • Produtos;
  • Segmento de mercado;
  • História;
  • Posicionamento;
  • Objetivos;
  • Públicos;
  • Equipe de trabalho;
  • Entre outros.

Dessa forma esse segmento de campanha visa, sobretudo, fortalecer a identidade visual da corporação, agregando valores simbólicos a marca e reforçando seu comprometimento com fins sociais, ecológicos e culturais.

Também conhecido como vídeo corporativo ou Video Marketing empresarial, ele pode ser utilizado por organizações de qualquer porte ou ramo de trabalho. Geralmente, são divulgados nos sites e redes sociais das próprias instituições.

Contudo, com frequência também são apresentados em eventos ao público externo ou internamente para funcionários, clientes, sócios, parceiros, etc. E até mesmo em mídias tradicionais, como TV e telas de cinema.

Normalmente, o vídeo corporativo é dirigido a três setores:

a) População

A empresa pode divulgar para o público geral atividades realizadas no meio social. Dessa maneira, ela demonstra o seu comprometimento com questões ambientais, educacionais, esportivas etc.

Essa estratégia não só produz uma boa impressão a quem assiste, mas também fortalece a relação entre a marca e a comunidade onde esses projetos estão inseridos.

É uma das frentes de atuação do Marketing Social.

b) Colaboradores

Os colaboradores são peças fundamentais de qualquer negócio.

Por isso, direcionar um vídeo específico a eles pode ajudar a mantê-los motivados e satisfeitos com o ambiente de trabalho. Assim, aumenta a produtividade geral da companhia.

Ao criar uma campanha direcionada aos funcionários, é fundamental destacar serviços dedicados a eles, como manutenção do lugar seguro, higienizado, ou programas de incentivo.

c) Público-alvo

Um vídeo institucional também pode ser inserido em uma estratégia mais comercial, mesmo que vender não seja o seu principal objetivo.

Os consumidores estão cada vez mais criteriosos. Portanto, crie uma campanha que destaca a qualidade de produção dos seus produtos ou serviços.

Caso a empresa tenha alguma premiação ou selo de qualidade, é sempre bom apresentá-la ao público para exemplificar a eficiência.

8 motivos para investir em vídeo institucional

Okay, você já entendeu o que é e para que serve um vídeo institucional. Mas isso nos leva a uma pergunta mais complexa. Por que empresas tão diversas investem tanto nesse tipo de formato?

Obviamente, não é à toa. Listamos a seguir alguns dos principais motivos para você apostar na produção de vídeos institucionais:

1. Reforça a identidade e autoridade da marca

Segundo estudo da Animotoclientes preferem assistir a um conteúdo em vídeo até quatro vezes mais do que ler a respeito do mesmo. Logo, uma mensagem apresentada em vídeo é mais facilmente assimilada e transmite mais confiabilidade para o público.

Nesse sentido, um bom vídeo institucional pode ser determinante no direcionamento do olhar e na forma como uma empresa é identificada pelo público.

Dessa forma, esse formato passa um conteúdo mais facilmente absorvido e, consequentemente, mais eficaz. Assim, potenciais consumidores, parceiros e investidores podem conhecer o seu negócio de forma rápida e objetiva, reforçando o valor e autoridade de sua marca.

2. Emociona e engaja o público

O vídeo é capaz de provocar emoções de forma que não seria possível por meio do texto.

Saber explorar essa característica com o público pode ser fundamental para o sucesso de seus negócios. Para isso, capriche nos aspectos como o discurso, imagens, efeitos visuais ou sonoros e trilhas musicais.

Além disso, em sites e redes sociais, o formato audiovisual garante mais reações e maior engajamento por parte dos usuários.

Isso acontece por essa ser a forma de comunicação preferida para consumo de conteúdo entre os internautas. Por meio desses fatores, é possível um maior envolvimento do público com o seu conteúdo, facilitando a sua conversão.

3. Deixa a sua marca mais moderna

A ausência de conteúdos multimídia em páginas e redes sociais de uma empresa pode fazer com que ela pareça obsoleta e desatualizada para os usuários, dificultando sua apreensão.

Então, investir no formato audiovisual é determinante para se garantir uma identidade moderna e maior facilidade na adesão do público.

Afinal, como já vimos, vídeos institucionais proporcionam uma apresentação mais simples e objetiva, num formato moderno, reforçando a autoridade da marca.

Todos esses fatores geram mais confiança e credibilidade, facilitando a atração de futuros clientes, parcerias e investimentos.

4. Humaniza a empresa

O vídeo institucional quebra a expectativa de seus leitores ao trazerem conteúdos não comerciais, demonstrando outros posicionamentos da marca. É uma oportunidade da empresa disseminar seus valores, o que torna a marca mais humanizada perante o público.

Contar histórias ou depoimentos de clientes é sempre um bom recurso que faz a audiência se identificar. Não deixe de fora essas estratégias na montagem do seu conteúdo!

5. É um investimento a longo prazo

Vídeos institucionais podem ser reutilizados em diversas plataformas e circunstâncias. Ou seja, divulgando-os no site e nas redes sociais, sendo enviados para parceiros e clientes, ou apresentados em eventos, treinamentos, etc.

Além de ser uma forma de apresentação rápidaobjetiva e multifuncional, podendo ser aplicados em situações diversas.

E mais: um vídeo institucional é um excelente investimento a longo prazo. Pois se trata de um conteúdo perene, já que apresenta informações concretas sobre a sua empresa.

6. Apresenta informações com clareza

A produção de vídeos institucionais permite que a mensagem da empresa seja transmitida de maneira simples, articulada e em pouco tempo.

Nesse formato, são apresentados posicionamentos, serviços, metas e metodologias de forma objetiva para que seu conteúdo possa ser assimilado de forma rápida e eficiente.

Tudo isso possibilita um trabalho mais articulado entre todos os setores da empresa. Além disso, aprimoram-se sua visibilidade e identificação diante da concorrência e do seu ramo de mercado.

7. Transmite mais confiança

Em um cenário comercial cada vez mais competitivo, é importante que a sua marca saiba investir em campanhas que abordem mais a própria instituição.

Ao falar mais sobre o histórico da empresa e mostrar os bastidores da linha de produção, você conquista a confiança dos consumidores. Assim, eles se sentirão mais seguros sobre a sua companhiao que pode se desdobrar em um relacionamento a longo prazo.

Aproveite os vídeos corporativos para valorizar clientes e colaboradores, trazendo prestígio para a sua empresa.

8. Influencia a opinião do público

Já passou o tempo em que os clientes só se preocupavam com o preço, ações promocionais e a qualidade do produto. Os consumidores estão mais criteriosos.

Hoje eles também querem saber sobre como o produto é fabricado, além de respostas sobre questões sociais como preocupação com o meio ambiente, direitos civis e etc.

O vídeo institucional é uma oportunidade para a sua empresa reduzir a insegurança do público. Trate de questões como etapas da fabricação, mostrando aos seus consumidores a qualidade de produção do seu estoque.

Não deixe de se posicionar sempre, não só a respeito do bons resultados em vendas. Mostre que a sua marca também se preocupa com o meio em que vive. Isso corrobora em uma boa impressão para a empresa e fortalece o marketing boca a boca.

Quais são os tipos de vídeo institucional?

Pensando em todas essas propriedades, selecionamos abaixo alguns bons exemplos de vídeos institucionais, gerais ou de campanhas específicas, para você se inspirar. Confira a seguir:

1. Vídeo depoimento institucional

O depoimento é uma das melhores formas de realizar vídeos institucionais, já que aumenta a confiança do público e humaniza a marca.

Através dele, a empresa consegue coletar declarações da equipe, dos gestores e de clientes, mostrando que é parceira e amiga de todos com quem trabalha diariamente.

Também é válido chamar colaboradores antigos para dar depoimento. Isso mostra que a instituição tem carinho e boa relação com as pessoas que já fizeram parte de sua trajetória.

Há também o vídeo depoimento voltado para comerciais corporativos. São campanhas cuja a narrativa é construída com base nos olhares de pessoas, que, de alguma forma, fazem/fizeram parte da empresa e guardam experiências memoráveis com essa instituição.

Acompanhe como a Google se utiliza desse recurso a seu favor de forma simples, mas exata.

2. Vídeo institucional social

Esse modelo de campanha institucional visa inserir a marca no meio social, mostrando a audiência o seu comprometimento com questões amplamente discutidas pela opinião pública.

Em outras palavras, a marca atesta o seu valor ao informar o público sobre os seu serviços prestados na sociedade. Esses serviços podem ser programas sociais, ou até mesmo o papel da empresa na economia e fomentação de emprego.

Acompanhe o vídeo feito para a marca de lápis Faber Castell.

3. Vídeo institucional cultural

Essa campanha não diz respeito somente a incentivos culturais, e sim à cultura do próprio negócio.

Quais são os hábitos dessa empresa que valem a pena ser compartilhados? Essa empresa tem uma política que presa pela diversidade dentro do seu corpo de trabalho?

O vídeo institucional cultural é o espaço ideal para empresa defender seu ponto de vista, tendo como base suas motivações e ideias essenciais.

Veja como a Catho, site de vagas de emprego, desenvolveu esse recurso em sua campanha.

4. Vídeo institucional animado

Esse modelo pode ser uma alternativa importante para empresas que ainda não tem orçamento para contratar uma produtora.

O vídeo institucional animado exige menos demanda, podendo ser apresentado em formatos reduzidos. São grandes aliados de conteúdos que exaltam apenas um setor de uma empresa, ou vídeos informativos.

Por isso, os vídeos animados também combinam com tabelas e gráficos que resumem informações de forma mais dinâmica.

Confira a animação produzida para a empresa Marina Carvalho Arquitetura.

5. Vídeo endomarketing

Os vídeos de endomarketing são normalmente utilizados pelas empresas como forma de abordagem do mercado e para o uso no ambiente interno das corporações.

Eles têm como objetivo motivar, inspirar e desenvolver habilidades dos funcionários, estimulando-os à melhoria interna e competitiva da empresa.

Veja o exemplo abaixo, produzido para o grupo Santander:

6. Videoaula

As videoaulas auxiliam no processo de educar os clientes da marca.

Elas ajudam o público a tomar decisões com mais segurança, além de sanar dúvidas que podem surgir durante o processo de vendas – ou até mesmo no pós venda.

Veja só o exemplo aqui da VidMonsters:

7. Treinamento corporativo

Com o mercado de trabalho cada vez mais competitivo, os profissionais e gestores precisam se destacar para mostrar as qualidades que a empresa onde trabalham possui.

Por isso, um jeito simples e fácil de fazer os vídeos institucionais com uma pegada B2B são os treinamentos corporativos.

Além de levar um conteúdo de qualidade para outras pessoas com interesse no produto que você está ofertando, é uma excelente maneira de mostrar os pontos de maior destaque da empresa, atraindo assim, mais e mais pessoas interessadas em seu produto.

8. Transmissão ao vivo

As transmissões ao vivo mostram a energia real do que está acontecendo na empresa. Além disso, podem apresentar como funciona a rotina de trabalho, os lugares mais divertidos da corporação e quais são os diferenciais dessa empresa dentro do segmento no mercado.

Para fazer esse tipo de conteúdo, a empresa pode usar as redes sociais, ou até mesmo o canal no YouTube. Isso dependerá do público-alvo, ou seja, quem você deseja atingir.

Lembre-se de escolher uma pessoa animada e desinibida, pois a Live precisa ser contagiante e transmitir uma energia boa para os seguidores.

9. Parcerias com influenciadores

Convide pessoas públicas (digital influencers) para conhecer a empresa. Elas têm um poder de comunicação incrível e podem ajudar a instituição a conversar com o público-alvo desejado.

Lembra-se do caso da Coca-Cola que citei acima? Então, que tal seguir a mesma ideia da marca e convidar um grupo de pessoas para visitar a empresa?

Além de ser um jeito diferente; essas pessoas podem fazer postagens em redes sociais que vão ajudar a divulgar involuntariamente a imagem que passou a eles. Capriche na recepção dos convidados, pois a primeira impressão é realmente a que fica.

Como fazer vídeo institucional?

Como vimos, o vídeo institucional é uma poderosa ferramenta de comunicação. Quando bem utilizado, ajuda a fortalecer a imagem da marca junto ao público e colaboradores.

Mas o que é preciso para criar um bom vídeo corporativo? Para ajudar você nesse processo, separamos os 9 passos fundamentais na produção de um conteúdo desse tipo. Veja só:

1. Tenha um objetivo

Antes de mais nada, você precisa ter em mente qual o objetivo do seu vídeo institucional.

A intenção é apresentar a empresa e seus principais produtos e serviços? Ou fortalecer a imagem do seu negócio junto ao público?

Defina qual a meta que você espera alcançar com a divulgação do vídeo e dedique o conteúdo a ela.

Sem ter um objetivo definido, ficará difícil estabelecer quais as próximas ações deverão ser feitas pela sua equipe.

2. Defina o público-alvo

Além do objetivo, outro aspecto essencial em qualquer produção audiovisual é a definição do público-alvo do vídeo. Quem você espera atingir com esse conteúdo? Potenciais clientes da marca? Colaboradores e parceiros estratégicos? O mercado B2B?

Para que essa tarefa fique mais fácil, procure definir as personas do seu empreendimento. Elas permitem identificar qual o tom de voz do material, o tipo de conteúdo e os canais mais adequados.

Afinal, não adianta produzir um vídeo super arrojado se ele não estiver alinhado com o seu público-alvo. Por melhor que o conteúdo seja, ele não vai conversar com a audiência e não trará os resultados esperados.

3. Elabore um roteiro

Depois de estabelecer uma meta e definir o seu público, é hora de planejar todos os detalhes do seu vídeo. E para isso, nada melhor do que elaborar um roteiro de vídeo. Esse documento especifica tudo o que será feito durante a produção do conteúdo.

Movimentos de câmera, falas, legendas, transições e até efeitos visuais são detalhes que precisam constar em um bom roteiro de produção.

Além de servir de guia durante a gravação, ele ainda orienta o trabalho de pós-produção, permitindo que o produto final esteja mais alinhado com o que foi planejado.

4. Faça um cronograma

Além do roteiro, não deixe de criar um cronograma de vídeo. Esse documento permite colocar em ordem todas as ações e tarefas necessárias para produzir o seu conteúdo.

Um bom cronograma especifica quais atividades serão feitas a cada dia, com os prazos estimados e seus respectivos responsáveis. Dessa maneira, você consegue ter mais controle sobre o conteúdo e alocar os recursos necessários para cada etapa.

5. Separe os equipamentos de áudio e vídeo

Com o cronograma em mãos, é hora de preparar os últimos detalhes para dar o pontapé inicial da sua produção. Agora que você já sabe quais os recursos serão necessários, separe todos os equipamentos de vídeo que serão utilizados.

Câmeras, microfones e iluminação são apenas alguns deles. Dependendo do tipo de conteúdo e das necessidades da sua marca, ferramentas adicionais podem ser necessárias.

Deixe tudo na posição certa e realize testes com antecedência para ter tempo de trocar algum equipamento defeituoso.

6. Grave!

Tudo pronto? Então é hora do show! Com o roteiro em mãos, acenda as luzes,ligue a câmera e comece a gravar os seus vídeos.

Siga o planejamento à risca e não tenha medo de errar. Se for preciso, basta gravar a cena quantas vezes forem necessárias. Depois de finalizar a gravação, organize o ambiente e guarde todos os equipamentos corretamente para que nada seja perdido.

7. Hora da edição

Após as filmagens, é provável que você tenha muitas horas de vídeo bruto. Esse material ainda não está adequado para ser divulgado.

E é aí que entra a edição de vídeo, responsável por deixar o material gravado igual ao que foi planejado.

Durante esse processo, as melhores tomadas são selecionadas e, de acordo com as indicações do roteiro, efeitos de transição, cortes e legendas são inseridos.

8. Divulgue o produto final

Não adianta criar um vídeo fantástico, cheio de efeitos e recursos de primeira, se ninguém for capaz de encontrá-lo, né? Por isso, procure divulgar o seu conteúdo nas principais plataformas e canais da internet.

Nesse momento, vale publicar o vídeo nas redes sociais, disparar para os inscritos via email marketing ou postar no blog da companhia. Só não se esqueça de verificar quais os canais mais utilizados pelo seu público-alvo e em quais horários eles estão conectados.

9. Acompanhe os resultados

Não pense que o trabalho acaba com a publicação do seu vídeo. É fundamental acompanhar de perto os resultados da sua campanha!

Para saber se o conteúdo está atingindo os objetivos, estabeleça quais métricas precisam ser monitoradas. Fique de olho em dados como engajamento, tempo médio assistido, taxa de abandono, entre outros.

Essas informações darão uma noção do desempenho do conteúdo e o que precisa ser corrigido nas suas próximas campanhas.

5 dicas para fazer vídeos institucionais de sucesso

Produzir conteúdos de boa qualidade faz com que eles se tornem memoráveis e tragam resultados positivos para produtores e anunciantes. Em tempos de internet, os vídeos podem até se tornar virais e conquistar mais clientes, parceiros e admiradores para a empresa.

Para ajudar você a organizar melhor as suas ideias na hora de criar uma campanha institucional, separamos algumas práticas:

1. Planeje tudo

Sim, nós já explicamos que planejamento é fundamental para um conteúdo de sucesso. Mas não faz mal reforçar esse ponto!

Planeje cada ação necessária para a produção do seu vídeo institucional. Desse modo, você terá mais clareza na hora de repassar todas essas informações concisas para o briefing.

Lembre-se de definir bem quais são os seus interesses, evitando que eles não sejam mal interpretados quando a campanha for produzida. Organização é sempre primordial.

2. Seja breve e objetivo

Determine o objetivo de sua produção e qual será o seu conteúdo, como apresentar toda a instituição ou apenas um serviço/segmento em específico, por exemplo.

Estabeleça cada elemento que irá compor o vídeo, como seu público-alvo, meios de divulgação, como será feita a gravação, etc. O vídeo deve ser objetivo e conciso, contendo apenas as informações necessárias e sem excessos para não perder a atenção do público

3. Abra as portas da empresa

Todos os valores pensados na hora de construir a empresa devem ser externalizados nesse vídeo. As campanhas corporativas são o espaço adequado para a marca se posicionar perante a sua audiência, clientes e colaboradores.

Portanto, não se esqueça de nenhum princípio da sua instituição que possa agregar mais prestígio ao seu negócio. É hora de fortalecer a sua identidade visual!

Mostre as instalações, escritórios, linha de produção e, claro, a sua equipe. Ao dar uma cara e uma voz para os seus produtos e serviços, a marca também estimula a identificação do público.

4. Use pessoas-chave

Como mencionado em passagens anteriores, vídeos depoimento são um braço das campanhas institucionais. Se a sua empresa tem aquele cliente fiel desde seu início, ou colaborador que acompanhou o desenvolvimento da sua marca, aproveite-os em sua campanha!

Nada melhor que um bom discurso para transmitir a sensação de longevidade e comprometimento da empresa para com seus colaboradores a clientes.

5. Conte uma história

Conteúdos em vídeo excelentes ferramentas para emocionar e engajar o público. E a melhor maneira de fazer isso é contando uma história, processo conhecido como storytelling.

Contanto a história da empresa, como ela se desenvolveu, os desafios enfrentados, heróis e heroínas que passaram por ali, e, por fim, no que ela se transformou atualmente!

Aposte em narrativas simples e envolventes, que reforcem a mensagem central de forma fluida e curta, mas instigante.

Conclusão

O vídeo institucional é uma ferramenta bastante utilizada no mundo corporativo. Por meio de conteúdos audiovisuais, empresas de diversos segmentos são capazes de reforçar a identidade da marca, engajar o público e apresentar informações mais objetivas.

Mas para alcançar os objetivos esperados, é fundamental planejar todas as etapas de produção do vídeo. Fazendo isso, fica mais fácil corrigir eventuais erros e entregar um conteúdo alinhado com os interesses da audiência.

Seguindo as nossas dicas, você será capaz de produzir um vídeo institucional de qualidade e fortalecer a sua marca. Mas não pare por aí. Clique aqui e conheça mais 11 tipos de vídeo para que a sua empresa tenha mais sucesso.