Loading Posts...

Quem aposta em estratégia de marketing digital sabe da importância de estar presente em todos os estágios de compra do cliente e desenvolver conteúdos relevantes para cada etapa. Nesse sentido, incluir o vídeo marketing no funil de vendas é fundamental para aumentar as conversões.

A internet mudou profundamente os hábitos dos consumidores e das empresas. Se antes da web os negócios eram feitos na base do boca a boca e da publicidade, hoje em dia tudo acontece com um toque na tela do smartphone.

Essa transformação no consumo também modificou o jeito como o marketing é pensado. É fundamental mapear a jornada de compra do futuro cliente e entregar os conteúdos que os consumidores querem e na hora em que eles precisam.

Um dos formatos de conteúdo queridinhos dos profissionais de marketing é o vídeo. Com ele, é possível engajar os clientes em todas as etapas da jornada de compra, fortalecendo o relacionamento e aumentando as chances de fechar negócios.

Mas como introduzir o vídeo marketing no funil de vendas com eficiência? Que tipo de vídeos produzir? Quais os melhores canais de divulgação?

Se você quer uma resposta para essas dúvidas, não se preocupe, continue lendo este artigo!

Acompanhando seu cliente a cada passo

Como você já sabe, o caminho percorrido por uma pessoa até o momento de fechar um negócio é chamado de jornada de compra. Ela é composta por quatro etapas:

  • Descoberta; a pessoa não sabe ou não tem certeza de que possui um problema ou que precisa do seu produto/serviço.
  • Reconhecimento; o cliente tem acesso à informações que o fazem reconhecer que possui um problema.
  • Consideração; ao admitir que tem um problema, a pessoa começa a procurar por uma solução que se encaixe em suas necessidades.
  • Decisão; após analisar diversas opções, o consumidor finalmente decide pela compra.

A partir do mapeamento dos hábitos de consumo do seu cliente ideal e com base em seu comportamento na internet, é possível definir em que momento da compra uma pessoa se encontra.

De posse dessa informação, fica mais fácil traçar estratégias para guiá-la até a conclusão do negócio.

Sabendo em qual etapa da jornada de compra o consumidor está, a equipe de marketing pode produzir conteúdos direcionados às suas necessidades. Isso é importante porque alguém que se encontra na etapa de descoberta exige uma abordagem diferente de quem já está na fase de consideração ou decisão.

Afinal, não adianta oferecer um produto para alguém que ainda não conhece as mercadorias da sua empresa. Além de perder uma possível venda, ainda existe o desperdício de tempo e recursos.

Muitas empresas já realizam esse processo, chamado de atração e nutrição de leads, através de textos e imagens.

Mas existe uma estratégia mais eficiente e que traz mais resultados: incluir o vídeo marketing no funil de vendas.

O papel dos vídeos na sua estratégia de marketing de conteúdo

O conteúdo em vídeo vem se tornando o formato queridinho das empresas em suas estratégias de marketing. E não é difícil entender o motivo.

Os vídeos são, por natureza, mais atraentes e fáceis de serem consumidos e compreendidos.

Eles também são extremamente compartilháveis – quem não adora compartilhar vídeos engraçados nas redes sociais?

Além disso, esse formato é mais responsivo, se adaptando a todos os formatos de tela e dispositivos. O cliente pode assistir ao seu vídeo em casa, em um notebook, ou no transporte público, na tela do smartphone.

Separamos alguns dados que confirmam o poder dos vídeos:

  • De acordo com a Cisco, em 2020 os vídeos serão responsáveis por 82% de todo o tráfego de internet no mundo;
  • Cerca de 90% dos compradores online afirmam que os vídeos ajudam na hora de decidir pela compra de um produto;
  • Publicações de vídeos em redes sociais geram um engajamento até 1200% maior do que um post com link ou texto, segundo a Brightcove;
  • O YouTube afirma que o consumo de vídeos online através de dispositivos móveis dobra a cada ano;
  • Em uma pesquisa da Hubspot, 55% dos entrevistados afirmaram que prestam mais atenção a vídeos do que outros formatos;
  • Os vídeos diminuem as taxas de rejeição. Páginas com, pelo menos, um vídeo aumentam em até 2 minutos a permanência dos usuários.
  • Incluir vídeos em uma landing page pode aumentar em até 80% as taxas de conversão.

Ou seja, ao usar o vídeo marketing no funil de vendas, você se comunica com mais eficiência com o seu cliente, estreitando os laços e aumentando as oportunidades de vendas!

Mas para alcançar os resultados esperados, é preciso saber como utilizar esse formato de maneira estratégica.

Como incluir vídeo marketing no funil de vendas

Você já deve ter se convencido dos benefícios que usar o vídeo marketing no funil de vendas pode trazer para a sua empresa. Mas agora deve estar se perguntando: como fazer isso corretamente?

É mais simples do que parece!

Em cada etapa da jornada de compra o potencial cliente da sua marca possui necessidades diferentes e, por isso mesmo, precisa de informações e conteúdos diferentes. Dessa forma, mapear corretamente cada uma dessas fases ajuda a produzir materiais melhor direcionados e a nutrir os leads com mais eficiência, agilizando o processo de compra.

A seguir, confira os formatos de vídeos mais indicados para cada uma das quatro etapas:

Aprendizado e descoberta

Esse estágio representa o primeiro contato entre os seus potenciais clientes e a sua marca.

O seu objetivo aqui é atrair essas pessoas e oferecer informações de qualidade para que, mais para frente, elas percebam que têm um problema ou uma oportunidade de negócio.

Tenha em mente que, neste primeiro momento, os conteúdos produzidos não devem falar abertamente sobre sua empresa. Nessa etapa, o vídeo marketing no funil de vendas deve abordar as necessidades e problemas que os visitantes possam ter, de maneira mais abrangente.

Nesse sentido, alguns formatos de vídeo são mais indicados para a fase de descoberta:

Vídeos explicativos

Como o próprio nome sugere, o vídeo explicativo ensina e explica algo para o usuário. E como o seu público ainda está descobrindo que tem um problema, é uma ótima maneira de guiá-lo pela jornada de compras.

Explore assuntos relacionados às necessidades do dia a dia das pessoas, mas ainda sem promover a sua empresa.

Veja abaixo o vídeo de Paulo Vieira, onde ele dá 5 dicas de como melhorar sua vida financeira:

No fim do conteúdo, ele insere um CTA convidando o espectador a se inscrever no canal para receber mais conteúdos sobre o tema.

Vídeos virais

São vídeos publicitários que ganham repercussão quase instantânea na internet. Quando o marketing viral é bem planejado e executado, é capaz de divulgar a marca com muita rapidez, fazendo o público se interessar pela empresa, seguir os seus canais e acompanhar os seus conteúdos.

Um excelente exemplo de vídeo viral é o comercial feito pelo CCAA, usando o meme “para nossa alegria”. Apenas a logo da empresa é mostrada de forma sutil, mas nenhum produto é apresentado.

Reconhecimento do problema

Agora que o usuário já teve um primeiro contato com os conteúdos da sua companhia, ele começa a desconfiar que tem um problema ou necessidade. Mas calma, ainda não é hora de vender!

Ao invés disso, procure oferecer materiais focados na dor que ele enfrenta. Assim ele desperta para o problema e pode caminhar pelo funil de vendas. Nessa fase, alguns tipos de vídeos são essenciais:

Webinar

Os seminários online são ótimas maneiras de abordar os problemas enfrentados pelos potenciais clientes da sua marca. E como permitem a interação entre os participantes, ainda aumentam o engajamento e fortalecem a autoridade da sua empresa.

Abaixo, temos um exemplo de webinar do Google for Education.

Vídeos Q&A

Nos vídeos de perguntas e respostas os usuários enviam dúvidas e a sua empresa responde, mostrando que tem competência e autoridade. Vídeos nesse formato podem ser transmitidos ao vivo ou gravados em estúdio.

No vídeo abaixo, você pode ver um Q&A feito pelo canal RetroSnickers em parceria com a adidas.

Consideração da solução

Após ler e pesquisar muito, o internauta admite que tem um problema e agora busca por uma solução. Mas nesse caso, existem milhares de produtos na internet.

Neste momento, o objetivo de usar o vídeo marketing no funil de vendas é mostrar para ele que as soluções da sua empresa são melhores e mais confiáveis.

Alguns formatos de conteúdo vão ajudar a estabelecer esse diálogo com o seu lead, como:

Vídeos de demonstração de produtos

Essas demonstrações servem para mostrar como um produto ou serviço funciona, as características e funcionalidades.

É o melhor momento para mostrar porque as soluções da sua marca podem ajudar as pessoas a resolverem os problemas.

Uma boa ideia é realizar comparativos entre as diferentes opções disponíveis no mercado, aproveitando para explorar o valor agregado e as vantagens que só a sua empresa pode oferecer.

Como exemplo, temos o vídeo da Polishop, que compara sua Airfryer com as da concorrência:

Vídeos comerciais

O vídeo comercial é um dos formatos mais tradicionais de publicidade e serve para mostrar aos leads como o seu produto se diferencia dos concorrentes.

Abuse de efeitos audiovisuais e do storytelling para encantar o público e fazê-lo avançar para a próxima e última etapa.

Um exemplo inesquecível é o do chocolate Twix:

Decisão de compra

Finalmente o cliente chegou à última fase em sua jornada em direção à compra. Na etapa de decisão é importante criar conteúdos que reforcem os diferenciais dos seus produtos em relação aos concorrentes.

Após assistir aos seus conteúdos, ele precisa ter certeza de que as soluções da sua marca são a escolha certa! E o uso correto do vídeo marketing no funil de vendas é capaz de convencê-lo. Assim, dê preferência em produzir conteúdos nos seguintes formatos:

Vídeo case

Mostrar os casos de sucesso da sua companhia ajudam a fidelizar clientes e fechar novos negócios.

Abuse da criatividade na hora de mostrar como a sua marca resolveu o problema de algum cliente. Conte histórias que emocionam e encantam, ao mesmo tempo em que instigam o espectador a querer mais.

Para ilustrar, selecionamos o vídeo case da marca Reserva:

Vídeos depoimentos

Nada dá mais credibilidade para uma companhia do que ver clientes reais compartilhando suas histórias. Quem tinha dúvidas dos reais benefícios dos seus produtos, não vai hesitar na hora de comprar!

No vídeo abaixo, você verá o depoimento do tatuador Rangel, sobre seu estúdio produzido pela Orgânica Design:

Vídeos institucionais

A etapa de decisão é o melhor momento para apresentar sua empresa para o público.

Conte um pouco da história do seu negócio, mostre a linha de produtos, posicionamento, objetivos e os valores da companhia.

Os consumidores ficarão mais confiantes em fechar negócio conhecendo mais um pouco sobre a sua marca.

Confira abaixo o vídeo institucional da marca Dell:

Apostar no uso do vídeo marketing no funil de vendas pode ajudar a sua marca a se destacar no mercado e alcançar mais resultados.

Seguindo as nossas dicas, você terá mais facilidade em nutrir e guiar os seus leads pela jornada de compras!

Quer saber mais sobre estratégias de vídeo marketing? Então clique aqui e acesse o nosso guia completo sobre o tema.

Redação VidMonsters

Loucos por marketing e vídeos!