Marcos Pereira
Por Marcos Vinicius

Descubra o que são Vídeos Explicativos e como eles podem beneficiar o seu negócio

Marcos Pereira
Por Marcos Vinicius

Alguma vez você já teve que explicar o seu produto, serviço ou empresa para alguém? Seja em uma reunião, seminário ou através de um e-mail, sabe o quanto essa tarefa pode ser difícil. Felizmente, com a ajuda dos vídeos explicativos, essa tarefa fica mais fácil.

Com a ascensão do Marketing Digital, grande parte dos consumidores e das marcas estão migrando para o ambiente virtual. Com isso, as transações passaram a ser feitas pela internet, por meio de e-mails, mensagens e chats.

Nesse contexto, surge um grande desafio: como explicar o funcionamento e as características de um produto ou serviço? Ou apresentar uma marca e seus valores de maneira clara?

A resposta está nos vídeos explicativos. Se você quer entender mais sobre esse tipo de conteúdo e como usá-lo em sua estratégia, veio ao lugar certo. Veja só o que você aprenderá:

O que é vídeo explicativo

Os vídeos explicativos são conteúdos que tem como objetivo explicar rapidamente uma proposta de valor e como ela pode transformar a vida do consumidor.

Geralmente, um vídeo explicativo é curto, com duração entre 45 segundos e 2 minutos, exceto em casos realmente especiais.

Esse curto intervalo de tempo é mais do que suficiente para dar o recado de maneira objetiva. E ainda garantir que o público não se canse e assista a ele até o fim.

Além disso, outra característica muito importante desse formato é que ele não é um vídeo institucional ou uma propaganda. O foco é apresentar uma solução e suas principais vantagens para a audiência.

Esse formato é muito versátil, servindo para diversas situações, como:

  • Educar o público sobre um novo produto/serviço que será lançado;
  • Tirar dúvidas;
  • Reforçar o posicionamento da empresa;
  • Criar um sentimento de conexão e aproximação;
  • Passar informações relevantes em pouco tempo.

Depois de assistir ao vídeo, a ideia é que o público se sinta mais confiante em seguir para o próximo passo e efetuar a compra.

Os benefícios dos vídeos explicativos

Além de ajudar os consumidores a avançarem pelo Funil de Vendas com mais agilidade, os vídeos explicativos apresentam outras vantagens. Confira abaixo as três principais:

1. Aumenta a taxa de conversão

O objetivo de qualquer ação de vídeo marketing é aumentar a conversão, seja de visitantes em leads ou leads em compradores.

E quando a audiência compreende de verdade tudo o que a sua marca e os seus produtos podem oferecer, não hesitam em decidir pela compra.

E os dados comprovam isso. Ao incluir um vídeo em uma landing page, a taxa de conversão aumenta em 85%, segundo a Unbounce!

Assim, lembre-se de inserir vídeos explicativos nas páginas de conversão da sua marca para alcançar resultados ainda melhores.

2. Atrai tráfego orgânico

Usar vídeos explicativos também pode ajudar a turbinar as ações de SEO (Search Engine Optimization) do seu site ou blog.

A razão? O Google AMA vídeos! Páginas que incluem pelo menos um conteúdo desse tipo saem na frente dos concorrentes e ranqueiam melhor nos resultados de busca.

Mas não pense que isso acontece apenas porque o Google é dono do YouTube. 72% dos consumidores preferem assistir a vídeos sobre algum produto do que ler um texto sobre ele.

Logo, os buscadores passaram a dar mais importância para os vídeos na hora de classificar uma página.

3. Aumenta a autoridade da marca

Pare por um momento e pense. Como fazer o público confiar de verdade no know-how da sua marca, especialmente se ela ainda está começando?

Simples, explicando de maneira clara e embasada qual a proposta de valor que ela oferece. E os vídeos explicativos, como já comentamos diversas vezes, é o melhor tipo de conteúdo para isso.

Quando uma empresa consegue passar informações relevantes e de maneira clara sobre a sua atuação, atrai a simpatia e interesse da audiência. Os consumidores passam a enxergar a marca como autoridade em seu mercado de atuação.

6 tipos de vídeos explicativos

Graças a todos os benefícios que citamos, os vídeos explicativos se transformaram em uma verdadeira tendência.

Mas não existe uma única maneira de produzir um conteúdo desse tipo. A seguir, você confere os diferentes formatos de vídeos explicativos e suas vantagens:

1. Depoimentos

O tipo de vídeo testemunhal ou vídeo depoimento é bastante comum e pode servir na hora de fazer negociações.

Como o próprio nome sugere, é um dos tipos de vídeos explicativos produzido com pessoas reais contando suas experiências com um produto ou serviço. Por isso, apresenta um tom mais jornalístico.

Neste vídeo, uma cliente e empreendedora satisfeita fala sobre a experiência que teve com os serviços de uma empresa de contabilidade, a Agilize. Confira o depoimento:

E aí, conseguiu perceber a importância de um vídeo sobre a experiência positiva de um cliente da empresa?

Se alguém está com receio de fechar negócio, assistir a um vídeo explicativo pode ser um divisor de águas e influenciar positivamente na decisão de compra.

2. Animação 2D

Provavelmente, você já viu muitos vídeos explicativos desse tipo por aí! As animações 2D são mais fáceis de serem produzidas e se parecem muito com os desenhos animados da TV.

Com elas, é possível mostrar o funcionamento de um serviço ou produto de maneira mais didática, simples e lúdica.

Geralmente, vídeos explicativos no formato de animação 3D apresentam uma visão geral dos benefícios e características oferecidos pela empresa, como no exemplo abaixo:

A Karpa é uma agência de marketing integrado e resolveu contar a sua história e quais os serviços oferecidos. Para isso, foi criada a animação acima.

Entre os vídeos explicativos, este costuma ser um dos formatos mais comuns. Justamente por ser mais prático, fácil de planejar e produzir.

3. Animação 3D

A produção de vídeos explicativos em 3D já é um pouco mais complexa, mas o resultado final é capaz de alcançar os mesmos resultados que uma animação bidimensional.

Geralmente, vídeos nesse formato são utilizados quando o objetivo é dar uma sensação de imersão maior. Entretanto, a sua criação exige equipamentos e conhecimentos mais avançados.

O GitHub é uma plataforma que permite criar códigos, compartilhá-los com outros desenvolvedores e ainda elaborar projetos colaborativos.

A marca desenvolveu um vídeo explicativo que mistura as técnicas de animação 2D e 3D, com pessoas reais e personagens animados. E o resultado ficou muito legal:

4. Live Action

Já os vídeos explicativos em live action consistem em gravações com cenários e pessoas reais. Geralmente são transmitidos em anúncios na TV e, agora, também nas redes sociais.

Produções desse tipo envolvem uma série de profissionais diferentes (operadores de câmera, roteiristas, diretores, editores etc), equipamentos de gravação específicos, locações e contratos. Por causa disso, costuma ser um pouco mais caro.

Mas, dependendo da estratégia de vídeo marketing da marca, pode ser uma excelente maneira de atingir o público-alvo.

A estrutura é bastante parecida com os vídeos comerciais. Com a diferença de que, em vez de tentar vender, os vídeos explicativos em live action procuram explicar de maneira clara algum serviço.

O iFood, um aplicativo de delivery de refeições, fez um rápido comercial utilizando essa técnica com a cantora Anitta. Veja só:

Por contar com diversas variáveis em sua produção e muitas pessoas envolvidas, criar um vídeo assim necessita de muito planejamento. Portanto, não se esqueça de elaborar um roteiro detalhado!

5. Motion Graphics

Traduzido do inglês, o termo Motion Graphics significa “Design em Movimento”. Trata-se de uma das maiores tendências em vídeos online dos últimos anos.

A maior vantagem desse tipo de conteúdo é que ele foca na clareza e na criatividade para transmitir informações.

Para que você entenda melhor esse conceito, confira um vídeo em Motion Graphics com estatísticas de vídeo marketing produzido pela Storyfarm:

Simples e direto, esse formato é uma boa alternativa para criar conteúdos que chamam a atenção dos usuários e convertem mais.

6. Whiteboard Animation

Sabe aqueles vídeos onde parece que há uma pessoa desenhando e explicando algo ao mesmo tempo?

São os vídeos explicativos produzidos com a técnica de WhiteBoard. Eles consistem em uma mescla de animação 2D com a técnica de Motion Graphics. É o famoso “entendeu ou quer que eu desenhe?”.

Confira um exemplo:

O vídeo acima é de um canal que utiliza esse tipo de técnica para facilitar a compreensão dos conteúdos. Legal, não é mesmo?

Eles são produzidos em um fundo branco ou em um quadro, como o próprio nome em inglês sugere. É mais uma opção barata e eficiente para transmitir informações para o público.

Conclusão

Viu só como os vídeos explicativos podem ajudar o seu negócio a atrair e converter mais clientes? Esse formato é bastante dinâmico e se adapta facilmente à sua estratégia de vídeo marketing.

Por isso, é interessante planejar com cuidado o conteúdo e a proposta de valor que você pretende transmitir. E para tirar o máximo de proveito dos vídeos explicativos, aprenda agora mesmo como criar um plano de marketing para a criação de vídeos.