Loading Posts...

O Video Marketing deixou de ser o futuro da internet. Ele já é o presente faz algum tempo. Os videos, como você já sabe, mudaram definitivamente a forma de consumir conteúdo na internet. Com certeza, essa informação não é uma grande novidade para você. Mais de 3 bilhões de horas em video são assistidas todo mês no Youtube, o segundo buscador mais acessado do mundo. Da mesma forma, mais de 100 milhões de horas de video são assistidas diariamente no Facebook.

E não para por aí. 82% dos usuários do Twitter (não, ele não morreu!) assistem conteúdos em video (achou que era só um micro-blog, né?) nessa plataforma. Isso porque o queridinho do momento, ele mesmo, o Instagram, já ultrapassou o Snapchat com seu Stories com seus mais de 250 milhões de espectadores diários (versus 166 milhões do Snap).

Não restam dúvidas que o futuro (o presente, né?) é em video, certo? Pois é. Falando nisso, logo ali em 2020, mais de 80% de toda a internet será só de videos. 

Bom, depois desse rolo compressor de estatísticas sobre Video Marketing, deixa eu te contar um pouco mais a respeito e também ajudar você a entrar nesse universo extremamente necessário para o sucesso e evolução dos seus negócios e da sua receita 😉

O que é Video Marketing

Video Marketing significa fazer Marketing usando videos. Na prática, é você desenhar e aplicar suas estratégias de marketing por meio de videos.

Para você entender o quanto Video Marketing é importante para seu negócio, times de marketing que usam videos em suas estratégias crescem o faturamento da empresa 49% mais rápido que aquelas que não estão usando video em suas estratégias de marketing.

O Video Marketing vem ganhando uma relevância absurda nos últimos anos. Tanto que quase 52% de todos os times de marketing do Planeta Terra afirmam que video é o tipo de conteúdo que entrega o melhor ROI (Retorno sobre investimento). Além disso, quase 50% da galera de marketing irá incluir o Youtube em suas estratégias de conteúdo em 2018.

Por isso a importância de você entender melhor pra que o Video Marketing serve e como você pode aplicá-lo no dia a dia do seu negócio. Cola em mim:

Para que serve

Video Marketing te serve muito bem para contar histórias (o famoso Storytelling), fortalecer o seu branding (vulgo sua marca), crescer o impacto/barulho que sua marca gera (ou awarness), fazer aquele “viralzinho“, videos de demonstração ou tutoriais, videos de “como faz”, como o Giz de Segunda, por exemplo, transmissões ao vivo (webinar, live no Facebook ou Youtube, etc) entre outros semelhantes.

Cada tipo de conteúdo tem uma função diferente e, igualmente, tem uma capacidade diferente de impactar seus clientes potenciais e o respectivo estágio do funil que ele se encontra. Por isso, é importante que você conheça não apenas esses formatos que citei (e outros mais), mas também o impacto e onde ele se encaixa no seu funil.

1) Videos de demonstração

Videos de demonstração mostram como seu produto funciona. É tipo um tour rápido pelas principais funcionalidades e problemas que ele resolve. Videos de unboxing e que mostram o funcionamento de um produto específico também podem entrar nessa “categoria”.

2) Videos Institucionais

Videos institucionais são usados para fortalecimento da marca, apresentação da visão, missão, valores, produtos e serviços. O objetivo de vídeos assim é construir autoridade ao redor da marca.

3) Entrevistas/Q&A ou FAQ

Esse modelo funciona de forma simples, como, por exemplo, trazer especialistas e líderes de um determinado segmento para pequenas entrevistas, perguntas e respostas e afins. Isso gera uma bela confiança e autoridade para sua marca frente sua audiência.

4) Videos educacionais (Universidade XPTO) ou Vídeos de “como faz”

Videos “como faz” podem ser usados para ensinar podem ser usados para construir um conhecimento mais fundamental ao redor da sua marca. Classifiquei aqui as Universidades, algo que também está em alta.

Se você embarcar mais profundamente nesse tema, temos alguns exemplos de certificações e semelhantes, o que, novamente, aumenta sua autoridade num segmento específico e ajuda muito na criação e manutenção uma comunidade bastante fiel a sua marca.

5) Video Cases ou Videos de Depoimentos

Seus clientes em potencial querem saber se seu produto vai resolver o problema deles. Uma das melhores maneiras de demonstrar isso é mostrar um caso de sucesso. Isso controi uma confiança muito forte em torno da sua marca, especialmente quando você apresenta clientes felizes, satisfeitos e fiéis. Esse tipo de cliente é a melhor propaganda do seu negócio.

6) Transmissão ao vivo ou Live (Webinar e afins)

Transmitir um video ao vivo é um formato fantástico para, por exemplo, mostrar o dia a dia do seu negócio, tipo bastidores mesmo. Ao transmitir entrevistas e fazer webinars, busque sempre gerar interações entre o público que está assistindo e você, como com perguntas, por exemplo.

7) Mensagens Personalizadas

Gravar um vídeo criativo e pessoal para prosseguir com uma negociação é uma excelente forma de chamar atenção de uma pessoa. Por exemplo, ao invés de mandar apenas um PDF com uma proposta, você pode gravar sua tela e sua webcam apresentando uma proposta mais personalizada, usando termos do seu cliente em potencial, o nome dos envolvidos no negócio, etc.

Por que agora?

Você percebeu que eu estou meio “freak” com métricas, né? Mas aposto que você também considera importante apresentar, em dados, o quão importante é investir em Video Marketing agora:

  • Já te contei logo menos que videos serão mais de 80% de todo o tráfego da internet até 2020. Em 2017, foram aproximadamente 74%;
  • Usar video nas suas estratégias de e-mail marketing podem crescer seus cliques entre 200 a 300%;
  • Embedar videos em landing pages pode crescer suas conversões em, aproximadamente, 80%;
  • 90% dos clientes afirmam que videos os ajudam a tomar decisão na hora da compra;
  • Segundo o próprio YouTube, videos consumidos no celular crescem 100% por ano;
  • 64% dos consumidores tendem mais a comprar um produto quando assistem um video sobre o mesmo(calma que eu tô acabando!);
  • 87% dos times de marketing digital estão usando conteúdos em video em suas estratégias de marketing digital;
  • Um terço do tempo que todas as pessoas gastam online é assistindo videos;
  • 59% das tomadores de decisão de uma empresa afirmam que preferem assistir um video a ler um artigo.

Por isso você precisa adotar vídeos em suas estratégias de marketing agora.

Graças a uma natureza, digamos, viral, e a facilidade de acessar e entregar um bom valor agregado, o video marketing se destaca muito como uma maneira de se aproximar dos seus clientes em potencial. É uma maneira incrível de criar e entregar um conteúdo mais pessoal e de impacto real para sua audiência. Sem contar que é possível se aproximar de forma espetacular quando o assunto é vendas. Clientes em potencial querem se sentir bem quanto a sua decisão e, certamente, o video marketing feito direitinho é o melhor meio para gerar esse sentimento.

Voltando para mais alguns dados, veja esses benefícios que o Video Marketing é capaz de gerar. Vou retomar dos mais metrificáveis:

  • O video te ajuda a se conectar melhor com sua audiência. Atualmente, times de marketing se esforçam muito em criar e consolidar confiança e autoridade. Video é a ponte que conecta o que você diz com aquilo que você é, permitindo que consumidores entrem “por trás da cortina” e conheçam sua marca mais a fundo;
  • Video é uma mina de SEO, te ajudando a construir backlinks para o seu site ou blog, acelerando curtidas e compartilhamentos (que afetam os rankings dos buscadores), conduzindo mais tráfego para seu domínio. E não se esqueça que o Youtube pertence ao Google, então garanta que seus alguns de seus conteúdos também sejam publicados videos por lá, usando tags e palavras-chave nas frases, ok?
  • Videos aumentam a retenção da informação. Se um cliente seu apens ouve algo, ele possivelmente reterá por volta de 10% do que foi ouvido após três dias. Em contra partida, se ele ouve algo, acompanhado de imagens relevantes, essa retenção de conteúdo cresce para uma média de 65% após os mesmos três dias;
  • Títulos de e-mails que incluem a palavra “video” crescem, em média 19% sua taxa de abertura e aumentam para, aproximadamente, 65% seus cliques.

Geração de Resultados (ROI/Leads)

Acho que dei muitos motivos para você considerar Video Marketing agora, certo? Bem, vamos para algo que certamente te interessa. Será que esse uso de videos gera resultados ou é só modinha? Tres tipos diferentes de pesquisa confirmam que Video Marketing é um negócio sério e veio pra ficar. Segundo a pesquisa do Aberdeen Group:

A pesquisa dos amigos da Animoto sugere que 76,5% dos times de marketing e pequenas empresas estão alcançando bons resultados com video marketing. Da mesma forma, Wyzowl fez uma pesquisa chamada State of Video Marketing que mostra que:

  • 83% daqueles que usam video afirmam obter um bom ROI e 82% acreditam que os videos são parte chave de suas estratégias;
  • Daqueles que não estão usando video, 73% compraram algum produto após assistirem um video;
  • 97% dos negócios que usam videos explicativos afirmam que isso auxilia usuários a entender melhor os seus respectivos negócios;
  • 94% das empresas veem video como uma ferramente efetiva;
  • Entre os participantes da pesquisa, 81% viram o aumento de vendas e 53% tiveram diminuição no suporte (ou sucesso do cliente).

Dica de amigo: Não tem muito o que pensar quanto aos benefícios e geração de resultados ao utilizar video marketing no seu negócio. Definitivamente, vale a pena e se paga.

Estratégias de Video Marketing

Não vou escrever um guia definitivo sobre estatégias de Video Marketing porque nós já temos um! Mas, claro, vou passar pelos pontos mais fundamentais para você ter uma boa base a respeito, pode ser?

Conheça seu segmento e sua audiência

Antes de começar uma estratégia de video marketing, é essencial que você conheça do seu segmento, tenha suas personas, saiba exatamente com quem você está falando. Uma vez que você já realizou as pesquisas necessárias, entrevistou clientes, analisou todos os dados e os interpretou cuidadosamente, dá pra começar a pensar nos objetivos que sua estratégia de video marketing quer alcançar.

O que você pode pensar como possíveis objetivos com video marketing (alguns, pra você pensar):

  • Ajudar seus clientes a aprender algo novo e relevante;
  • Ensinar sua audiência a usar seu produto;
  • Responder perguntas frequentes e aconselhamentos para diminuir o volume de suporte;
  • Construir autoridade e personalidade da sua marca;
  • Crescer nichos específicos da sua audiência, como inscritos no blog, seguidores, etc;
  • Construir e apresentar a cultura da sua empresa e torná-la atrativa para novos integrantes do seu time.

Certifique-se que cada video entregue uma mensagem única (famoso foco)

Num momento onde sobra conteúdo na internet, é necessário ter foco. Não adianta falar mil coisas num video só. Ou tentar abraçar o mundo com um formato, por exemplo. É necessário foco e disciplina para entregar uma mensagem centrada, objetiva e específica por meio dos seus conteúdos em video.

Para não começar falando de uma coisa e terminar falando de outra, sugiro que você faça roteiros para cada video que for gravar. Além disso, tenha uma ideia dos conteúdos anteriores e de quais serão os próximos, para não repetir as mesmas coisas e dispersar a sua audiência.

Inclua, O-B-R-I-G-A-T-Ó-R-I-A-M-E-N-T-E CTAs nos seus videos

Cada video que você produz precisa ter um objetivo muito claro. Se você quer alcançar a meta da sua estratégia de video marketing, é essencial atrelar CTAs claros aos seus videos. O que isso significa? Significa que você deve trabalhar seus videos junto a conversões, como uma captura de lead, um botão de download de um ebook, um meio de pagamento e assim por diante.

Para desenvolver uma estrategia de video marketing de sucesso leva um tempo. Então você precisa seguir seu planejamento com com disciplina para alcançar seus resultados. É preciso testar formatos, tamanho do video, títulos, descrição, etc. Se você não separar tempo e dedicação para isso, dificilmente conseguirá alcançar a performance que deseja.

Fiz esse comentário justamente porque você precisa não apenas incluir CTAs nos videos, mas testar. E muito. Variar, trocar, mudar frases até achar as melhores conversões para os seus conteúdos em video. Não se esqueça. As pessoas podem estar curtindo muito todo o conteúdo que você produz, mas se você não oferecer para eles um próximo passo, dificilmente eles avançaram no seu funil.

O seu Call To Action (CTA) pode ser simples. Não precisa ser nada complexo. Foque bem na sua persona, no tipo de conteúdo produzido (se é pra topo, meio ou fundo de funil, por exemplo) e nos canais que você está utilizando para distribuir esse video.

Tenha um calendário de publicações

De novo. Disciplina é mais importante que talento ou qualidade. Não adianta nada você produzir videos mais perfeitos que Hollywood, mas não cumprir uma agenda de publicações. Você precisa necessariamente desenhar uma agenda de publicações, seja semanal, quinzenal ou até mesmo diária. Mas lembre-se, você precisa cumprir isso. Se você não o fizer, dificilmente você vai bater as metas e objetivos que tiver definido.

Minha dica aqui é que você prepare seus conteúdos com o máximo de antecedência possível. Nós tentamos produzir conteúdos para um trimestre inteiro ou algo parecido com isso. Ou seja, a gente sempre busca estar bem adiantado com a produção de conteúdos, seja texto ou video. Tudo para planejarmos melhor, fazermos os agendamentos corretamente, ter conteúdo nas datas propostas, manter uma constância. Isso faz toda diferença e é um pré-requisito para suas estratégias de marketing digital darem certo, pode ter certeza.

Produção de conteúdo

Produção de conteúdo já foi algo caro. Hoje você pode produzir um conteúdo em video de alta qualidade gastanto pouco ou nada. Desde seu smartphone que grava em Full HD ao microfone do seu fone de ouvido, equipamentos já não são um problema. Ainda sim, vamos dar uma navegada por equipamentos, iluminação e alguns conceitos básicos só pra garantir que você vai fazer bonito, beleza?

Equipamentos básicos

Vou passar por alguns tipos de equipamentos que são essenciais. Pra começar, preciso te lembrar que 50% do seu video é o próprio video e os outros 50% são seu áudio. Leve bastante a sério fazer um bom enquadramento, com uma boa iluminação e um bom áudio. É sério, você vai ver o quanto isso faz diferença.

  • Câmera: Nós usamos uma T3i da Canon. Você pode usar qualquer modelo de câmera, não tem problema. Como disse antes, até um smartphone pode ser uma boa fonte.
  • Microfone: Nós compramos um lapela de R$10 no Mercado Livre 🙂  Funciona super bem. No nosso caso, ligamos ele num H4n, da Zoom, mas você pode ligar direto na câmera, se for o caso.
  • Luz: Aqui na firma a gente usa um par de Lightboxes. Caso você não tenha, busque gravar em lugares muito bem iluminados, beleza? Nada de ficar parecendo que você está na caverna do Batman. A menos que você esteja lá mesmo (me convide).

Desenvolvimento de um Roteiro

É super importante ter a noção clara daquilo que você quer gravar. Portanto, darei algumas dicas de roteiro para você.

  • Pesquise: Estude sobre o tema que você deseja falar. Procure referências gringas e nacionais. Anote as melhores sacadas e tente encaixá-las em alguma parte do conteúdo. Não estou te encorajando a apenas copiar o coleguinha, mas pegar as melhores ideias, adaptar e apresentá-as do seu jeito, beleza?
  • Texto: use o Google Docs, Evernote e afins para escrever seu texto. Busque usar frases mais diretas e tudo aquilo que facilite consideravelmente a compreensão do que você irá falar.
  • Imagens: Sim, imagens são importantes. Busque um bom enquadramento, um lugar massa para fazer essa gravação, boa iluminação e todos esses quesitos básicos. Faz toda diferença.
  • O roteiro é seu guia: Lembre-se, o roteiro é seu melhor amigo para não sair da linha. Tenha-o como seu melhor amigo 🙂

Se você quiser mais dicas de como desenvolver um bom roteiro, sugiro dar uma olhada nesse conteúdo onde damos muito mais detalhes 😉

Redes Sociais x Video Marketing

As redes sociais (ou “xoxal midia”) não são inimigas do Video Marketing. Muito pelo contrário! O lance é pegar o segredo de como usá-las a favor dos seus conteúdos em video. Para tal, é importante sabermos que publicar um video nativamente em uma rede social significa medir as informações desse conteúdo melhor.

Por exemplo: Se você apenas publicar o link de um video do Youtube dentro do Facebook, várias métricas que o próprio FB pode de fornecer vão pro ralo. Por isso, publicar o video nativamente no Facebook acaba sendo mais jogo. Além disso, videos nativos natualmente possuem um alcance maior que o exemplo que eu acabei de dar.

Outro ponto importante é considerar que cada rede social tem um público diferente (ou uma maneira diferente de se comunicar). O video que você publica no Youtube não necessariamente vai funcionar no LinkedIn. Até mesmo em questões de especificações. Um video para o Stories do Instagram tem que ter até 15 segundos. Para o feed, até 1 minuto. E isso varia de rede para rede.

Portanto, é importante você analisar o público, a linguagem da rede e as especificações técnicas antes de publicar esse conteúdo ali. Por exemplo: a maioria das redes tem autoplay e o video começa mudo. Você precisa produzir videos que chamem bastante atenção sem depender do som para estimular a audiência a ligá-lo. Outra dica é usar legendas nos videos, para permitir que seu público veja os videos sem ter que ativar o som… dentro do metrô, por exemplo <3

Conclusão

A dica de amigo é: Aplique Video Marketing nas suas estratégias. Provavelmente, você nunca viu nenhum artigo com tantos dados, números, pesquisas e fundamentações sobre a importância e o impacto que o uso de videos pode causar não apenas no ROI do Marketing, mas no faturamento do seu negócio.

Hoje, mitos foram quebrados. Produzir vídeos não é caro como parece. Incluir videos nas estratégias de marketing não é um parto. Videos podem ser bem reaproveitados como tanto quanto artigos, que viram ebooks, etc.

Rankear videos é uma realidade. É possível produzir videos e alcançar uma boa posição nos resultados de busca. Além disso, é um caminho maravilhoso de link building que não pode ser ignorado.

Os times de marketing que usam videos em suas estratégias estão satisfeitos, crescendo resultados cada vez mais e ajudando seus respectivos negócios a alcançar um patamar inédito.

Transmissões ao vivo estão cada vez mais comuns e acessíveis. Hoje, se comunicar por meio de um webinar, uma live no Facebook e afins é premissa de uma marca. E o custo é zero.

Video não é o futuro. É quase que um passado misturado com presente. Ou seja, o tempo do video já chegou e, quanto maior a demora para entrar de cabeça, maior a distância para aprender, aprimorar e realizar os ajustes finos para os melhores resultados.

Dá uma olhada no que fazemos aqui na VidMonsters, certamente pode te ajudar a dar os primeiros passos nessa jornada de videos nas suas estratégias de marketing:

Quem já começou, está super bem. Você também pode começar agora <3

  • Solda Fria Produções

    Faltou falar do VÍDEO ANIMADO EXPLICATIVO para empresas, como a http://www.soldafria.net faz . ?

  • Luan Nascimento

    muitooooooo bom mesmo. Ótimo conteúdo!! 🙂

  • Guilherme

    Como faço para ter uma demonstração e saber os planos?